A JUSTIÇA BRASILEIRA MOSTRA A CARA

Por Humberto de Luna Freire Filho


IMAGEM: www.fotosearch.com.br

Por sua vez, o senhor procurador-geral Rodrigo Janot  acusou o ministro de sofrer de decrepitude moral e disenteria verbal além de traçar um perfil psicológico ao afirmar ter Mendes uma mente ociosa e dada a devaneios. Janot afirmou ainda que procura se afastar dos banquetes palacianos, porque isso envergonha o poder público e gera uma relação promíscua.

No início dessa semana, dia  22, colei um texto no bloguinho sob o titulo – FENÔMENO RARISSÍMO MAS…ACONTECE! – onde formulei uma hipótese diagnóstica para uma provável “patologia neurológica” do ministro. Agora o procurador Janot traçou o perfil psicológico e ainda citou um dos sinais patognomônico da invaginação de uma alça intestinal no cérebro, a “disenteria verbal”. Dito isso, resta aos poucos que são  esclarecidos e não comprometidos com a podridão, tirarem suas próprias conclusões sobre o destino da nossa sociedade se não forem trocadas as moscas.

Humberto de Luna Freire Filho, médico

Facebookmail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *