E HAJA ESTÔMAGO

Por Humberto de Luna Freire Filho

IMAGEM: www.gazetadopovo.com.br

Está cada dia mais difícil ver TV e ler jornais estampando a cara desse bando de Ladrões que assaltou e continua assaltando os cofres públicos. Para que a sociedade não fique totalmente privada de informações, faço um apelo aos fotógrafos e operadores de câmeras e principalmente à quadrilha, que não se deixem fotografar e se o fizerem que seja olhando para o chão. Não riam de nossa cara. Agradecemos. Ainda ontem apareceu o deputado petista Luiz Sérgio, afirmando no relatório final da CPI da Petrobras que não existem provas materiais para incriminar ninguém.

Uma matéria com José Sérgio Gabrielli, o ex-presidente da Petrobras, onde ele, na maior cara de pau, afirma que os recursos relacionados à corrupção na estatal são ” muito pequenos’ em relação ao tamanho da companhia. Entendi professor! Então roubar é permitido, desde que o roubo seja proporcional ao tamanho da empresa, não é isso senhor Gabrielli? Só faltou ele estabelecer o percentual permitido e se esse percentual é proporcional à hierarquia dentro da empresa.

O assaltante Pedro Barusco, um simples gerente, depois de uma delação premiada, devolveu aos cofres da empresa US$ 98 milhões que estavam depositados em seu nome no exterior. Usando esse fato, dá para imaginar a parte que coube ao presidente da empresa?. Ou José Sergio Gabrielli, a exemplo do seu mentor, o ex-presidente da república é também um desligado que nunca sabe de nada?

Hoje ao abrir o jornal me dou de cara com o espectro do Exu de Garanhuns, recebendo o título de cidadão piauiense e teresinense na Assembleia Legislativa do Piauí. Na ocasião o salafrário, picareta e sem caráter, teve o descaramento de pronunciar a seguinte frase ” Durmo tranquilo, fiz o que era justo para o meu país” Esse indivíduo encarna o que possa existir de mais podre, de mais abjeto no ser humano.

Humberto de Luna Freire Filho, médico

Facebookmail

12 ideias sobre “E HAJA ESTÔMAGO

  1. O deputado Federal Luiz Sérgio do PT/RJ, relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), criada para investigar os rombos. ou melhor, os roubos na Petrobras, depois de oito meses de “investigações” encerrou os trabalhos do jeito que a maioria dos brasileiros esperavam, no formato de uma pizza gigante. Disse no seu parecer final que não detectou o envolvimento do Presidente da Câmara, do Presidente do Senado, da Presidente da República, do ex-presidente Lula e de mais 62 políticos envolvidos na Operação Lava Jato. Só faltou dizer que os culpados foram os mordomos dos diretores da Petrobras e dos políticos envolvidos com a Lava Jato. É isso ai deputado, os mordomos são sempre os culpados da degradação dos governos do PT.

  2. A fala do Gabrielli só veio confirmar uma premissa da facção à qual ele pertence: não roubemos pouco, roubemos o que nossas mãos conseguirem pegar, e nossas contas tiverem capacidade de guardar. Imagine a cara de pau de um ex-presidente de uma grande companhia que acha normal um limite para falcatruas. O q ele não sabe é que para quem tem caráter, existe um único limite bem claro: sim é sim; não é não ; certo é certo; errado é errado.

  3. Em 1986, moravamos nos Estados Unidos, a 47 minutos de trem, de Nova York.
    Em Valhala, cidade vizinha a nossa, onde moram os Clintons, morava um casal conhecido nosso, originario do Rio de Janeiro, cujo rapaz trabalhava na ONU. Comunistas de carteirinha, eram obcecados por tudo o que se passava na Russia. Certo dia, para la foram em viagem de trabalho. Ficaram alojados num prédio oficial. Os roteiros a serem seguidos eram determinados pelo governo. Nada de passeios livres. Recebiam o café da manha, numa sala contigua ao quarto, mas nunca viram o rosto da pessoa que os servia. Quando voltaram de la, fizeram uma reuniao para contar a seus amigos como aquela experiencia tinha sido maravilhosa. Nunca esqueci o sentimento de perplexidade que tomou conta de mim. Um casal inteligente, valorizando um sistema encarcerador, controlador, déspota e perseguidor. Como era possivel ? Hoje, em 2015, minha perplexidade em relacao ao meu pais é, infelizmente, maior. Como Lula ainda é a pessoa que mais aparece na midia, com suas bobagens, macunaismo, cretinices ? Tenho nora e netas russas, a Russia de hoje nao é a de 1985, nem meu pais é o de 12 anos atras. Retrocedemos, carcomidos pela corrupcao, compadrismo, incompetencia.
    Sera que no futuro proximo, seremos subjugados por uma sistema igual ao da Russia de 1985 ?

  4. OK, entao, deixe-me enveredar por um outro atalho, o de uma canção emblemática que se presta tanto para descrever um governo autoritário, ou perdulário, ou ladrão, e combina com o que Jussara, das 10.59, escreveu.
    Carcará – João do Vale
    Carcará
    Lá no sertão
    É um bicho que avoa que nem avião
    É um pássaro malvado
    Tem o bico volteado que nem gavião
    Carcará
    Quando vê roça queimada
    Sai voando, cantando,
    Carcará
    Vai fazer sua caçada
    Carcará come inté cobra queimada
    Quando chega o tempo da invernada
    O sertão não tem mais roça queimada
    Carcará mesmo assim num passa fome
    Os burrego que nasce na baixada
    Carcará
    Pega, mata e come
    Carcará
    Num vai morrer de fome
    Carcará
    Mais coragem do que home
    Carcará
    Pega, mata e come
    Carcará é malvado, é valentão
    É a águia de lá do meu sertão
    Os burrego novinho num pode andá
    Ele puxa o umbigo inté matá
    Carcará
    Pega, mata e come
    Carcará
    Num vai morrer de fome
    Carcará
    Mais coragem do que home
    Carcara

    Macunaima e Carcara num so governo, nao ha estômago que aguente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *