PETROBRAS EMPRESA PETROLÍFERA OU ÓRGÃO ARRECADADOR DE IMPOSTOS?

Por Humberto de Luna Freire Filho   *1/3 dos senadores se não reeleitos irão para a cadeia*

Resultado de imagem para imagem para a Petrobras
IMAGEM: Thoth 3126

O nosso incompetente e covarde presidente da República, com data de validade vencida, mas ainda reunindo-se com seus asseclas, um mais despreparado do que o outro, para não chamá-los de corruptos e ladrões, resolveu reduzir em R$ 0,46 centavos por litro, o preço do óleo diesel, por um período de 60 dias com a finalidade de encerrar a crise gerada com a paralisação dos caminhoneiros, e em seguida anunciar que a medida reduzirá em R$ 13,5 bilhões a  arrecadação dos cofres públicos.

Fazendo uma simples simulação: a diminuição da arrecadação seria de R$ 81 bilhões em um ano em se tratando apenas da redução no preço do diesel sem contar com uma redução no preço da gasolina. A essa altura surge uma pergunta; a Petrobras foi uma empresa criada para prospecção, extração, refino e distribuição do hidrocarboneto? ou para arrecadar dinheiro ao agregar altos impostos, 70% no valor final de um litro de combustível, com a finalidade de financiar mordomias desses governos corruptos?

Humberto de Luna Freire Filho, médico – Cidadão brasileiro sem medo de corruptos.

Facebookmail

6 ideias sobre “PETROBRAS EMPRESA PETROLÍFERA OU ÓRGÃO ARRECADADOR DE IMPOSTOS?

  1. O problema é que o governo firma acordo, bate o martelo e não consulta os reais pagadores desta conta: o cidadão brasileiro. A conta mesmo com o aumento de impostos, aperta daqui e aperta dali e ainda não fecha e não fecha por uma razão muito simples: os desmandos foram e continuam sendo muitos. A reforma politica é uma necessidade gritante; a reforma tributária também e enquanto isso ficamos discutindo o sexo dos anjos.Não vejo uma solução para este descontrole, pois foram e ainda são anos de corrupção sistêmica, pelo que considero que ainda ficaremos na UTI por um tempo razoável.

    • Sandra, esse Congresso como todos nós sabemos é um antro de corruptos. Jamais iriam aprovar essas reformas, principalmente em um ano eleitoral.

  2. Humberto, falta pulso e autoridade no Brasil. Estão nossos políticos desmoralizados em sua grande maioria não ha o que tergiversar………..somos uma Republica de araque com panacas na sua direção, vendidos, agiotas, ladroes, incompetentes e mentirosos. A herança maldita Dilma Lula não deixou pouca miséria , a deixou por inteiro. Pensei que Temer era um estadista e me enganei feio. A industria do troca troca no Congresso, o toma la da cá continua a todo vapor entre eles e as adjacências (Palácio do Planalto) …Pra nossa desgraça o Judiciário tb está fazendo sua parte suja…Nao temos para onde correr………se ficar o bicho come se fugir o bicho pega…………desmoralização total dos Três Poderes da nossa Republica das Banânias e dos infames………Salvem-se quem puder……….Por mim, poderíamos adiar essa eleição, pois com esses candidatos o Brasil vai piorar……..pois os bandidos do Congresso estarão todos reeleitos………..e nada vai mudar……..
    Essa da Petrobrás foi de cabo de esquadra aumentar todos os dias o preço da gasolina, foi um tiro no pé. Salve os caminhoneiros…de todos o Brasil………. acorda Brasil……..

      • É o destino do Brasil ficar na pobreza porque seus políticos nao valem nada…nem um carretel de linha arrebentado.Um Brasil com uma enorme costa marítima e muito rios e lagos, apostou tudo nas rodovias, burramente . Agora o resultado somos todos reféns delas e de quem as explora…Abandonaram as ferrovias e não deram valor à cabotagem..na Europa se anda de trem para todos os lados, aqui para vencer os lobistas apoiadores do transporte via rodovias nos levou para o buraco e o caos…agora correr atrás do prejuízo??? kkkk Ledo engano, esse Congresso vai voltar e nada fará……….afinal quem paga a gasolina deles não somos somos nós!!

        • E o que em mais lamento é que até a década de 70 tínhamos boas ferrovias com transporte de passageiros para o interior de São Paulo e até para o Rio de Janeiro. O Trem de Prata (RJ- Santos) e o Santa Cruz (SP-RJ).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *