CONHEÇAM O NOVO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL “DESPORTIVO” (STFD)

Por Humberto de Luna Freire Filho

VALEU… VIVA O STF – TUDO PELO ESPORTE DE VARGINHA – MG
Resultado de imagem para imagem para o stf nos esportes
IMAGEM: O Globo

ESPORTE CLUB DO RECIFE
Resultado de imagem para imagem para o stf nos esportes
IMAGEM:
Guamares News

CLUBE DE REGATAS FLAMENGO
Resultado de imagem para imagem para o stf nos esportes
IMAGEM: Wscom

NOSSA “GLORIOSA” SUPREMA CORTEResultado de imagem para imagem para o corrupto STFIMAGEM: Folha Centro Sul

Há muito deixei de acompanhar Futebol e Fórmula1.  Eu era uma torcedor das disputas honestas onde a vitória do melhor prevalecia. Hoje prevalecem os contratos de gaveta. As federações esportivas estão repletas de bandidos esperando receber suas propinas. Vejam  o que acontece com Marin, Ricardo Teixeira, João Havelange, Joseph Blatter, e muitos outros da máfia do Futebol e da Federação Internacional de Automobilismo.  Mas… um assunto relacionado a esporte me chamou a atenção e me levou à leitura da manchete e em seguida a um raciocínio lógico, mas que foge ao assunto esporte e  cai na podridão em que se encontra a nossa “JUSTIÇA”.

O fato remonta a 1987. Nesse ano surgiu uma polémica disputa jurídica, em torno de quem seria o campeão brasileiro de futebol daquele ano, o Esporte Club do Recife  ou o Clube de Regatas Flamengo. O processo transitou em instâncias inferiores por 29 anos, só chegando para o julgamento do agravo no Supremo Tribunal Federal (STF) em agosto de 2016. Acontece que para minha surpresa o julgamento foi célere e a sentença final foi dada terça-feira, dia 18 de abril. O STF pariu prematuramente, não esperou nem os 9 meses, nasceu com 8 meses. Por outro lado, processos contra a bandidagem que tem foro privilegiado, fossilizam no “útero” da corte.

Humberto de Luna Freire Filho, médico

Facebookmail

4 ideias sobre “CONHEÇAM O NOVO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL “DESPORTIVO” (STFD)

    • Devemos ficar felizes, porque enquanto eles julgam as peladas, não prejudicam tanto o Brasil, tomara só julgassem, pois certo ,ou mais errado o prejuizo não é tão grande. continuem no futebol, para o bem do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *