RADIOATIVIDADE PURA

Por Humberto de Luna Freire Filho

Paulo Okamoto, presidente do Instituto LulaPaulo Okamoto, presidente do Instituto Lula(Eduardo Knapp/Folhapress)

 Eu tinha um sócio (e amigo) japonês, que certa vez me falou o seguinte: o japonês é bom, trabalhador, honesto, amigo, mas quando dá para bandido não tem igual. Parece que muitos anos depois estou tendo a oportunidade de constatar que sua afirmação era verdadeira. Paulo Okamotto presidente do Instituto Lula, sim esse muquifo que recebia dinheiro de empreiteiras dirigidas por empresários corruptos, e não passa de quartel general de uma organização criminosa, acaba de entrar com reclamação no Supremo Tribunal Federal (STF), pedindo a anulação da Operação Carbono 14 e que o STF tome “providências” contra suposto crime de desobediência praticado pelo juiz Sergio Moro.

É bem verdade que a nossa corte suprema está com sua credibilidade abalada, mas não acredito que seja chiqueiro do japonês e do seu patrão. A 27ª operação da Lava Jato é tão radioativa quanto o carbono 14 e vai explodir provocando queimaduras de 1°, 2º e 3° graus no palestrante de pés de barro. Espero que o STF não se transforme em uma oficina de blindar corruptos.



IMAGEM: ultradownloads.com.br

Humberto de Luna Freire Filho, médico

 

Facebookmail

4 ideias sobre “RADIOATIVIDADE PURA

  1. Eles sabem que a qualquer momento o cadáver de Celso Daniel vai saltar do armário. E isso não será agradável pra ninguém.

  2. Prezado Dr. Humberto, ess japonês é muito bonzinho. Ele emprestou apartamento para o sapo barbudo morar de graça por muitos anos. Presidiu o tal do instituto lula sem nada cobrar. Fez muitas outras bondades para o sapo barbudo, culminando com essa de assumir, por ele, as dores da nova fase da Operação Lava-jato. Mui bonzinho mesmo; fez tudo desinteressadamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *