REAÇÃO DE QUATRO CORRUPTOS COM A CORDA NO PESCOÇO

Por Humberto de Luna Freire Filho

Crédito: André Lessa/Agência IstoéIMAGEM: André Lessa/Agência Istoé

Resultado de imagem para imagem da recepção da isto é em São paulo
IMAGEM: ISTOÉ Independente

O juiz federal Sérgio Moro recebeu na noite desta terça-feira (06), em São Paulo, a homenagem de Brasileiro do Ano na Justiça, oferecido pela Editora Três às personalidades brasileiras que foram destaque ao longo de 2016.

O ponto negativo da festa foi patrocinado pelo núcleo podre do governo federal formado por  quatro corruptos na mira da Lava Jato:  Michel Temer, presidente da República; Eunício Oliveira, presidente do Senado; Henrique Meireles, ministro da Fazenda, e o ministro da Secretaria-Geral, Moreira Franco.

Aconteceu que, no momento da entrega do título ao juiz Sérgio Moro, todos os outros premiados o aplaudiram de pé, enquanto os ratos dos porões planaltinos permaneceram sentados. Vejam os senhores que exemplo essa corja dá à sociedade brasileira. Uma vergonha nacional.

Humberto de Luna Freire Filho, médico

Facebookmail

10 ideias sobre “REAÇÃO DE QUATRO CORRUPTOS COM A CORDA NO PESCOÇO

  1. Pior que ter de aplaudir de pé, é ter de aplaudir, seja sentado, de pé ou deitado. Qualquer seja a posição, é algo para lá de indigesto ou na melhor das hipóteses uma situação das mais desconfortáveis para dizermos o menos.

  2. Não ha nada para acontecer no nosso País com tanta desfaçatez e caretices desses políticos que fazem tudo para desmerecer quem está fazendo uma limpeza de fato e de direito, colocando na cadeia bandidos de todas as facetas…pobre Brasil que não sabe para onde vai…..Fazem de tudo para acabar com o pouco que resta de dignidade humana.

    • Lilian, hoje já comentei com dois leitores que a ato dos quatro crápulas foi, nada mais, nada menos, que uma confissão inconsciente de culpa e de medo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *