UM ITAMARATY DESMORALIZADO

Por Humberto de Luna Freire Filho


IMAGEM: falarn.com

Realmente conseguiram desmoralizar o Itamaraty, outrora uma instituição séria respeitada no Brasil e no exterior. Mas, infelizmente, por lá passou um “nanico” físico e moral, chamado Celso Amorim, que além de aparelhar o Instituto, ainda instruiu alguns ratos de esgoto que lá ficaram, a exemplo de Milton Rondó Filho, encarregado da parte internacional do Fome Zero, a fazer proselitismo político. Esse indivíduo é ligado ao ministro do trabalho, Miguel Rossetto. Além de atuar no Itamaraty, Rondó já assessorou o Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra (MST).

Essa “besta ideológica” acaba de enviar mensagem a todas as embaixadas brasileiras no exterior dando um alerta para o risco de um golpe político no Brasil, dizendo que  “é momento de resistência democrática”, e  cita “profunda preocupação” com o processo político e os ataques dos grandes grupos econômicos e da mídia a governos legitimamente eleitos, além de chamar a sociedade para a luta pela democracia com uma mensagem de “Não ao Golpe! Nossa luta continua!”.

Necessário se faz esclarecer para esse pau mandado da governanta que o Itamaraty não é um puxadinho do MST e que ele deve enviar suas mensagens idiotas exclusivamente para a sua rafameia e nunca para países de primeiro mundo. Que não desmoralize o Brasil, e de preferência peça demissão do cargo.

Humberto de Luna Freire Filho, médico

Facebookmail

2 ideias sobre “UM ITAMARATY DESMORALIZADO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *