FANATISMO OU INTERESSES ESCUSOS

Por Humberto de Luna Freire Filho   *deputado não reeleito é deputado preso*

Resultado de imagem para imagem para fanatismo
IMAGEM: YouTube

Resultado de imagem para imagem para fanatismo
IMAGEM: Reencontros

Nos últimos tempos tenho analisado dentro de uma ótica técnica, neurológica, orgânica, e também pedi a alguns colegas psiquiatras e psicólogos para que me explicassem  se existe alguma razão, que eu desconheça, para que um sem caráter, semianalfabeto, cachaceiro, mentiroso, corrupto e ladrão dos cofres públicos tivesse e continue tendo depois de duas condenações em diferentes instâncias, e à espera de mais seis, tantos adeptos e defensores.

O séquito é grande,  inclusive de uma elite dita “intelectualizada”, defensora de uma esquerda burra que faliu em todo o mundo, e cega a ponto de não ver que o principal legado do jerico e Garanhuns foi  um deficit de 13 milhões de desempregados, mais de 60 milhões de inadimplentes, milhares de postos de trabalho fechados, brutal aumento das dívidas interna e externa e a quase falência total da maior empresa nacional e uma das maiores do mundo.

A essa altura não vou nem falar dos gigolôs da Lei Rouanet, os Chicos Buarques da vida com seu famoso apartamento na região mais valorizada de Paris, às margens do Sena, as Ivetes Sangalo e Cláudias Leite que recebem R$ 600.000,00 para subir  em um palanque por 3 horas, cantar  e mostrar a bunda, os Gilbertos Gil. Quanto a esses,  fica  muito mais fácil entender o sabugismo. É lógico que existe a ausência de consciência politica da maioria da população, mas tem muita “gente boa” nessa ciranda

Humberto de Luna Freire Filho, médico – Cidadão brasileiro sem medo de corruptos.

Facebookmail

16 ideias sobre “FANATISMO OU INTERESSES ESCUSOS

  1. Os Chicos e os Gilbertos, as Ivetes e as Claudias são o exemplo típico dos intelectualoides de esquerda pendurados nas tetas da Lei Rouanet que defendem esta criatura abjeta, psicopata e megalomaníaca. A massa de manobra formada por analfabetos uns e vagabundos outros, são os que defendem com unhas e dentes o inominável. As demais “gentes boas” que compõe o quadro de apoio do dito cujo são aqueles que mamaram e pretendem continuar mamando nas pobres e esquálidas tetas do nosso querido Brasil! Espero que fiquem é mamando no dedo!

  2. Isso já virou uma seita primo…. parece que enlouqueceram todos, defendem o indefensável, um bandido, canalha, ladrão, que deixou o pobre mais pobre ainda. Será que não enxergam a miséria que está esse país? desordem por toda parte, inversão de valores, desrespeito, vandalismo, falta de educação, falta de emprego, tudo de pior e ainda tem gente que defende esse canalha? Não dá pra entender mesmo. Cada dia que passa desanima mais a luta. Mas vamos que vamos, uma hora isso tem que acabar. Não sei se estarei viva para ver esse dia, mas espero um mundo melhor para meus filhos e minha neta 🙁

  3. Humberto, essa questão também me intriga há anos. Não é só o apoio irrestrito ao Lula, depois de tudo o que ele fez para a concretização desse esquema monstruoso de roubalheira na Petrobras. Também me causa perplexidade o apoio às causas de uma esquerda que não quer perceber que o socialismo não funcionou na prática, tendo sindo marcado, ao longo de diversos experimentos práticos já sobejamente conhecidos, pelo fracasso econômico, autoritarismo, e falta de liberdade. Um dos exemplos mais marcantes dessa período era a gritante diferença entre os padrões de desenvolvimento da então Alemanha Ocidental, capitalista, e da Alemanha Oriental, então sob o tacão socialista/comunista. Enquanto uma fabricava alguns dos melhores veículos do mundo, como Mercedes, BMW, Audi, VW, a Alemanha Oriental fabricava o Trabant, uma porcaria tecnológica. Hoje quase ninguém se lembra desse veículo. Mas eu vou mais longe. Voltando à cegueira desses ditos intelectuais esquerdistas, tem o caso de André Gide, então o grande nome da intelectualidade francesa de esquerda dos anos 30. Personagem tão importante para o mundo comunista, ele foi convidado a visitar a URSS naquela década. E ele foi. Ao voltar a Paris, ele escreveu um livro, Retour de l’URSS, no qual descrevia o verdadeiro estado policial em que havia se transformado a União Soviética. Da noite para o dia, Gide passou de herói da esquerda francesa e mundial a grande vilão da causa socialista. O sucessor de Gide no panteão da intelectualidade de esquerda na França foi Sartre. Comunista ferrenho, foi obrigado a “engolir” as atrocidades cometidas pelo regime stalinista, quando da abertura dos arquivos de Moscou, após a morte de Stalin. Sem se dar por vencido, Sartre abandona o stalinismo e passa a adotar o maoismo como seu guia ideológico.Em plena Revolução Cultural chinesa, nos anos 60, Sartre se deixou fotografar vestindo um daqueles terninhos quadradinhos muito usados por Mao Tse Tung e Chu En Lai. E ele nem ficava corado de vergonha ao saber que a Revolução Cultural era mais um grande fracasso entre as experiências socialistas tentadas ao redor do mundo. Ou seja, Humberto, os nossos intelectuais de esquerda só estão fazendo o que outros mais famosos já fizeram no passado, acreditando numa causa perdida e a apoiando quase cegamente. Quem sabe a psiquiatria possa explicar melhor isso um dia.

    • Abel eu concordo que cada um tenha seu pensamento ideológico mas que não misture ideologia com interesses pessoais ou de grupos. Os verdadeiros ideólogos de esquerda estão errados, mas desde que acreditam naquilo, eu não os considero hipócritas nem farsantes. Porém no Brasil esquerdista virou outra coisa, os verdadeiros esquerdista que ajudaram a fundar o PT, não demorou muito, caíram fora da quadrilha. A fauna que hoje continua nos partidos ditos de esquerda, adora dólares, vinhos franceses, apartamentos luxuosos em Paris e viagens em primeira classe. São os comunistas tupiniquins.

      • Também concordo com você. O PT sempre defendeu essa ideologia que não deu certo em lugar nenhum. Se o PT tivesse ficado nisso, ele não estaria encalacrado como está hoje. Mas talvez se não tivesse comprado a tudo e a todos, não tivesse chegado ao poder. A partir do momento em que os petistas do alto escalão fizeram isso, assaltando estatais e concessionárias de transporte público (vide o exemplo de Santo André), para comprar apoio parlamentar, aí não teve mais jeito. E para piorar, o alto clero do PT também achou que deveria tomar Romanée Conti. Afinal de contas, Lula não é de ferro…

        • Abel, o jerico já falou para seu advogado, Cristiano Zanin Martins que com a ajuda de Geoffrey Robertson, seu advogado na ONU, que pretende morar na cidade de Vosne-Romanée, não adimite ficar distante da Côte de Nuits. Não sabe ele que o Juiz Sérgio Moro já mandou plantar capim-elefante no quintal da Papuda.

          • Mas cá entre nós, Humberto, Lula não deve saber diferenciar um borgonha de um bordeaux. Isso aí ele toma que nem água. O negócio dele, já sabemos, é a boa caninha 51.

  4. Caro Humberto, é preocupante o futuro do Brasil com essa massa de ignorantes e políticos desonestos em se avizinhando novas eleições este ano. Quiça aprovem as candidaturas independentes para que se permitam a inscrição de sangue novo nos Partidos que infelizmente, ainda são os mesmos e operados pelos caciques que estão fazendo de tudo para permanecerem no Poder…Nossa unica saída será esta de votarmos em gente diferente e extirpar da politica brasileira esse bando de sanguessugas que metem a mão nos nossos bolsos e legislam sempre em causa própria. Vivemos de esperanças e a
    ela nunca se realiza…até quando?? Esses vermelhoides descarados que protegem e aplaudem esses bandidos são descerebrados, fizeram lavagem cerebral para não ver a dura realidade em que o Brasil se meteu por causa deles….

    • Essa gente das “artes” estão em outro mundo, não vivem no Brasil ganham os tubos e ainda se valem dessa Lei Rouanet para ficarem mais ricos ainda…com nosso dinheiro…mais uma classe de infames e descarados antibrasileiros defendendo bandidos….não dá para entender…

    • Lilian, é verdade, se não votarmos nos políticos atuais, estaremos matando dois coelhos com uma só cajadada; sangue novo na política e cadeia para a bandidagem que perderá o foro privilegiado.

  5. Devo confessar que estou sempre cheia de dúvidas. O porquê disso ou daquilo. Enfim dúvidas não me faltam; o que me faltam são respostas que me satisfaçam…
    .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *