AINDA TEMOS MUITO LIXO PARA INCINERAR

Por Humberto de Luna Freire Filho

FIM DOS PELEGOS
Resultado de imagem para imagens para sindicatos
IMAGEM: Instituto Liberal

FIM DOS GIGOLÔS
Resultado de imagem para imagem para a Lei Rouanet
IMAGEM: Jornal de País

FIM DA QUADRILHA
Resultado de imagem para IMAGEM PARA O mst
IMAGEM: Jornal GGN

Com o fim da contribuição sindical obrigatória acabamos com a pelegada que há 16 anos usava o verdadeiro trabalhador para alimentar as suas mordomias e a pouca vergonha. Essa raça imunda agora vai ter que arranjar uma lavagem de roupa ou vai morrer de fome a não ser que também receba dinheiro de traficantes. Outros dois lixos estão em vias de extinção.

Um deles é o chamado mundo artístico, formado por um bando de gigolôs mantidos com o dinheiro público da Lei Rouanet. Parece que o comunista que mora em Paris vai ter que vender seu apartamento, voltar para o Brasil e continuar comprando letras e músicas como sempre fez. Vou fazer uma letra para vender-lhe onde jogo merda no Chico, uma vingança da Geni. Não sei se ele  vai comprar.

O outro bando em extinção é o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), uma outra excrescência que não mais será subsidiada com dinheiro  público nem terá interlocutor no novo governo. É verdade que ainda estamos muito distante do ideal, ainda tem muito lixo para ser incinerado, mas de passo em passo vamos ganhando terreno em direção da moralização do país.

Humberto de Luna Freire Filho, médico – Cidadão brasileiro sem medo de corruptos

Facebookmail

14 ideias sobre “AINDA TEMOS MUITO LIXO PARA INCINERAR

  1. Sim, meu caro Humberto sem dúvidas temos muito lixo a incinerar, pois o desastre da administração petista foi uma desgraça e a herança quase destruiu o Brasil se Dona Dilma Ruinsef nao fosse ‘APEADA A TEMPO DO PODER”..
    Inconformados com a perda do poder a esquerda berra, esperneia, tenta convencer a si mesma que a coisa mudou e não consegue. Acha assim que nos convencerá no grito e na mentira, acostumados a denegrir a quem quer que seja e que pense ao contrario deles. Eles não mudam, estão se afogando, mas não se entregam mesmo bebendo muita água. Mais parecem um bando de loucos e fanáticos a dizerem bobagens e a se comportarem de modo esquisito e inadequado e que os faz darem a todo instante tiros nos próprios pés…essa é a esquerda burra e patética que deveria ajudar o novo governo a levantar o Brasil que eles quase destruíram. Não entendo porque não se retiram do País e vão viver no regime comunista, socialista, nazista ou qualquer coisa parecida com “ista” que tanto idolatram. Certamente, da boca para fora, nunca vi tamanha covardia e falta de vergonha na cara….Depois não querem e admitem que nós os critiquemos…Valha-me Deus!!!

  2. Desculpas Humberto, mas sinto necessidade de dizer tudo o que penso e que deva ser dito Essa gentalha do PT e não estou contra eles por que sejam petistas, simplesmente mando contra eles porque eles são contra o Brasil e fizeram o que fizeram quando tiveram a oportunidade de fazer uma ótima gestão e só roubaram e mentiram o tempo todo e por 13 longos anos….deveriam ir para Venezuela, Cuba, é logo ali…. Mas se quiserem ser mais sofisticados podem dar uma chegada e permanecer na Coreia do Norte, Russia, China. Mas não façam como Jean Willys que está perambulando de pais em país na Europa e ainda não achou pouso, porque não passa de um ilustre desconhecido amalucado neurótico e com complexo de perseguição..kkkk Muito ridículo é essa propaganda que o PT não reconhece como desalentadora para denegrir ainda mais a imagem de um Partido decadente… e corrupto e que está no fim!!!

  3. Realmente ainda há muito a fazer, caro professor, mas com um passo de cada vez chegaremos lá. O dinheiro “destinado” a sindicatos, artistas e MST é enorme. Se pararmos de financiar partidos políticos, é muito mais a ser usado para o desenvolvimento do Brasil. Grande abraço.

    • Tolosa, entre esses valores que você citou eu ainda conto com o orçamento destinado à Justiça Eleitoral (quase 9 bilhões em 2018), depois da extinção dessa lixeira que para nada serve.

  4. Curioso… varrer a rua e guardar o lixo em casa? Achava que a casa deveria ser limpa de dentro para fora. De que adianta varrer a rua se a casa está suja?

  5. …. a contribuição sindical obrigatória era um mimo dos tempos do pai dos pobres, o charlatão conhecido como Vargas. O governo Temer acabou com três lixos: as reclamações trabalhistas sem provas, as firmas em cartórios, e a contribuição sindical obrigatória.
    A CF/88 deu um passo nesse sentido quando diz que “ninguém é obrigado a sindicalizar-se ou manter-se sindicalizado” mas a sub raça nacional é um gado passívo, e os lucros advindos da sangria de cada indivíduo registrado é muito tentadora…

  6. Caro Doutor
    Eu ainda quero ver para crer. Esse pelegos têm as costas quentes no Judiciário.
    A qqr momento um Lewandowski concede uma suspensão dessa MP e volta a cobrança em folha.
    No Brasil tudo é possível.
    G.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *