UM PARTIDO POLÍTICO RECORDISTA EM PODRIDÃO

Por Humberto de Luna Freire Filho

O Partido dos Trabalhadores (PT) é um partido político campeão, um formidável campeão. Recordista nacional e internacional em tudo o que não presta, um especialista em podridão.


IMAGEM: noticias.uol.com.br

Destruiu a maior empresa nacional e uma das maiores do mundo.


IMAGEM: www.correianelesnews.com.br

Promoveu o maior estelionato eleitoral da história brasileira.


IMAGERM: pt.klear.com

Formou duas das maiores quadrilhas que já atuaram no mundo, uma para agir na fossa que chamam de Congresso Nacional, o “mensalão”,


IMAGEM. abobado.wordpress.com

E outra para destruir as empresas estatais, o “petrolão”


IMAGEM: veja.abril.com.br

Segregou a sociedade para enfraquecer e melhor dominar.


IMAGEM: inferniza.blogspot.com

Esvaziou os cofres públicos.


IMAGEM: blogdowaldyr.blogspot.com

O pior e mais revoltante é que tudo isso foi comandado durante 8 anos por um indivíduo semi analfabeto, sem caráter e que ainda recentemente, faltou apenas um “dedinho” para voltar à cena como ministro.


CHARGE: fb/inutilidades – RECEBIDA DE: Aderbal Bacchi Bergo

 Na sequência, uma anta incompetente, para não dizer burra, deu continuidade à destruição do país. Tudo isso dá uma clara visão do limitado nível cultural do nosso eleitorado. Precisamos investir maciçamente em educação e saúde para que a pelo menos, em um médio prazo, tenhamos gente de nível no comando do país e não uma organização criminosa.


CHARGE: NNJ Nelsinho – RECEBIDA DE: Aderbal Bacchi Bergo

Humberto de Luna Freire Filho, médico

 

Facebookmail

4 ideias sobre “UM PARTIDO POLÍTICO RECORDISTA EM PODRIDÃO

  1. Infelizmente meu amigo, não sera possível com o que temos, a cada dia as esperanças se acabam, o próprio ministro Henrique meireles em que eu tinha confiança, já entrou no jogo, primeiro tem que cortar os gastos, agora já pode liberar dinheiro para os estados como foi o caso do Rio, esta de brincadeira comigo, sabe quando vai enxugar a maquina nunca, continuamos a jogar dinheiro fora, porque os governadores não compriram as metas?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *