ESTOUROU A FOSSA DO TERCEIRO ANDAR DO PALÁCIO DO PLANALTO

Por Humberto de Luna Freire Filho   *1/3 dos senadores se não reeleitos irão para a cadeia*

Imagem relacionada
IMAGEM: YouTube

Resultado de imagem para imagens para fossas estouradas
IMAGEM: Dicionário Online de Português

O ministro Edson Fachin do Supremo Tribunal Federal (STF) estourou a fossa do terceiro andar do Palácio do Planalto. Demitiu o ministro doTrabalho e mandou prender Julio de Souza Bernardes, chefe de gabinete do ministro demitido, além de Jonas Antunes Lima, chefe de gabinete do deputado Nelson Marquezelli, e ainda Adriano José Lima Bernardes, superintendente do Ministério no estado do Rio de Janeiro.

Já estamos habituados com eventos dessa natureza na Esplanada, porém o que mais fede em toda essa nova história é que o “faz que eu garanto” é de dentro do próprio Palácio do Planalto;  era o troglodita Carlos Marun, sabujo de Michel Temer. A essa altura, estão faltando faxineiros (advogados) para a limpeza da Praça dos Três Poderes e da Esplanada dos Ministérios. O Brasil está podre.

Humberto de Luna Freire Filho, médico – Cidadão brasileiro sem medo de corruptos

Facebookmail

24 ideias sobre “ESTOUROU A FOSSA DO TERCEIRO ANDAR DO PALÁCIO DO PLANALTO

    • Ricardo, o que mais me revolta é que, enquanto o país apodrece, metade da população está na rua vestindo amarelo e gritando GOOOOL!!!

  1. Humberto, foi no ministério do Trabalho, reduto da canalhada do PTB , Jeferson et caterva
    ainda bem que a quinta coluna petista no STF está passeando pela Europa, senão ja haverá o limpa fossa.

  2. Graças a Deus perdemos a Copa só assim voltaremos ao normal e nada ficara debaixo do tapete, o Brasil é um esgoto de corrupção, vamos criar juizo povo brasileiro e deixar pra lá futebol, carnaval , cerveja mulher e a preguiça…..vamos trabalhar…

  3. Sem dúvida nenhuma navegamos no esgoto…
    Pra nós é brincadeira falar em “fundo do poço”, ou em “escuridão no fim do túnel”…extrapolamos todos os limites nesses quesitos!
    Conviver com a desfaçatez da politicalha brasileira é morrer de revolta um pouco a cada dia!
    Ver os brasileiros sendo irreverentes e mal educados na Rússia, comemorando a Copa do Mundo, sem se preocupar com o estado lamentável em que se encontra este país é deprimente, desolador, desesperador!
    Perdemos copa, felizmente… quem sabe os descerebrados agora se liguem no que importa!

  4. Caro amigo Humberto de Luna bom dia.
    Acabou a farra do GOOOOOOOL, os Belgas nos fez uma favor,
    acabaram com as farras nas praças, nos botecos e nas ruas onde
    não se podia mais nem andar com a malandragem gritando, NEYMAR
    É O NOSSO ÍDOLO, até fizeram uma oração, cópia mal feita do nosso
    PAI NOSSO.

  5. Repasso a você e aos seus leitores um artigo sobre o que seja a vergonha de sermos brasileiros e que esta derrota nos alerte para deixarmos de lado o oba oba, e a idolatria pelos nossos jogadores de futebol meros mercenários no cenário da copa. Derrota abençoada…VERGONHA NA RÚSSIA
    O brasileiro perfeito idiota
    Essa característica é uma especialidade nossa

    O brasileiro sabe ser idiota. É uma especialidade nossa.

    Nesta quinta-feira (5), fomos jantar em um restaurante no centro de Kazan e oito brasileiros se instalaram em uma mesa ao lado da nossa. Eram, todos, rapazes entre 20 e 35 anos de idade, fortinhos, de bermudas, alguns com tatuagens desenhadas nos braços ou nas panturrilhas, muitos com a camisa da Seleção, um com a camisa do Palmeiras. Instalaram-se, pediram comida e refrigerantes e então um deles sacou de uma bolsa uma caixa de som parecida com um rocambole. Colocou aquilo sobre a mesa. E ligou a música em alto volume. Bem alto. A melodia de alguma composição sertaneja encheu o ambiente como uma nuvem de gafanhotos.

    Os brasileiros começaram a cantar. Por Deus, cantavam. Os clientes das outras mesas olhavam, perplexos. Havia mais brasileiros ali adiante. Esses estavam gostando da coisa. Mas os estrangeiros, perceptivelmente, não.
    O restaurante já tinha música ambiente. Alguém aumentou o volume da música do restaurante, decerto para constranger os brasileiros. Mas a maior qualidade do chato é ser inconstrangível — ele sempre acha que está agradando. Como reação, os brasileiros inconstrangíveis aumentaram ainda mais o volume da música sertaneja, e quem ficou constrangido foi o pessoal do restaurante, que desligou o som ambiente.

    Agora os brasileiros sentiam-se donos do lugar. Começaram a cantar as músicas da torcida, “ôôôô, cinquenta e oito foi Pelé…”. E aí… Subiram nas cadeiras! Um tirou a camisa e começou a pular. E algumas brasileiras que estavam em mesas próximas levantaram-se e cantaram e pularam também.

    As garçonetes não sabiam o que fazer. Pediam que os brasileiros descessem das cadeiras, mas eles não atendiam. Seguiam cantando aos gritos: “Noventa e quatro Romariô!”.

    Felizmente, minha conta veio. Saí do restaurante. Ganhei a rua, aliviado. Caminhei por um belo calçadão que leva ao meu hotel e, no trajeto, encontrei mais brasileiros. Eles gritavam e cantavam e faziam batucadas. Até aí, tudo bem, mas alguns, quando viam jovens russas, simplesmente as atacavam. Sério. Essa é a palavra: atacavam. Eles cercavam as meninas e investiam sobre elas.

    Primeiro, as russas riam, pensando que era só uma brincadeira boba. Mas, diante da insistência, elas acabavam percebendo que os brasileiros queriam mesmo agarrá-las ou beijá-las ou sabe-se lá o quê, e os afastavam com as mãos e diziam que não. Niet! Niet! Só que eles não desistiam, ficavam em volta delas, três, quatro, cinco homens em cima de uma ou duas meninas, até que guardas russos acudiam as moças e enxotavam os brasileiros como se fossem cachorros, e eles eram de fato cachorros.

    Esses rapazes, eles certamente foram educados em boas escolas. Não tem brasileiro pobre passeando na Rússia. Eles fazem parte da elite nacional. São a juventude dourada do país. Como é que podem se comportar desta maneira? Será que nunca tiveram um pai ou uma mãe para lhes dizer que ser espaçoso é ser inconveniente? Eles se acham alegres, eles se acham divertidos. Por favor! São apenas grosseiros e obscenos.

    Eis o que de melhor sai das universidades brasileiras. O crème de la crème da raça. Futuros líderes, futuros governantes. O futuro do país. Nada além de rematados idiotas. Se é desta juventude que dependemos, nem mil Lava-Jatos salvam o Brasil. David Coimbra

  6. Subject: Re: ESTOUROU A FOSSA DO TERCEIRO ANDAR DO PLANALTO
    From: Marcia Barberio (Add as Preferred Sender)
    Date:Sat, Jul 07, 2018 11:19 am
    To: lunafreire@falandodebrasil.com.br

    Olá Humberto,
    Finalmente a COPA acabou e com ela essa pouca vergonha de parar o país para assistir jogo de futebol.
    Adoro os esportes mas tenha santa paciência. Não tenho nenhuma condescendencia com o povo brasileiro.
    Se juntássemos o mesmo numero de pessoas que juntamos no caranaval e na copa, para uma manifestação pro Brasil estaríamos ótimos.
    Mas,….o povo deve estar muito satisfeito pois basta essas ocasiões explode um alegria imensa e todos vão para a rua felizes como se estivessemos no paraíso.
    Abcs

    • Márcia, com esse povo sem educação, sem cultura, despolitizado, na verdade, um bando de alienados, estamos anos luz de um primeiro mundo.

  7. Humberto, eu tenho que admitir ter sentido certo um alívio com o fim da aventura da Seleção Canarinho em terras russas. Até acho que nossos jogadores mereciam melhor sorte contra a forte equipe belga. Mas eu estou preocupado mesmo é com a situação do nosso pobre Brasil. Não dá para ficar preocupado com jogadores que ganham milhões por ano, e que ao fim do torneio vão para seus clubes milionários. Estou preocupado com a seleção infame do stf, com o elenco apodrecido da nossa Câmara dos Deputados, com o elenco de pernas de pau dos nossos senadores. Com o elenco moribundo e putrefato que ocupa o Palácio do Planalto. Mas isso pode ser mudado. Embora não completamente, as próximas eleições são a oportunidade de começar a limpar esses compartimentos entupidos de corruptos. Tirando a escolha para presidente, eu vou tentar votar em candidato novo para a Câmara e Senado. Tentar eliminar da vida pública esse turma de velhacos que só atrapalha o Brasil.

  8. Ja estive a serviço em 25 paises…
    Lembro-me bem, qd no começo, eu estava uns 20 dias sem falar nossa lingua…
    Estava ficando ‘papudo’… B)
    Foi qd desci no bobby de um grande hotel e topei com uma renca de brazucas, todos expositores de alguma feira!
    A zorra e a bagunça (uma alegria estupida) era tal q acabei ficando calado, me fingindo de gringo…
    VERGONHA!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *