PREVIDÊNCIA, UMA REFORMA NECESSÁRIA

Por Humberto de Luna Freire Filho

Resultado de imagem para imagem para pragmatismo político
IMAGEM: Jornal do Nassif

Resultado de imagem para imagem para pragmatismo político
IMAGEM: Gerador Memes

Minha opinião sobre a reforma previdenciária. Não tenho a menor intenção de elogiar ou defender a proposição feita pelo bando do Palácio do Planalto empenhado nessa reforma especificamente. Já ouvi alguns  idiotas da esquerda pragmática arrotando que as dívidas das empresas privadas deveriam ser cobradas para tapar o rombo da previdência. Concordo, sim, mas que também seja feita a reforma. O problema é que essas bestas desconhecem dois fatores essenciais. O primeiro é que a dívida das empresas com a previdência é uma reserva em dinheiro esgotável. O segundo é que a dívida previdenciária é um fluxo contínuo, portanto, penso que a reforma previdenciária deveria ser aprovada para não penalizar,  no futuro, os atuais aposentados e pensionistas. Em tempo: não tenho previdência oficial.

Humberto de Luna Freire Filho, médico

Facebookmail

15 ideias sobre “PREVIDÊNCIA, UMA REFORMA NECESSÁRIA

  1. Humberto, sem entrar em detalhes técnicos, acho que a reforma da previdência é inevitável. As pessoas estão vivendo mais, portanto é inexorável que trabalhem mais tempo também. Não conheço as minúcias do texto da reforma, mas acho que certos privilégios que são concedidos ao funcionalismo público poderiam ser atacados. É preciso um sistema único de aposentadoria entre os funcionários públicos e os da esfera privada. Os esquerdopatas são radicalmente contra essa reforma, e esse é um dos pontos que mais irritam eles, que controlam os sindicatos ligados às corporações de classe da esfera pública. A questão da reforma da previdência, assim como a da reforma tributária, são imprescindíveis para o Brasil. Se não forem feitas agora, penso que não poderão deixar de serem feitas a partir de 2018.

      • Prezados Humberto e Abel, concordo com vocês, porem, fala-se muito de reforma da previdência, mas, ainda não ouvi ou li sobre a REFORMA DA PREVIDÊNCIA DOS POLÍTICOS que se aposentam com oito “”minguados anos”” e com proventos integral. Isso sim tem que mudar!!!

  2. Toda e qualquer reforma e para melhorar, no meu entendimento, a que eles querem é diferente. Nada feito sem panejamento e programação da certo. Os poderes Legislativo, Executivo e Judiciário de hoje são pensão em CAFÉS, ALMOÇOS E JANTARES. Confesso que estou mais preocupado é com a Reforma Política. A maioria dos congressistas está envolvida em ILICITUDES. As famílias que comandam a Câmara e o Senado são sempre as mesmas. Temos lá gente com mais de 52 anos de mandato.

    • Leônidas, na minha opinião a reforma política é ainda mais delicada do que a previdenciária. Com relação a reforma política, já se fala em regime Parlamentarista para 2018…como??? Com esse Congresso???

      • Esse Congresso está matando as nossas esperanças. Qualquer momento vou lançar o controle remoto na TV quando aparecer ao vivo uma imagem do Congresso lotado. Outro dia tive nojo de todos, até mesmo dos que ainda acredito.

  3. DR. não concordo com a ideia que a previdência seja a grande vilã da divida do Pais, não sou esquerdista mas a reforma não me agrada, inclusive porque contribui por 35 anos e fui penalizado por conta da minha idade, o que eu recebo de aposentadoria é uma vergonha, o funcionalismo sempre deitou e rolou com seus direitos, agora vem os espertos com essa conversinha que vai se igualar as regra para os dois lados, eu pergunto agora? tb não acredito, que a previdência esteja tão quebrada, porque esse idiota que chamam de presidente junto com o aproveitador do Meireles, estão anistiando a divida dos grandes produtores no agronegócio, renegociando dividas das grandes corporações, fora tudo isso o dinheiro da previdência sempre foi mal investido, o que roubaram nunca foi devolvido agora vem um monte de babaca vender a ideia que a reforma se faz necessária se não o pais vai quebrar, pois que quebre ai quem sabe se aqueles que bateram panelas e foram as rua voltem a fazer alguma coisa, realmente me poupe.

    • Realmente Edilson a previdência não é a grande vilã com tem sido apregoado. A previdência, joga dinheiro fora dando mordomias ao funcionalismo público e aposentado uma bando de corruptos que após oito anos no Congresso, sem fazer nada além de roubar o erário, requerem o beneficio, em quanto o contribuinte da iniciativa privada fica com o osso. Eu ao completar 65 anos requeri o beneficio (tinha 22 de contribuição), recebo R$ 1.700,00 (não fala para ninguém pera que eu não seja assaltado ou sequestrado).

    • Concordo. Há muita coisa por fazer antes de se pensar em reforma previdenciária (auditoria da dívida pública, revisão salarial no serviço público, receita previdenciária de empresas e clubes devedores, maior e melhor destinação da arrecadação com os jogos lotéricos – inclusive legalizar o “jogo do bicho”, passar a tributar bens e direitos sobre herança, etc). Estamos falando em aposentadoria de TRABALHADORES, que já dão enorme cota de sacrifício para manter este país “funcionando”. Essa reforma, como está no projeto, só interessa à lógica financeira e ao Capital.

  4. Não se esqueçam que esses ASPONAS custam diariamente aos cofres públicos
    R $ 28.000.000,00 ( VINTE e OITO MILHÕES) mensais. Não produzem absolutamente NADA. Precisa fechar os três poderes da República que não representam os interesses da Sociedade BRASILEIRA que carrega esses BANDIDOS TRAIDORES travestidos de políticos nas costas. INTERVENÇÃO MILITAR JÁ.

  5. Não se esqueçam que esses ASPONAS custam diariamente aos cofres públicos
    R $ 28.000.000,00 ( VINTE e OITO MILHÕES) mensais. Não produzem absolutamente NADA. Precisa fechar os três poderes da República que não representam os interesses da Sociedade BRASILEIRA que carrega esses BANDIDOS TRAIDORES travestidos de políticos nas costas. INTERVENÇÃO MILITAR JÁ.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *