A ESCÓRIA DO PT GAÚCHO INVADE TRIBUNAL DE PORTO ALEGRE

Por Humberto de Luna Freire Filho   *deputado não reeleito é deputado preso*


IMAGEM: O Antagonista

 A escória gaúcha do Partido dos Trabalhadores (PT) invadiu o TRF-4 para uma ‘visita de cortesia’ ao presidente da corte, Carlos Thompson Flores. O que a quadrilha deseja? Esse lixo humano não deveria ter tido nem permissão para entrar no tribunal, muito menos conversar com o presidente da Corte.

 Outra notícia estranha é que a   agenda da ministra Cármen Lúcia para a próxima segunda-feira, 15 de janeiro de 2018, a partir das 10:00, convoca o desembargador Thompson Flores, atual presidente do TRF4 – Tribunal Regional Federal da 4ª Região, onde o jerico de Garanhuns será julgado no próximo dia 24 de janeiro, para uma reunião cuja pauta foi resumida como “assuntos institucionais”.

Para quem quiser confirmar  essa  “estranha” agenda da ministra, ela está disponível no site oficial do STF, cujo link de acesso é: https://goo.gl/UydKiU. Ministra, os brasileiros estão se perguntando se essa conversa tem que ser ao pé do ouvido. Esses “assuntos institucionais” não poderiam ser tratados através de  um ofício dirigido ou um e-mail institucional? VEJAM  ABAIXO A AGENDA.

AGENDA DA MINISTRA CÁRMEN LÚCIA PRESIDENTE DO STF

Agenda da Presidente – janeiro/2018

D S T Q Q S S
1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31
 

15  Segunda-feira, 15 de janeiro de 2018
  5 eventos
 MIN. CÁRMEN LÚCIA
Horário Audiência
10h00 Audiência com o Desembargador Federal Thompson Flores (Presidente do TRF4)
Pauta: Assuntos Institucionais Local: Gabinete da Presidência

***********************************************************

Humberto de Luna Freire Filho, médico – Cidadão brasileiro sem medo de corruptos.

Facebookmail

6 ideias sobre “A ESCÓRIA DO PT GAÚCHO INVADE TRIBUNAL DE PORTO ALEGRE

  1. Você tem razão, é muita coincidência havendo tantos dias, tantas horas, tanto tempo para falar o assunto que ela deseja mas, não quer dizer….como o STF está sob suspeita diante de tantos acontecimentos nefastos executados e decididos pelos seus Ministros protetores de bandidos e enroladores de processos que levam décadas para serem julgados a ponto de prescreverem e libertarem os ladroes de cumprirem suas penas, é no mínimo constrangedor e digno de suspensão…Mas,enfim, tomara que ela não passe um recadinho para dar leveza à pena do larápio Lula!!!! “Não ha o que não haja no Brasil”…kkkkkkkk

    • Lilian, perdi a credibilidade na ministra por ocasião do último julgamento em plenário do STF, onde ele ficou mais perdida do que cego em tiroteio.

  2. (suspeição e suspensão) Não duvido de nada mesmo Eles são cheios de salamaleques para não ofender ou contrariar seus pares……perdeu-se o timão neste País e tudo pode acontecer. Perdeu-se a credibilidade, a honra a fé, a ética, a moral e a vergonha na cara…

    • Leitores façam suas apostas – 3×0, 2×1, ou 1×2, 0x3 – Corre no dia 24/02 em Porto Alegre. Vocês poderão ganhar o presidente mais honesto do mundo. Boa Sorte!!!

  3. A agenda da presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, prevê uma reunião na próxima segunda-feira, 15, às 10h, com o presidente do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF4), desembargador Federal Thompson Flores.
    A programação foi divulgada nesta sexta-feira, 12, e a assessoria do TRF-4 confirmou que um dos assuntos da audiência será o julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em Porto Alegre, marcado para o próximo dia 24. O TRF-4 vai julgar os recursos de Lula, condenado pelo juiz Sérgio Moro a uma pena de 9 anos e seis meses de prisão, e de outros seis réus no processo do triplex do Guarujá.

    Nesta quinta-feira, 11, o Tribunal informou que os prazos e as intimações nos processos físicos e eletrônicos em curso na Corte foram suspensos nos dias 23 e 24. O expediente também será alterado nessas datas. Além disso, o presidente do TRF-4 deve discutir com Cármen as questões de segurança para o dia do julgamento.

    A suspensão leva em conta as medidas que estão sendo adotadas pelos órgãos de segurança pública do Estado do Rio Grande do Sul e pela Polícia Federal “para garantir a segurança do público interno e externo durante a realização do julgamento da Apelação Criminal nº 5046512-94.2016.4.04.7000 no dia 24 de janeiro, às 8h30, pela 8.ª Turma”. Por meio da portaria 32/2018, o presidente do TRF4 estabeleceu que o expediente no tribunal no dia 23 de janeiro será das 8h às 12h.

    Planos econômicos

    A agenda de Cármen Lúcia também prevê para segunda-feira, às 12h, uma reunião com Paulo Rogério Caffarelli, presidente do Banco do Brasil, e Murilo Portugal, presidente da Febraban para discutir os acordos judiciais em função dos Planos Econômicos. A presidente da Corte ainda encontra, às 11h30, o desembargador Pedro Carlos Bitencourt Marcondes, presidente do Conselho de Presidentes dos Tribunais de Justiça. A pauta é a Reforma da Previdência em tramitação no Congresso Nacional.

    SUPREMO FEDERAL STF MINISTRA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *