GRUPO GLOBO – O CÂNCRO NACIONAL

Por Humberto de Luna Freire Filho   *deputado não reeleito é deputado preso*

As empresas de comunicação que compõem o conglomerado “Global”,Rede Globo, Infoglobo, Editora Globo, Sistema Globo de Rádio, Agência o Globo, Som Livre, Globosat, Globo.com, Globo Filmes,  Globo Condé Nast, Valor Econômico,  e Grupo Zap Viva Real, continuam insistindo em sua suja politica de desarmamento para atender os interesse de uma esquerda não menos suja, que tenta dominar não só o Brasil mas o mundo. Ontem li o editorial do jornal amestrado, pertencente ao grupo, e resolvi colar abaixo:

IMORAL!!! – DEVERIAM TER PERMANECIDO CALADOS
Jornal O Globo

É fácil observar e entender, que o mini editorial do Globo não passa de uma coisa tendenciosa, hipócrita, covarde, e sem dúvidas, para  defender interesse das quadrilhas de esquerda e defensores do “politicamente correto”.  O desarmamento é uma política defendida por marxistas que pensam com o intestino e falam anatomicamente, por via baixa, poluindo o ambiente. É difícil aceitar que um jornal que queira ser respeitado  continue publicando coisas desse tipo.

O idiota que escreveu tamanha imbecilidade ainda teve a pachorra de dizer que se houvesse alguém armado para defender os alunos, os mesmos ficariam no fogo cruzado. Pergunto ao idiota; ele prefere que só exista uma linha de fogo, e essa seja contra os alunos? Acho que se tivesse tiros contra o agressor, mesmo com  alunos no fogo cruzado, não teriam morrido 17 estudantes; antes que  esse número fosse atingido,  o agressor teria sido morto. Não é verdade, meu caro idiota global?

FOGO CRUZADO, MENOS RUIM QUE FOGO DIRETO
Resultado de imagem para imagem para fogo cruzado
IMAGEM: Shirou Fubuki – WordPress.com

Humberto de Luna Freire Filho – Cidadão brasileiro sem medo de corruptos

Facebookmail

24 ideias sobre “GRUPO GLOBO – O CÂNCRO NACIONAL

  1. Caro Humberto,

    Para passar o Brasil a limpo é INDISPENSÁVEL que haja um SALUTAR exame DEMOCRÁTICO em torno de conceitos inovadores – e possivelmente polêmicos.
    Duas afirmações dessa sua postagem de hoje são a frontal negação de abertura a um BOM DEBATE:
    – “… o mini editorial do Globo não passa de uma coisa tendenciosa, hipócrita, covarde…”.
    – “O desarmamento é uma política defendida por marxistas que pensam com o intestino e falam anatomicamente, por via baixa, poluindo o ambiente.”.

    Proponho, portanto, que você e seus leitores analisem uma visão divergente, a qual consta de minha carta publicada ontem (24/2/18) no Estadão e abaixo transcrita – já que a imagem copiada do jornal infelizmente não pode ser colada nesse meu comentário. Mas pode ser confirmada no link: http://opiniao.estadao.com.br/noticias/geral,forum-dos-leitores,70002202034

    …………………..

    UM TIRO NO ESTATUTO DO DESARMAMENTO

    A terrível notícia de que a “bancada da bala” atua no Congresso para desvirtuar o Estatuto do Desarmamento, visando “flexibilizar” o acesso de armas a civis e – o que é muito pior – permitir o porte fora do domicílio, precisa ser combatida. Conforme levantamentos publicados anualmente pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) o Brasil está colocado em 11.º lugar entre 194 países na estatística macabra de mortes anuais por armas de fogo por 100 mil habitantes. Aqui são 32,4 pessoas – o que é quase nove vezes maior que a média de 3,8 pessoas nos países desenvolvidos. O Japão registra apenas 0,4 pessoas. Quais serão as consequências de podermos passar a andar com um revolver no porta-luvas do carro?

    Claudio Janowitzer cjanowitzer@gmail.com
    Rio de Janeiro
    …………………..

    Está mais do que na hora de que o interesse financeiro dos fabricantes e negociantes de armas de fogo (refletido nas ações nefastas da “bancada da bala” no congresso) seja submetido a um exame ponderado e objetivo dessa situação de tragédia negada.

    Cordialmente,

    Claudio Janowitzer
    Rio de Janeiro

    • Caro Cláudio, Não é o revólver no porta luvas do carro do cidadão de bem, que mata no Brasil 32,4 por 100.000 mil habitantes, são as armas “importadas” nas fronteiras desguarnecidas e hoje nas mãos de bandidos e muitas delas nas mãos do MST. O Japão não tem PT para importar armas, o Japão não tem o exército de Stedile (MST), O Japão não tem nenhum “convenio” com traficantes de drogas para receber comissão, o Japão não tem nenhum contrato com bandidos de esquerda, o Japão não é adepto do “politicamente correto”, o Japão é um povo civilizada e nada tem a ver com essa escória humana que INFELIZMENTE habita o Brasil. Eu tenho uma arma devidamente registrada na Polícia Federal (PF) e nunca a devolverei para esse governo corrupto. Talvez, quem sabe, devolveria apenas parte da munição se alguém tentasse invadir minha casa, sem a minha devida permissão. Para não restar dúvidas esclareço; devolverei apenas a munição que SAIR PELO CANO.

  2. Subject: Re:_CÂNCRO_NACIONAL
    From: Abel Rodrigues (Add as Preferred Sender)
    Date:Sun, Feb 25, 2018 1:18 pm
    To: “lunafreire@falandodebrasil.com.br”

    Já que aceita criticas, vai aqui uma, sincera:
    Lá na Globo, como em todo o jornalismo profissional do país, existem bons e ruis.
    Eu leio e escuto todos e tiro a minha opinião, inclusive o jornalismo da Globo, onde existem excelente e confiáveis profissionais.
    Além do mais, assiste ou lê o jornalismo da Globo quem quer.
    Não é?

    Abel

    • Meu caro Abel Rodrigues, excelente seu comentário, até porque, me dá espaço para que eu levante uma questão que não havia sido abordada. Sem dúvidas, a Globo tem excelentes profissionais, independentes e não amestrados, jornalistas realmente independentes. Mas esses infelizmente estão sendo punidos. Você deve conhecer o Alexandre Garcia que a cada dia perde espaço na “telinha” e do Willian Waack demitido por não ser adepto do “politicamente correto”. Não é verdade meu caro Abel? Essa empresa não faz jornalismo, faz lobby quando é de seu interesse. Hoje ela não passa de antessala da esquerda podere que infelizmente manda no país

  3. Adquiri repugnância pelo Grupo Globo quando num editorial publicado há algum tempo, rejeitou o apoio que teria dado aos governos militares.

    Foi uma atitude covarde, casuística, oportunista. Acabou indo para a cama com o PT, por causa dos anúncios institucionais do governo. E, consta, crédito do BNDES.

    Desde então deixei de ler o jornal “O Globo” e seu popular canal de TV só acesso em casos especiais.

    Tenho outras e não menos relevantes razões para ter ojeriza pelo Grupo dos Marinho.

    Manter no ar esta coisa absurda, pornográfica, desqualificada, chamada BBB, Incluir em todas as suas produções de dramaturgia personagens homossexuais, como se fosse a coisa mais natural do mundo.

    Ter um programa dominical como o do abominável Faustão, que agora adotou a linha da crítica política como coisa que ele – Fausto Silva – fosse um poço de virtudes e dono da verdade.

    Enfim, também condeno o sistema Globo de jornais, rádios e Tvs, mas por motivos mais abrangentes.

  4. Humbertinho realmente todas as organizações pertencentes a rede Globo são desprezíveis. A Televisão quando surgiu era um cinema familiar aconchegante agradável.Hoje os filmes as novelas nojentas imorais, os jornais hipócritas vilolentos.Assiste quem quer é verdade.Estamos regredindo a inércia. Estou ocupando meu tempo, estudando música de qualidade.

  5. Fato incontestável: a imprensa mundial é de esquerda e prega o desarmamento, entre outras tantas coisas absurdas que estamos cansados de saber!
    O pior cego é aquele que se nega a enxergar!
    Quem, nos dias de hoje, presenciando os estragos que a esquerda promove nos países onde é implantada, ainda continua achando que esse sistema é o máximo… sinto muito, é caso perdido!
    Não há argumentos verbais que os convençam, uma vez que não acreditam nem VENDO!!
    Eis porque o mundo é esse caos!

  6. Humberto, esse editorial da Globo é simplista e mostra apenas um lado da visão a respeito do assunto desarmamento. O editorial não mostra que embora 98% dos lares americanos tenham pelo menos uma arma de fogo, o número de homicídios lá é quase quatro vezes menor do que no Brasil. Enquanto no Brasil morrem 60 mil pessoas ao ano, fulminadas por armas de fogo, lá esse número não é maior do que 15 mil pessoas ao ano. Com um detalhe: A população dos Estados Unidos tem 100 milhões de habitantes a mais do que o que a nossa. O único reparo que eu faria à postura americana a respeito do assunto, é que eu
    dificultaria mais o acesso à essas armas do que é hoje. Por exemplo, para simplificar, um jovem solteiro, que não trabalhe na área de segurança, deveria sofrer um controle maior na hora de comprar uma arma de fogo, ou seja, poderia ter um revólver ou até uma pistola, mas acho que o fuzil AR-15 é um pouco exagerado. Portanto sou favorável que o Brasil encontre um meio termo em relação à postura americana. E eu me coloco na pele de fazendeiros que são vítimas desses terroristas acobertados por simulacros de movimentos sociais, como aqueles que fizeram as atrocidades numa cidade da Bahia há poucos meses atrás, causando simplesmente a destruição de inúmeros equipamentos e benfeitorias de uma fazenda produtiva. Esses terroristas mereciam levar chumbo na cara. Simples assim.

    • Abel, estou totalmente de acordo com sua proposta. Concordo que não há necessidade de um cidadão ter um fuzil AR-15 em casa, afinal ele não vai para a guerra. Mas um revolver ou uma pistola, eu concordo que tenha, para sua defessa, de sua família e de seu patrimônio. Infelizmente no Brasil, só é “permitido” armas de fogo para bandidos. Assaltam fazendas e destroem o que encontram pela frente sem a menor resistência e continuam impunes.

      • Acontece, Humberto, que nossa intelectualidade não conhece o Brasil, pois fica tomando caipirinha em Ipanema e nos botequinhos perto da USP, portanto longe do interior do Brasil, Eles estão se lixando para os produtores rurais, que ficam indefesos em suas fazendas. Mas eles se preocupam com os bandidos disfarçados de indivíduos sem terra, que obedecem às ordens desse grande criminoso, ainda impune, João Pedro Stedille. Espero que a hora dele pagar por seus crimes chegue um dia.

  7. Pessoas poderosas que apostam e se empenham para implantar o império do quanto pior, melhor… sem medir consequências, sem se preocupar com o futuro de nossas crianças, que não saberão o que é liberdade, educação, e progresso!
    Impressionante que pessoas consigam olhar pra Cuba e Venezuela e continuar pensando que aquele é o sistema ideal de governo!

  8. Sou a favor do direito de qualquer um que queira se armar poder fazê-lo. Bandido tem a arma que quer e, nesse país, é protegido por leis absurdas. , aqui, os menores de idade têm direito a matar impunemente. Dizem que penas duras não diminuíram as mortes nos EUA, mas lá quem mata mata só uma vez e, aqui, mata dezenas de vezes, seguidamente e impunemente. A polícia brasileira e os políticos não protegem ninguém, mas eles, políticos, vivem rodeados de seguranças pagos pelo dinheiro público, nosso dinheiro, nós, os desprotegidos e proibidos de nos protegermos com armas… etc e etc e tantas coisas mais…

  9. É difícil de acreditar que ainda existe alguém dentro da Globo sem o sentimento de que ela trabalha em função do Decálogo de Lenin:
    1.Corrompa a juventude e dê-lhe liberdade sexual

    2.Infiltre e depois controle todos os veículos de comunicação de massa;

    3.Divida a população em grupos antagônicos, incitando-os a discussões sobre assuntos sociais

    4.Fale sempre sobre Democracia e em Estado de Direito, mas, tão logo haja oportunidade, assuma o Poder sem nenhum escrúpulo;

    5.Colabore para o esbanjamento do dinheiro público;

    6.Coloque em descrédito a imagem do País, especialmente no exterior e provoque o pânico e o desassossego na população por meio da inflação;

    7.Promova greves, mesmo ilegais, nas indústrias vitais do País;

    8.Promova distúrbios e contribua para que as autoridades constituídas não as coíbam;

    9.Contribua para a derrocada dos valores morais, da honestidade e da crença nas promessas dos governantes. Nossos parlamentares infiltrados nos partidos democráticos devem acusar os não-comunistas, obrigando-os, sem pena de expô-los ao ridículo, a votar somente no que for de interesse da causa socialista;

    10.Procure catalogar todos aqueles que possuam armas de fogo, para que elas sejam confiscadas no momento oportuno, tornando impossível qualquer resistência à causa.

    QUEREMOS INTERVENÇÃO URGENTE!!!!

  10. Subject: RES:_CÂNCRO_NACIONAL
    From: “Francisco Zardetto” (Add as Preferred Sender) Date: Mon, Feb 26, 2018 11:15 am
    To:

    Maia uma vez, com argumentos sólidos, desmascarou quase tudo o que há de podre neste nosso país. Parabéns!

    Forte abraço.

    FZardetto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *