DOIS PÉSSIMOS EXEMPLOS

Por Humberto de Luna Freire Filho

CHARGE: geradormemes.com

Aos jovens empreendedores brasileiros: não olhem para Marcelo Odebrechet nem para André Esteves. Esses indivíduos não são empreendedores, não são empresários, são simplesmente ladrões dos cofres públicos. Seus impérios são frutos de dinheiro roubado. Suas verdadeira fortunas estão intocáveis, depositadas e garantidas em paraísos fiscais. Eles simplesmente jogavam com dinheiro público. Eles não merecem respeito. O verdadeiro empreendedor, esse sim, merece respeito e admiração pela coragem quando jogam todo o seu patrimônio em um empreendimento de risco acreditando em sua visão empresarial e ousadia. Muitas vezes sem apoio do governo, principalmente desse atual que para tudo cobra dízimo.

Ser rico, ganhar rios de dinheiro não é crime, nem no Brasil nem em nenhuma sociedade livre, é premio, pela ousadia e a coragem da iniciativa. Pague seus impostos em dia e qualquer sociedade agradece. Esses dois crápulas, hoje presos, em conluio com a bandidagem que tomou conta dos três poderes da República formavam dois bandos com atividades em diferentes áreas da economia, todas lesivas ao erário e altamente desmoralizante para a iniciativa privada, setor prioritário para o desenvolvimento econômico e social e gerador de garantias, em qualquer sociedade livre e democrática, dos direitos e oportunidades, uma vez que essa iniciativa não cabe ao Estado. Aliás esse nosso atual governo não teria competência nem moral para tal iniciativa.

Humberto de Luna Freire Filho, médico

 

Facebookmail

8 ideias sobre “DOIS PÉSSIMOS EXEMPLOS

  1. O Brasil sempre ocupou os primeiros lugares no que há de pior no mundo: decadência na educação e na saúde, falta de segurança, baixo IDH, entre outros. Mas há 13 anos, nos superamos: batemos o record em tudo, TUDO o que há de pior, encabeçado pela corrupção que permeia todas as estruturas da sociedade, e que institucionalizou-se com as bênçãos da facção chamada inadequadamente de “Partido dos Trabalhadores”. Em tempo: apesar de todos esses problemas, temos o melhor carnaval do mundo!

  2. A leitura desta inversão de valores perniciosa que solapa o Brasil, me levou a pesquisar sobre os laureados dos prêmios Nobel. Procurei ansiosa por um nome brasileiro. Encontrei um, Peter Brian Medawar, nascido em Petrópolis, em 28.02.1915, onde viveu até os 13 anos de idade. Filho de ingleses transferidos a trabalho ao nosso país. Recebeu o Nobel de Medicina em .
    OK, não é bem um brasileiro da gema, mas … Continuando, a lista dos 10 países com mais laureados, segundo os sites que consultei :
    Estados Unidos da America : 349 laureados
    Reino Unido : 121
    Alemanha : 105
    França : 61
    Suécia : 29
    Suíça : 25
    Russia : 23
    Canada : 22
    Áustria : 20
    Itália : 20
    Isto não quer dizer que estes países também não tenham seus odebrechts e esteves, seus BBB, suas novelinhas emburrecedoras. O que eles têm e nós não, é uma Patria Educadora, universidades bem equipadas, condições e incentivos robustos para estudo e pesquisa. O povo precisa acordar neste quesito também. Depredar uma escola num destes países acima citados seria inimaginável, contudo no Brasil, parece que virou passatempo rotineiro.

  3. Desculpe, esqueci de dar a data do prêmio Nobel do brasileiro/inglês
    Peter Brian Medawar . Este, recebeu o prêmio Nobel de Medicina em 1960 !
    Dr. Humberto ja tinha nascido ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *