ESTADÃO, “PROCURA-SE UM PRESIDENTE” – 58 MILHÕES JÁ ACHARAM!!!

Por Humberto de Luna Freire Filho

TCHAU QUERIDAS, OS TEMPOS SÃO OUTROS – O BRASIL MUDOU HÁ 3 MESES
Resultado de imagem para imagem para a mídia
IMAGEM: Pragmatismo Político

A CAMINHO DA EXTINÇÃO – CONTRIBUAM,  USEM AS REDES SOCIAIS
Resultado de imagem para imagem para a mídia
IMAGEM: Pragmatismo Político

MÍDIA SOCIAL – A MÍDIA DO FUTURO – INDEPENDÊNCIA ACIMA DE TUDO
Resultado de imagem para imagem para a mídia
IMAGEM: Interativa

Mais uma vez volto a comentar um editorial do jornal O Estado de São Paulo, desta vez o de hoje (26/03-página 03) sob o título – “Procura-se um presidente”. Ora, quem não sabe que o presidente existe é essa corja de jornalistas e editores comprometidos com a podridão que tomou conta do país há 16 anos e estão acostumados a nadar na lama e se perfumar com o fácil  dinheiro público jogado em suas mão por conta da publicidade oficial superfaturada. A sociedade brasileira já tem presidente eleito pela livre vontade de 58 milhões de brasileiros conscientes e não comprometidos com a corrupção e a imoralidade dominantes, e deveriam ser respeitados. Não é verdade?

Mas, vamos ao que interessa, vamos mostrar a pouca vergonha e falta de moral de um jornal que se diz imparcial. O editorialista escolheu algumas frases ditas pelo presidente Jair Messias Bolsonaro (alô Estadão, ele existe, tem até nome) em suas visitas ao exterior, como uma tentativa de jogar a sociedade brasileira e de países vizinhos contra um governo que está apenas começando. O editorial dá enfase a uma frase dita pelo presidente em recente visita ao Paraguai ” Stroessner foi um homem de visão, um estadista”. Para a visita ao Chile o jornal resolveu condenar o fato de o presidente minimizar a ditadura de Augusto Pinochet.

O texto ainda diz que – ” Assim sem entender  qual a natureza da função para a qual foi escolhido pela maioria dos eleitores no ano passado, o sr. Bolsonaro drena as energias do País ao concentrar-se em temas de pouca relevância mas com potencial de causar tumulto” inclusive estimulando comemorações para o golpe militar de 31 de março de 1964. Eu também iria comemorar.  Ora, Bolsonaro  foi eleito como acabou de ser dito pela maioria dos cidadãos, portanto deverá  governar para a maioria e não para uma minoria, ou não? Deve governar para políticos e empresários corruptos e ladrões? Onde se inclui essa  imprensa podre? Após o exposto acima quero fazer uma afirmação e gostaria de ter a resposta dessa mesma imprensa.

Senhores jornalistas do Estadão e dos demais veículos de comunicação, o salafrário e hoje presidiário,  Luiz Inácio Lula da Silva, tem frases célebres registradas em seus arquivos e nunca foram contestadas, ou pelo menos comentadas. Vou lembrai-vos algumas delas – ” Sobra democracia na Venezuela” – A Nicarágua é um exemplo para a América Central” . As ditaduras de Cuba, Moçambique, Angola, Guiné Bissau, recebiam elogios da quadrilha esquerdopata  diariamente, e pior, de presente o dinheiro de nossos suados impostos para que se mantivessem ativas. Mas entendo a chiadeira da mídia. Não vai mais nadar nos 1,5 bilhão de reais anuais em publicidade. A corda está no pescoço e  cabe à sociedade através das redes sociais apertar o laço.

Humberto de Luna Freire Filho, médico – Cidadão brasileiro sem mede dessa mídia podre

Facebookmail

33 ideias sobre “ESTADÃO, “PROCURA-SE UM PRESIDENTE” – 58 MILHÕES JÁ ACHARAM!!!

  1. Humberto, foi por coisas assim que deixei de assinar a Veja e o Estadão, após mais de 30 anos como leitor fiel. A Veja, após deixar de pertencer à família Civita, mudou completamente sua linha editorial, passando a considerar todo mundo igual ao pior dos petistas. Na verdade, relativizando as mazelas do PT. Quanto ao Estadão, aos poucos fui percebendo que a única coisa boa para esse jornal é o PSDB. Ou seja, o Estadão virou o braço de imprensa dos tucanos. Ninguém presta para o Estadão, a não ser os tucanos. Para escrever um artigo no Estadão basta ser tucano. Ou então advogado de banca milionária. Como Miguel Reale Junior, Antônio Cláudio Mariz, de Oliveira ou Roberto Batocchio. Se falar mal da Lava-Jato, melhor. Tanto a Veja quanto o Estadão perderam a noção do bom senso. Por isso batem tanto no governo Bolsonaro. Eles temem que esse governo pode dar certo. É tudo que Estadão e Veja não querem.

  2. Meu caro doutor, eu votei em Bolsonaro nos dois turnos e votaria novamente.
    Isso posto, creio ter o direito de dizer que nosso presidente tem feito muita bobagem desnecessariamente.
    Parece que ele gosta de viver perigosamente, coisa de paraquedista.
    Ele gosta de fazer provocações que não ajudam em nada os objetivos do Brasil. O que é que nós, brasileiros, ganhamos qdo ele faz um elogio ao Stroessner ou ao Pinochet?
    Nada.
    Ao contrário, isso dá munição para que os inconformados com a derrota o ataquem na imprensa podre.
    Então, ele deveria calar a boca e só falar sobre aquilo que interessa ao povo brasileiro.
    Se fizermos uma pesquisa, creio que 80% dos brasileiros não sabem quem foi Stroessner.
    Entonces, Capitán, por que no te callas?
    Abrazos…
    G

    • Garbi concordo com você o presidente está precisando de uma boa assessoria. Talvez tudo isso seja a falta de experiência para exercer um cargo executivo de tão alta relevância para o país.

  3. Vejo presença do “fogo amigo”!!!
    Bolsonaro foi eleito por ser quem é, direto, sincero, honesto, transparente e patriota!
    Soube assessorar-se com um time de primeira grandeza!
    Não tem UM único meio de comunicação a seu favor, simplesmente porque, como dizia meu pai, “não bebe água nas orelhas de ninguém”!
    Incomoda às ratazanas depostas, o fato dele ter excelentes cabeças aos seu lado, e já ter dado início ao cumprimento da promessa de tirar este País do buraco em que os anos de petismo o colocaram!
    Nós que votamos nele, não podemos reclamar, temos que apoiá-lo!
    Os que perderam, ou ainda vão perder, as mordomias da roubalheira desenfreada…esses sim, reagem com calúnias, difamação, e facadas!
    Nosso papel será sempre apoiá-lo, ou não acreditamos em nossas escolhas?

  4. Diz o ditado: Não se chuta cachorro morto. Há também outro ditado que diz: toda regra tem exceção. Pois bem: Lula e suas crias são as as exceções às regras: são cachorros mortos que merecem ser chutados.
    Desculpem-me meus fiéis amigos canis vulgaris.
    Roberto Twiaschor

  5. Ele tem um assessor ótimo, o Gen. Heleno.
    Ele fala o que não deve porque é destemperado. Incontrolável. E passou esse DNA para os filhos.
    Precisa aprender que, na dúvida, deve calar a boca.
    G.

  6. Votei em Bolsonaro nos dois turnos em 2018 mas ele realmente está me decepcionando e em muito em vários momentos e aspectos desde sua posse.
    Suas falas e colocações não se coadunam com as de um Presidente da República nem de um Estadista quando em visita a outros países. Seus filhos se intromete de maneira desmedida em seu governo quando é onde jamais deveriam, tem alguns de seus ministros que jamais deveriam estar ocupando estes cargos pois estão sendo investigados por falcatruas. Bolsonaro não se porta nem se comporta como um Presidente da República ao participar de uma reunião de ministros trajando camiseta de clube de futebol, andando pelo Palácio do Planalto de camiseta, bermuda e sandálias em local totalmente inapropriado para tal, etc, etc e tal.
    Portanto, estamos mesmo a procura de um Presidente!!!!

    Boris Becker

    • Toscano obrigado, o comentário dos leitores me deixam cada vez mais estimulado para continuar lutando por aquele Brasil que todos nós cidadão de bem merecemos.

  7. Dr. Humberto. Há jornalistas que querem aparecer de quaisquer formas. Preferem sempre soltar inverdades para se glorificarem de coisas que prejudicam o nosso país. São na verdade, maus brasileiros,, pois não colaboram em nada o que é preciso para o nosso pais.

    Forte abraço.

    Zardetto.

  8. Prezado Dr.Humberto
    Estou 100% de acordo com sua opinião sobre nossa “grande imprensa”, podre e corrupta.
    Da Folha e da Globo não há novidade, a novidade, mais ou menos recente, é a conduta tor-
    pe do Estadão em seus editoriais e de muitos de seus redatores.
    De colaboradores ou “convidados”, como FHC, José Serra, Karnal, Bucci, Vera Magalhães,
    Eliane Cantanhêde, Verícimo, Rubens Paiva e tantos outros não era de se esperar grande
    coisa. Há dias em que a edição é um amontoado de lixo. Ler o jornal dá-nos nausea.
    Abraço cordial.
    mário.

    P.S. O texto supra seria para o comentário dos leitores, porem cansei-me de ter meus comen-
    tários recusados sob a alegação de serem repetições de coisas já ditas.Tal “avaliação”, cer-
    tamente executada por um “robot”. Se o Amigo conseguir verificar o que se passa com seu sis-
    tema eletronico, talvez possa eliminar tal irregularidade que não pode ser uma “exclusividade”
    contra êste seu admirador.

    • Mário, realmente nossa imprensa hoje não passa de um balcão de negócios para quem pagar mais. Quanto a impossibilidade de postar os comentários vou entrar em contato com o meu provedor a fim de solucionar o problema.

  9. Referente o comentário do nosso Presidente sobre o “Movimento de 64”, tenho escrito no facebook (você tem?) , que em 1964, a sociedade brasileira honesta, seria e trabalhadora, antevendo o futuro, nada mais fez do que invocar os termos do então futuro art. 142, da CF/88. Portanto, não houve qualquer golpe, o que o houve – a exemplo de hoje – é que o povo pediu para que as Forças Armadas coloca-se ordem do País, expulsando o João Goulart do poder. E, pelo andar da carruagem, esse momento político esta a exigir nova tomada de posição a favor do Brasil pelas Forças Armadas.
    Abraços.

    • Verdade Carlos, se não tivesse acontecido a ação das FFAA em 64 o Brasil teria se transformando em um ditadura sindicalista. Quanto a sua pergunta sobre o Face. Tenho o Face mas por falta de tempo não uso. Priorizo os comentários no bloguinho (LINK DE ACESSO: http://www.falandodebrasil.com.br), estão se avolumando e eu procuro responde ao máximo os comentários.

  10. Análise correta , como sempre. Para ilustrar um pouco mais, recebi esta que vale postar : ” SE O BOLSONARO LANÇAR UMA CAMPANHA CONTRA A DENGUE, A ESQUERDA VAI DEFENDER O MOSQUITO “.
    Forte abraço e na luta!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *