ATÉ QUE ENFIM, A INDÚSTRIA SAI DA CRISE

Por Humberto de Luna Freire Filho

Resultado de imagem para imagem para fabrica de tornozeleiras
IMAGEM: BBG – CRÉDITO – Direito de imagem do Governo e Goiás

Até que enfim a indústria nacional dá um sinal inequívoco de que está saindo da crise. Uma das três mais importantes fábricas de tornozeleiras do país vai de vento em popa; está com uma produção de 50.000 unidades anuais e  mesmo assim não consegue atender a demanda. Foi até pedida a ajuda do Congresso nacional que vai impedir prisão de seus ínclitos nobres parlamentares. Não deixa de ser uma boa contribuição já que 350 de seus membros são potenciais usuários do produto.

O Supremo Tribunal Federal (STF) também vai dar sua contribuição e por dois anos não mais condenará ninguém, salvo os ladrões de galinha, de litros de leite, de pacotes de biscoitos – aqueles que não tem passaportes e nem jatinhos para fuga. Tanto o Congresso quanto o STF acataram o ensinamento do mestre Luiz Inácio Lula da Silva, que rezou há poucos dias, em alto e bom som, que: “Se eu for condenado, não vale a pela ser honesto nesse país”. Dá para acreditar no Brasil, com tantos idiotas que ainda votam nesse crápula e nos ratos do congresso?

Humberto de Luna Freire Filho, médico

Facebookmail

10 ideias sobre “ATÉ QUE ENFIM, A INDÚSTRIA SAI DA CRISE

  1. As tornozeleiras iram faltar? o que falta na verdade é vergonha na cara os tribunais estão soltando todos, com essa conversa de responderem em liberdade
    põe o brinquedinho e vai para mansão, pro condomínio fechado a beira mar, pra fazenda, a cobertura de 1000 M e o povo engole mais uma, a ultima o filho da desembargadora de MS foi pego com 130 K de maconha, mais armas e munição
    foi solto graças a mãezinha e os amigos influentes do tribunal, que acataram pedido dos seus advogados dizendo que ele tem problemas mentais, quer dizer quem teria que dar exemplo, nesta M……………., age em beneficio próprio.

    • Edilson, depois que o filhinho da desembargadora foi solto, tem muita gente pensando em ir lá na “fonte” buscar uns 200 quilinho de pó, se não der certo é só alegar que é DOIDO.

  2. Humberto, tirando os esquerdopatas militantes, tirando os ditos intelectuais de esquerda, como Frei Leonardo Boff, Frei Beto, Chico Buarque, Luis Fernando Veríssimo, ainda restam muitos brasileiros que misturam os fatos, nessa maré de corrupção que varreu o Brasil, deixando-se levar pela conversa mole de que Lula só fez a lambança que fez porque todo mundo também faz. A própria Revista Veja embarcou nessa onda, fazendo capas nas quais Lula, Temer e Aécio eram todos passageiros do mesmo barco. E eu acho que não são, Humberto. Lula em particular, e a esquerda em geral, não cansam de demonstrar seu apreço por modelos políticos autoritários, e que nunca funcionaram. Ou você duvida de que se Dilma continuasse no PT, nós não estaríamos seguindo um modelo mais próximo da Venezuela hoje? Embora eu também ache que o tempo de Temer, de Aécio, de Renan, de Juca, já passou, para o bem do Brasil, eu não me deixo enganar com relação às esquerdas, pois elas não desistirão de implantar no Brasil modelos políticos que mais se parecem com ditaduras.

    • Abel, o Brasil não tem esquerda nem esquerdista, quem tem isso é a França. O Brasil tem um bando de corrupto que se escondem sob uma ideologia dita social e usam os inocentes úteis em beneficio próprio.

  3. Subject: RES:_ATÉ_QUE_ENFIM_A_INDÚSTRIA_S AI_DA_CRISE
    From: “Raul Longo” (Add as Preferred Sender)
    Date: Tue, Jul 25, 2017 12:55 pm
    To:
    From Subject (UnThread Messages) Date Size

    É só mudar o gênero, de A para O, e o resto segue: “… na filosofia: o seu caso não é o de ver para crer. Tá na cara!” Confira aí se é ou não é:

    https://youtu.be/yhzGVZRd_i0

    • Seu vídeo é mais um bla bla bla da esquerda burra e corrupta. De início tenta desmoralizar o juiz Sérgio Moro, não consegue, e se conseguisse ele continuaria sendo meu “bandido” preferido.

  4. Humberto, tentei publicar seu texto usando botão do Facebook e não funcionou. Felizmente tem um botão ao lado que abre um arquivo de texto com um link. Copiei o link e deu certo. Um abraço!

  5. Dizer que no Brasil todos seriam iguais perante a lei é o mesmo que acreditar que a corrupção sistêmica é fruto de nossa imaginação e resultado de ficção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *