FOTOS FALAM MAIS QUE EXTRATOS BANCÁRIOS

Por Humberto de Luna Freire Filho

O PRIMEIRO BRAÇO DIREITO DE TEMER NA PRESIDÊNCIA

Resultado de imagem para Imagem para geddel vieira lima e temer
IMAGEM: Esquerda Valente – blogger

O MELHOR RECIBO BANCÁRIO – O BANCO PRIVADO DO PMDB

Resultado de imagem para foto da policia federal - banco privado do PMDB
IMAGEM: 
Portal Cândido Sales –

O SEGUNDO BRAÇO DIREITO DE TEMER NA PRESIDÊNCIA
Resultado de imagem para imagem para a mala de rocha loures
IMAGEM: Nexo Jornal

O MELHOR RECIBO BANCÁRIO – A MALA DE LOURES
Resultado de imagem para imagem para a mala de rocha loures
IMAGEM: BCN Amazonas

Vivemos cercados de bandidos, oficiais e extra oficiais, a começar  pelo nosso atual presidente. Um chefe de quadrilha segundo o ex-Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, que, após sua segunda denúncia contra Michel Temer, está sendo acusado de ter incluído provas falsas  fornecidas pelo advogado da  empreiteira Odebrecth ao Ministério Público (MP). A defesa do presidente está se prendendo a datas de contas bancárias, a extratos de  contas fechadas ou abertas na tentativa de desmoralizar e desacreditar as acusações do Procurador-Geral.

Ora ,vamos esquecer as filigranas, vamos para o palpável, o real e os fatos conhecidos de todo o país. É simples, o que dizem das malinhas de  Rodrigo Rocha Loures e do “banco privado” de Geddel Vieira Lima? Ambos ex-operadores e braço direito do Presidente. Contra fatos e FOTOS não há argumentos. Alguém já viu tamanha fortuna fotografada e creditada como sendo propriedade da quadrilha petista? A última pergunta: o PMDB é mais burro ou os seus cretinos dirigentes estão mais seguros da impunidade? É bem verdade que o Legislativo está à venda e o Executivo tem a chave do cofre.

Humberto de Luna Freire  Filho. médico

Facebookmail

UMA GLOBO AUTODIDATA

Por Humberto de Luna Freire Filho

AULA GLOBAL
Resultado de imagem para novela da globo ensina ausar armas
IMAGEM: divulga petrolina

Resultado de imagem para Bandidos armados
IMAGEM: YouTube

 A Rede Globo de Televisão presta um desserviço à sociedade por conta das cenas que abordam a movimentação do tráfico de drogas no Rio de Janeiro. A bandidagem está assistindo com muito interesse todas as “aulas” a partir da 21:30, principalmente como resgatar companheiro nos hospitais e também como guardar suas preciosas armas.

Nossas fronteiras estão abertas para o tráfico de drogas e armas, enquanto o cidadão brasileiro foi desarmado por um Estado corrupto mesmo após posição contrária demonstrada  em um plebiscito. Tenho minha arma em casa devidamente cadastrada na Polícia Federal (PF) e jamais a devolveria para esse sistema corrupto de governo.

Tomei essa decisão após pensar e concluir que será mais fácil minha família me tirar da cadeia  do que do cemitério. Tenho feito uma ressalva em comentários sobre esse assunto ao reafirmar minha posição sobre a devolução, e repito, a arma não devolvo, a munição é possível, mas somente a que sair pelo cano.

Humberto de Luna Freire Filho, médico

Facebookmail

MÉDICO NÃO DISCRIMINA ATENDIMENTOS

Por Humberto de Luna Freire Filho

Resultado de imagem para imagem para o hospital souza aguiar
IMAGEM: Jornal Correio do Brasil

NESSA SALA TAMBÉM SALVAMOS BANDIDOS
Resultado de imagem para imagem para centro cirurgico
IMAGEM: Farmaceuticas

O médico, Luis Henrique Correia Lima de Oliveira, que acompanhou o ex-presidente em sua caravana pelo estado de Ceará, está sendo pesadamente criticado, inclusive pela classe médica. Ele não discriminou o atendimento, nem poderia fazê-lo. Sou médico e gostaria de fazer alguns esclarecimentos. A crítica não está sendo dirigida ao  simples fato “atendimento médico a Lula”, está sendo dirigida à maneira com ele usou  o evento em uma rede social de maneira  mais politica do que profissional, ou seja sem ética.

O profissional médico não pode discriminar quem vai ou não atender, e tem obrigação de usar todo seu conhecimento para fazer o melhor para o paciente, independente de sexo, raça, cor, credo ou ideologia. Aprendi muito sobre isso quando era médico residente do serviço de neurocirurgia do Hospital Souza Aguiar no Rio de Janeiro, na época, considerado o maior centro em atendimentos de emergências de toda a América Latina.

Por muitas vezes entrei no centro cirúrgico para retirar bala da cabeça ou da coluna de bandidos, que trocaram tiros com a policia após assaltos ou mesmo assassinatos. Durante todo o tempo que durasse o procedimento cirúrgico, eu tinha consciência de que estava tentando manter a vida de um marginal que, quase como certo, futuramente tiraria a vida de alguém. Mas essa era a minha função, não só a minha mas a de qualquer outro colega. Lutar para manter a vida, faz parte do nosso juramento.

Humberto de Luna Freire Filho, médico

Facebookmail

O TIRO SAIU PELA CULATRA

Por Humberto de Luna Freire Filho

A sign hangs from a branch of Banco Santander in London UK on Wednesday Feb 3 2010 Banco Santander announce FY earnings tomorrow Photographer Simon...
IMAGEM: Banco Santander – Fotografias e Imagens

Ontem colei um texto sobre a exposição de arte “Queer”, financiada pela Lei Rouanet e divulgada pelo Banco Santander e o movimento GLBT. Não tenho dúvidas de  que arte é, e sempre será, um tema polêmico e não é de agora, basta ver que na idade média muitos quadros foram queimados por conta dessas diferenças de opiniões. Se há uma exposição de arte, vai quem quer, lógico, o que não dá para aceitar  é que essa em questão tenha sido especificamente dirigida às crianças e que professores tenham levado seus alunos para vê-la.

 O Brasil é meca de gente hipócrita, basta ver o comportamento dessa gente podre que hoje ocupa as telas de TV em horário nobre. São ladrões que quando presos mostram-se “envergonhados” cobrindo as algemas, mas que não sentem a menor vergonha do roubo que cometeram. Não sou mais um hipócrita nem falso moralista na multidão, quis apenas expor meu ponto de vista e dizer que se a empresa Banco Santander quis agregar valor à sua marca, dessa vez errou fragorosamente e deve uma desculpa pública à sociedade brasileira. 

Humberto de Luna Freire Filho, médico  

Facebookmail

A “ARTE” DA LEI ROUANET, BANCO SANTANDER E GLBT

Por Humberto de Luna Freire Filho

Resultado de imagem para imagens para e exposição Queer
IMAGEM: Justificando

Resultado de imagem para imagens para e exposição Queer
IMAGEM: Revista Veja

Resultado de imagem para imagens para e exposição Queer
IMAGEM: JornaLivre

Resultado de imagem para imagens para e exposição Queer
IMAGEM: Revista Veja

Resultado de imagem para imagens para e exposição Queer
IMAGEM:YoDadosUPorte

Ricardo Boechat diz que brasileiros que boicotaram Santander são nazistas e terroristas. Eu até tinha respeito por esse cara e achava que era um dos poucos comentaristas brasileiros a merecer respeito. Agora fiquei sabendo através dele que quem não gosta de pornografia é nazista ou extremista islâmico.

Estou me referindo a uma exposição de  arte “PORNOGRÁFICA”,  denominada “Queer”, dirigida ao público “escolar”, financiada pela Lei Rouanet a um custo de R$ 800.000,00, divulgada pelo  Banco Santander e pelo movimento GLBT. A tal arte não passa de uma pura putaria com cenas de pedofilia e zoofilia, além de propaganda da ideologia de gênero e desrespeito ao cristianismo. Espero que o jornalista Ricardo Boechat leve seus netinhos para aprender a transar com animais.

Humberto de Luna Freire Filho, médico  

Facebookmail

TEMOS UMA SUPREMA CORTE, COMO NÃO?

Por Humberto de Luna Freire Filho

Imagem relacionada
IMAGEM: liberaddeliberdade2.com

Saiba um pouco de nossa desacreditada e desmoralizada Suprema Corte (STF). A 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal acaba de absolver um militar que havia sido condenado a um ano de prisão por estar com  maconha no quartel. Os magistrados alegaram que a quantidade da erva era tão pequena (0,02g) que não daria para acender.

É inacreditável que idiotices iguais a essa, vinda de um quartel, saiam de qualquer lugar, e cheguem à  Corte Suprema,  enquanto que a grande maioria das sérias demandas, como por exemplo, a roubalheira oficial generalizada, praticada pelos nobres da República com foro privilegiado fiquem pelo caminho, e se chegar, seus responsáveis sejam blindados e em seguida absolvidos.

Humberto de Luna Freire Filho, médico

Facebookmail

CHEFE DE ESTADO OU CHEFE DE QUADRILHA?

Por Humberto de Luna Freire Filho

Resultado de imagem para imagem para Blairo maggi
IMAGEM: Folha – Uol

Senhor Michel Miguel Elias Temer Lulia, o senhor é um chefe de Estado ou um chefe de quadrilha? Na qualidade de cidadão brasileiro que trabalha desde os treze anos de idade, tenho o direito de saber. A realidade dos fatos mostrou e continua mostrando que o senhor não tem ministros, o senhor tem bandidos como auxiliares.

Acabei de ler em um dos principais jornais do país – O  Estado de São Paulo –  que a Polícia Federal (PF) faz hoje (quinta feira-14/09) busca  na casa do atual ministro da Agricultura, Blairo Maggi, em Brasília cumprindo uma parte da Operação Malebolge – o oitavo círculo do Inferno de Dante. O que os policiais procuram? Receitas do bolo? Chefe, entregue o cargo, tome vergonha na cara. O Brasil não é seu chiqueiro.

Humberto de Luna Freire Filho, médico

Facebookmail

HUMOR CONGELADO

Por Humberto de Luna Freire Filho

Resultado de imagem para dia internacional da cachaça
IMAGEM: Futepoca

Resultado de imagem para imagem para lula tomando cachaça
IMAGEM: Meio Norte

O juiz Sérgio Moro, além de ter se mostrado um patriota e digno funcionário público, também é um excelente humorista, apesar de carrancudo. Porém seu humor é congelado, mas com um pouco de imaginação conseguimos derretê-lo, vejam só: a primeira condenação do jerico de Garanhuns a 9 anos de prisão foi para combinar com seus nove dedos.

Segunda audiência em Curitiba, marcada e realizada no dia 13 de setembro, foi para comemorar o dia Nacional da Cachaça, e mais o 13, número que  politicamente identifica a quadrilha dos trabalhadores. Vamos esperar a próxima tirada. Por que não marcar uma nova audiência para dia 15 de outubro e lembrar a data que Napoleão Bonaparte foi preso e exilado pelos britânicos na ilha de Santa Helena? Temos a ilha de Fernando de Noronha.

Humberto de Luna Freire Filho, médico

Facebookmail

TEMER CRITICA A PF NA CONDIÇÃO DE PRESIDENTE OU DE ACUSADO?

Por Humberto de Luna Freire Filho

Resultado de imagem para IMAGEM PARA A POLICIA FEDERAL
IMAGEM: Blog Gran Cursos Online

Será que o nosso atual Presidente da República vai se mostrar em dois anos um corrupto pior do que o jerico de Garanhuns se mostrou em oito? Eu hoje já  tenho certeza absoluta que o seu partido, o sempre fisiológico PMDB,  é uma quadrilha que está dia a dia tornando o Partido dos Trabalhadores aprendiz de feiticeiro. Michel Temer, chefe do “Quadrilhão” segundo a Polícia Federal,  resolveu agora atacar o departamento (PF) com as seguintes frases – “Facínoras roubam do país a verdade” e que “bandidos constroem versões”.

Ora, ele é o Presidente da República, o Ministro da Justiça é subordinado a ele e por sua vez a PF é subordinada ao Ministro da Justiça . Eu e o Brasil gostaríamos de saber se as críticas que ele cuspiu para a imprensa, foi na condição de  Presidente da República ou de  acusado. Se como acusado, sentiu na pele. Não tem muito tempo que  convocou a imprensa para chamar Joesley  de bandido vulgar. Mas manteve um “barulhento silêncio” quando seu carregador de malas foi flagrado, e também recentemente, quando a PF descobriu o apartamento do seu braço direito entulhado com R$ 51 milhões de dinheiro roubado.

Humberto de Luna Freire Filho, médico

Facebookmail

O CHEFINHO RECEBE MENOS?

Por Humberto de Luna Freire Filho

Resultado de imagem para imagem para o chefe Michel Temer
IMAGEM: tribuna da imprensa sindical

Resultado de imagem para imagem para o chefe Michel Temer
IMAGEM: YouTube

O chefe do “Quadrilhão”, núcleo do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB)  e nosso atual presidente da República, senhor Michel Miguel Elias Temer Lulia, vulgo Michel Temer e para os íntimos “chefinho”, embolsou, segundo relatório da Polícia Federal (PF),  R$ 31,5 milhões em vantagens indevidas por participar de esquema de desvio na Petrobras. O Palácio do Planalto nega “veementemente” a participação dele. Estou começando a acreditar que o verdadeiro bandido sou eu.

Falta publicar as outras fontes pagadoras. Não acredito que o “capo” tenha recebido menos do que os R$ 51 milhões pagos ao seu subordinado Geddel. Ora! chefe é sempre chefe. Agora, pergunto: dá para imaginar essa notícia circulando pelo mundo? Esse marginal deveria renunciar, e sumir de cena definitivamente, o país não suporta mais tanta podridão. Que assumam os Tiriricas da vida, esses pelo menos não são chefes de quadrilhas organizadas.

Humberto de Luna Freire Filho, médico

Facebookmail