LADRÃO DOS COFRES PÚBLICOS, PORÉM, PATRIOTA

Por Humberto de Luna Freire Filho

Resultado de imagem para imagens para paraisos fiscais
IMAGEM: Fernando Nogueira da Costa – WordPress.com

Atenção políticos, ministros, e funcionários de altos coturnos do atual governo Federal, roubem os cofres públicos, roubem à vontade, recebam as suas propinas, mas acompanhem o bom  exemplo dado pelo ladrão-mor – não transfiram seu butim para bancos suíços, nem para paraísos fiscais, apliquem o produto integralmente na BrasilPrev, sigam o seu  guru. Sejam ladrões patriotas. O Brasil precisa disso, gente com espírito nacionalista, verde e amarelo, hoje e sempre, prá frente Brasil!!!.

Humberto de Luna Freire Filho, médico

Facebookmail

10 ideias sobre “LADRÃO DOS COFRES PÚBLICOS, PORÉM, PATRIOTA

  1. Humberto, se Lula fosse fuzilado em praça pública, seria mera justiça, por tudo de mal que esse canalha fez e continua fazendo para o Brasil. Esse canalha não tem vergonha na cara. Os bilhões do BNDES que foram aplicados em paisecos de segunda importância em prol das tais Campeãs Nacionais, Odebrecht e outras empreiteiras, com uma boa parte disso indo para os cofres do PT e para o bolso do canalha. Os milhões pagos pela Odebrecht à empresa de araque do sobrinho do canalha, que não tinha nenhuma capacidade técnica para fazer serviço para a empreiteira. Tudo isso foi feito com o aval do canalha. Esses bilhões que poderiam ter sido aplicados no Brasil e foram aplicados em outros países, criando empregos no estrangeiro. Chego até a achar que o fuzilamento do canalha é pouco.

  2. Subject: Re:_NOSSO_LADÃO-MOR_É_UM_PATRIOTA
    From: guilherme eurico (Add as Preferred Sender)
    Date: Sun, Jul 30, 2017 3:22 pm
    To: lunafreire@falandodebrasil.com.br
    From Subject (Thread Messages) Date Size

    TUDO VERDADE DIANTE DE UM PAIS DE MENTIRAS.
    EU PEQUENO, JÁ DIZIA MEU PAI, QUE NUNCA HOUVE DITADURA, O QUE O CIVIL QUERIA MESMO ERA TRANSFORMAR O BRASIL NO QUE ESTAMOS VENDO HOJE.

  3. Dr. Humberto.
    Escrevo neste post por referência à Lula. Na verdade é para falar do Renan “Canalha”.
    Saiu hoje no Valor q ele vai se aliar ao Lula para se reeleger e ao seu filho.
    Também trabalhará para a volta de Lula ao Planalto.
    O q se pode fazer com um canalha desse?
    Povo de Alagoas: Livrai-nos desta praga.

    • Salvador, não estou querendo ser elitista, mas voto de analfabeto dá nisso. Eles trocam seus votos por dentaduras e/ou sandálias Havaianas.

  4. É triste, porém verdade verdadeira, o voto do analfabeto faz ruir qualquer oportunidade de mudarmos a história de nosso pobre país. Existem cidades no norte/nordeste em que a população vive às ustas do bolsa família que Lula sempre propaga ser de sua criação e, assim, votam em massa no PT e nos coronéis que determinam quem vai receber a tal bolsa. Não é denegrir nossos irmãos nordestinos, porém, não se pode fugir da realidade!

    • Antônio Carlos, Bolsa Família nada mais é do que compra disfarçada de votos. O Brasil precisa acabar com o paternalismo e consequentemente desparecerao os currais eleitorais comandados pelos “coronéis”

  5. Subject: RES: NOSSO LADRÃO-MOR É UM PATRIOTA
    From: Otacilio Miranda Guimarães
    Date: Sun, August 13, 2017 5:45 am
    To: “lunafreire@falandodebrasil.com.br”

    Caro conterrâneo,

    Quero crer que a censura já existe. Deixei de receber seus e-mails e fiquei curioso. O que aconteceu com o Dr. Humberto, afinal? Preocupei-me, pois a leitura do seu bloguinho já se tornou rotina para mim. Até que descobri o mistério. O meu provedor de e-mail, o Hotmail, censurou suas mensagens e jogou-as todas na Lixeira. Felizmente não deletou-as, apenas jogou-as no lixo e assim eu pude recuperá-las.

    Como dizia Dadá Maravilha, para a problemática do Brasil só existe uma solucionáutica simples, radical e efetiva, qual seja, não reeleger políticos detentores de mandatos. Tem mandato? Então vá plantar batatas.

    O problema todo está num congresso nacional composto em sua maioria por picaretas totalmente descompromissados com o país. Até mesmo os enganadores de discursos floreados devem ir plantar batatas. Mas para isto seria necessária uma campanha a nível nacional de esclarecimento usando-se todos os meios à disposição, principalmente as redes sociais. O mais importante é afastar essas ratazanas de perto dos cofres públicos elegendo novos candidatos. Já imaginou cafajestes como Renan Calheira, Romero Jucá, Paulo Maluf, apenas para citar os mais notórios, sem mandato? Iriam direto para o psiquiatra.

    Ocorre que o eleitorado brasileiro é tão chinfrim que sequer sabe usar o poder do voto para resolver os problemas do país. Nas democracias autênticas os problemas são resolvidos pelos eleitores como ocorreu nos Estados Unidos nas últimas eleições. Mas eu creio que uma campanha bem coordenada neste sentido talvez surtisse efeito. Por que não usar seu bloguinho para começar esta campanha?

    Afinal, como afirmou um filósofo chinês, uma jornada de mil passos se começa pelo primeiro.

    Seu bloguinho está cada dia mais porreta!

    Um abraço,

    Otacílio

    • Meu caro Otacílio, você foi a quarta pessoa que me ralata sobre o “boicote”, tenho uma amiga virtual na Suíça, uma no Canadá e um em Portugal eles fizeram o mesmo relato e por coincidência também usam o Hotmail, o mesmo provedor que já encerrou uma conta minha alegando que eu havia desrespeitado normas (???). Ah! estou pensando seriamente em inserir no bloguinho e com uma certa frequência alguns textos mostrando o valor de um voto esclarecido e independente. Precisamos disso para varrer do nosso mapa político essa bandidagem que está destruindo o país.

      Hoje, após quase 40 anos de profissão, posso me dar ao luxo de trabalhar 9 meses por ano e viajar 3 . Sou Jipeiro e dos cinco mil seicentos e tantos municípios brasileiros, já passei, nem que seja pelo menos para abastecer, em mais de três mil e aproveito para conversar com camioneiros nas rodovias, com o dono da quitandinha, do barzinho, o colega médico que trabalha precariamente em um posto de saúde nos pequenos municípios e expor minha opinião sobre o que é um voto, deixando claro que não é mercadoria de troca e que quando isso acontece o eleitor é o maior perdedor. Pode até ser muita pretesão de minha parte, mas me sinto mais cidadão agindo assim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *