O BRASIL GLOBALIZANDO A CORRUPÇÃO

Por Humberto de Luna Freire Filho

Resultado de imagem para imagens para estatua da justiça
IMAGEM: Arca Brasil

 O Brasil, através de suas empresa multinacionais, descobriu um novo filão no mercado internacional globalizado, a exportação de corrupção. Já contava com 11 clientes internacionais e liderava esse segmento de mercado onde moral e ética são requisitos plenamente dispensáveis. A empreiteira Odebrecht, que comandava a corrupção interna e externa, tinha seu próprio know-how, até criou um departamento, “Operações Estruturadas”, dentro da empresa com a única finalidade de cuidar da distribuição do dinheiro roubado do contribuinte.

É uma vergonha para o cidadão brasileiro o que está repercutindo na imprensa internacional partindo da justiça americana; essa funciona, diferente da nossa que só vê ou ouve o que quer. Essa empreiteira deveria ser extinta, e não só abrir mão de 10% do que roubou e continuar em atividade. Está na hora de modificar um pouco a imagem que se tem da  justiça em todo o mundo. Nos países do primeiro  mundo, poderá manter a venda; na nossa é melhor retirar para que ela possa ver a podridão que tomou conta do país. Nossa justiça com venda é pressuposto, esteriótipo.

Humberto de Luna Freire Filho, médico

Facebookmail

2 ideias sobre “O BRASIL GLOBALIZANDO A CORRUPÇÃO

  1. Humberto, isso só aconteceu porque essa empreiteira encontrou terreno fértil para desenvolver sua técnica, hoje considerada sem paralelo no mundo…E é verdade, é mais um triste recorde para o Brasil…Para isso ela encontrou todas as facilidades de que precisava nos governos petistas de Lula e Dilma, essas duas excrescências que nos governaram, iludindo milhões de brasileiros, e que comandaram o assalto ao erário público…Claro que parte dessa conta também vai para o PMDB e outros partidos, mas o comando do PT nesse mega-esquema ficou evidente…O Brasil tem conserto, e o conserto do Brasil só será levado a cabo se a população assim o quiser…Enquanto as nossas leis forem pífias, principalmente as penais, bandidos de todos os matizes continuarão a fazer a festa…Do jeito que está hoje, as leis penais são boas para os bandidos e para os advogados criminalistas, que ganham rios de dinheiro com o entra e sai dos bandidos das prisões…Mas para a sociedade ela é péssima…Especificamente com relação a essas empreiteiras, que tocam obras governamentais de grande porte, creio que uma das soluções foi dada pelo jurista Modesto Carvalhosa, em artigo da Veja, no início deste ano, a respeito de um sistema regulatório que existe nos Estados Unidos, que não permite que a empreiteira trate diretamente com o governo, e sim uma seguradora, que ficaria responsável pelo sucesso ou fracasso do andamento da obra…Ela, a seguradora, faria a intermediação com o governo, acabando, assim com os chamados “departamentos de propina” então existentes…

    • Abel, meu medo é que a população que decide é formada por eleitores analfabeto o semi-analfabetos. Hoje o Estadão mostra em primeira página a seguinte manchete ” Lula deve se lançar candidato à Presidência no início do ano”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *