UM MINISTRO SEM ÉTICA E SEM MORAL

Por Humberto de Luna Freire Filho

Resultado de imagem para imagens para tropeços
IMAGEM: www.sensacionalista.com.br

Em uma aula na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, afirmou que o impeachment da anta foi um “tropeço na democracia”. Coitado desses alunos. Até quando vão ter que ouvir esse ministro falar m . . . .? Tropeço na democracia e desrespeito às leis vigentes, foi a baixaria, a falta de ética e de moral em um espetáculo patrocinado por ele e pelo sem caráter que preside o Senado, quando combinaram o fatiamento da Constituição em plenário. O Brasil precisa o mais breve possível se ver livre desse tipo de gente, se tiver pretensão de um dia ser primeiro mundo e merecer o respeito da comunidade internacional. 

Humberto de Luna Freire Filho, médico

Facebookmail

18 ideias sobre “UM MINISTRO SEM ÉTICA E SEM MORAL

      • Diante de estudantes!!!!!!!!!!!!!!ele apenas se acovardou, para mim a única frase proferida por Lula que tem sentido, Uma suprema corte acovardada, disse, é sempre assim, dizem o que pensam dependendo da platéia ouvinte, não entendo as mentiras proferidas pela corja do PT de golpe e nenhuma instituição toma providências, ali são varios orgãos envolvidos que assim determinaram o impedimento de uma anta.

  1. Esse. STF também não tem nenhuma credibilidade para afirmar ou contrariar nada.. Não passam de um bando de capas pretas que se acham os iluminados para interpretar a Contituicao. Desde que está atenda seus interesses pessoais diga se de pssagem.

    • Naquela casa pelo menos 2/3 se enquadra na descrição de “bandidos togados” conforme denuncia feita pela presidente do Conselho Nacional de Justiça, ministra Eliana Calmon.

  2. O grande tropeço da democracia é o critério de escolha dos ministros do STF, pois são pessoas que às vezes sequer prestaram concurso para ingresso na magistratura e posam de autoridade como permite a Lei Orgânica da categoria.

    • Dois terços do STF somam incompetência a uma imoral subserviência ao Executivo que lhes nomeiam e ao Legislativo que lhes garantem os altos salários e mordomias.

  3. Como vc bem disse, Humberto, essa raça que tomou conta do país há 13 anos é que foi um imenso tropeço; mas ainda assim, nós somos abençoados com uma qualidade chamada resiliência, que nada mais é do que a capacidade de superação. Então, n tenho dúvidas de que vamos superar o PT e todos os grupelhos e facções que os acompanham.

  4. Esse crápula vendido tem que ser interditado, impedido ou coisa que o valha. E saber que agora ele faz parte da 2a. turma do STF e que o julgamento da Lava Jato está nas mãos dele…
    FORA PETISTAS.

  5. Este Ministro deixou sua marca no julgamento do mensalão com tendenciosa direção favorável aos corruptos.

    E agora desobedece a decisão do plenário soltando criminosos já julgados culpados em 2ª instãncia.

    ele está trabalhando para abrir caminho pela liberdade dos condenados na lava-jato.

    • Esse muquifo em que se transformou o STF precisa ser pulverizado. Na minha opinião, só três ou quatro dos atuais ministros teriam ética e moral para representar a nossa mais alta Corte de Justiça.

  6. Incompetência e desonestidade são insuportáveis em todas as profissões. Parece-me que a maioria dos seres humanos têm a tendência de confiar e acreditar nas pessoas. A humanidade precisa de confiança e honestidade para sobreviver; é mais fácil viver sob o manto da honestidade e da confiança. Triste e dolorido quando se encontra com um profissional desonesto: o policial que pede propina; o médico incompetente que receita remédio desnecessário apenas para satisfazer o laboratório que o patrocina; o advogado que ludibria e explora seu cliente; o bombeiro ou o carpinteiro que fazem serviço mal feito; o engenheiro que faz cálculos errados, o que ocasiona a queda da obra; o padre comunista que mistura Cristo com Marx e religião com política; o pastor que explora a incredulidade de seus seguidores. Mesmo assim, se há Justiça, na qual confiar, sempre haverá uma instância superior à qual recorrer para recuperar o dano sofrido. Agora, quando o juiz é corrompido, é subserviente, atende a interesses outros que não os da Justiça e do Direito, EXATAMENTE COMO É O CASO DA TRISTE FIGURA DO LEWANDOWSKI, aí pouco mais resta em que acreditar. Quando é da mais alta corte do país, esse juiz corrupto põe por terra a crença na Justiça, nas instituições, nos valores da sociedade e dissemina o descrédito e o desejo de fazer justiça com as próprias mãos. As forças de segurança e as regras de convivências são básicas na formação do Estado. Quando um grupo se reúne para montar uma sociedade, primeiro determina quem e como fará a segurança e a defesa da sociedade e quais as regras de convivência, Ora, se são primárias na formação do Estado, serão as últimas a se desfazerem antes de o Estado e a sociedade entrar em colapso. No Brasil, ainda existe confiança nas Forças Armadas. Mas, não mais existem a confiança nem a crença na Justiça e nas organizações que a administram, o que pode significar o início do esfacelamento da sociedade. Admira-me muito que uma figura dessa como o lewandowski não se preocupa sequer com sua biografia, com seu nome, com o legado que deixará para seus filhos e netos, pois já é considerado um pau-mandado, um incompetente que foi nomeado para o STF apenas porque sua mãezinha era amiga da grande muda marisa letícia, um defensor de corruptos e canalhas, um juiz que desprezou a justiça em nome de sua ideologia e de seus cupinchas, um juiz que desonrou a “capa preta” e a Justiça, um ser menor e desprezível.

    • Sem dúvidas que a princípio gostaríamos de olhar para todas as pessoa sem fazer juízo de valores, mas a medida que o tempo passa começam as nossas decepções e sentir a necessidade de já impor certas restrições, até por uma questão de segurança, preservação da nossa identidade e de nossos princípios morais. Mas nada está sendo fácil nessa sociedade corrompida e viciada. Sou contra regimes de exceção, acho que militares foram treinados para outras funções, apesar de ter tido vários na família ocupando cargos de alta patente nas três armas, inclusive meu pai, ex-pracinha da FEB. Mas… em último caso a quebra das instituições apesar de traumático seria uma solução.

  7. Tropeço na democracia é ter um presidente como temos no
    STF, como tivemos e que usurpou a Constituição, não o leviandowiski, o ministro do frango com polenta de SBC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *