DIREITOS HUMANOS (DE BANDIDOS) CHEGAM AO VATICANO

Por Humberto de Luna Freire Filho   *1/3 dos senadores se não reeleitos irão para a cadeia*

NOVO DEFENSOR DOS DIREITOS DOS BANDIDOS – QUANTA HIPOCRISIA!!!

IMAGEM: uol notícias – REUTERS/TonyGentile

Nesta semana o papa Francisco  modificou o catecismo da Igreja Católica para declarar “inadmissível” a pena de morte em qualquer circunstância. O Pontífice alega que essa punição atenta contra a inviolabilidade e a dignidade da pessoa. Ora, vamos fazer o seguinte raciocínio, levando-se em conta os países do terceiro mundo, inclusive o Brasil.

O indivíduo mata uma pessoa para roubar, foi condenado  e preso (se for). Com a progressão de pena não demora a ser solto e volta a matar para roubar. Novamente preso, se for, já que aprendeu muito na cadeia, e novamente entra em cena a progressão de pena e temos  novamente o bandido na rua para matar mais. Isso é o que mais vemos, lemos e ouvimos no noticiário policial.

A essa altura, pergunto aos hipócritas defensores dos direitos humanos, e também ao “novo adepto” dessa  excrescência; onde fica a inviolabilidade e a dignidade das pessoas que foram roubadas e mortas na rua por um  bandido reincidente? Que uma pessoa cometa um crime de morte durante uma briga ou mesmo por motivo passional, que cumpra a sua prisão, que não sofra a pena capital, até aí eu admito. Fora disso, FUZILAMENTO!!!

Humberto de Luna Freire Filho, médico – Cidadão brasileiro sem medo de corruptos.

Facebookmail

6 ideias sobre “DIREITOS HUMANOS (DE BANDIDOS) CHEGAM AO VATICANO

  1. Com todo o respeito ao Sumo Pontífice, não concordo com certos pitacos, vive internado no seu palácio de ouro livre dos bandidos enquanto nós o povo estamos à mercê dos bandidos. Acredito que deveria ficar quieto e não se manifestar sobre certos assuntos. O povo deveria decidir muitas coisas perante plebiscitos e referendos que nossa CF prevê e raramente é utilizada porque os politicalhos têm medo do povo, mas continuam seguros nos seus cargos legislando em causa nada republicanas, principalmente aquela que lhes assegura um gordo salário e eterno troca troca de partidos e fazem do Congresso um grande balcão de negócios, de onde nunca saem perdendo, só lucrando. Mas o que resolve não fazem, leis duras e que não beneficiem tanto bandidos , por exemplo não tem coragem de condenar a castração química os estupradores. O Brasil se tornou o Pais de frouxos e covardes e que protegem bandidos perigosos, enquanto não investirmos em educação em massa continuaremos na rabeira, no desprestigio, na chacota e na bandalheira.

    • Lilian, já escrevi em mais de uma ocasião que a grande maioria dos brasileiros são covardes. O Brasil precisa de mais “MACHOS” para enfrentar esses corruptos que tomaram conta do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *