DITADURA A BRASILEIRA

Por Humberto de Luna Freire Filho

Não costumo publicar textos que não foram escritos por mim, mas, achei esse  “diálogo” entre um *RUSSO e um *BRASILEIRO, muito interessante e esclarecedor, principalmente nesta semana onde ditadura foi o assunto dominante para a esquerda falida  e a mídia podre. Após o recado da foto segue o “DIÁLOGO”

ALÔ ESQUERDISTAS, A VENEZUELA, CUBA E A NICARÁGUA TEM ESPERAM
Resultado de imagem para imagem para ditadura militar
IMAGEM: Sputinik Brasil

O DIÁLOGO:

*Russo* – Como eu amo a liberdade
*Brasileiro* – É. Não há nada pior que a ditadura.
*Russo* – Mmmm? Vocês também tiveram ditadura no Brasil?
*Brasileiro* – Ô! E como tivemos! Os militares deram um golpe e tomaram o   poder.
*Russo* – Mas como? Fuzilaram o congresso todo?
*Brasileiro* – Não exatamente. Foi o próprio congresso que instituiu.
*Russo* – Mas você não disse que foi um golpe?
*Brasileiro* – Sim.
*Russo* – Não entendi. Mas enfim …. Quantos morreram pelo menos?
*Brasileiro* – 357 pessoas!!!!
*Russo* – É … Para um dia só é bastante.
*Brasileiro* – Não, 357 no total.
*Russo* – No total do que?
*Brasileiro* – Da ditadura!
*Russo* – Peraí, mas foi só uma coisa de uns dias e depois acabou?
*Brasileiro* – Que uns dias que nada ! foram 21 anos de opressão!
*Russo* – E quem foi esse ditador “genocida” que matou 357 pessoas em 20   anos.
*Brasileiro* – Foram 5 ditadores.
*Russo* – De uma vez só?
*Brasileiro* – Não, um depois do outro.
*Russo* – Um depondo o outro?
*Brasileiro* – Claro que não ! Terminava o mandato e vinha outro.
*Russo* – Tipo presidente?
*Brasileiro* – É … Mas só que não. A gente não podia votar!
*Russo* – Então ao invés de um ditador, vocês tiveram 5 representantes com mandato temporário e que matavam 17 pessoas por ano?
*Brasileiro* – Sim. Mas o povo se levantou e tirou eles de lá!
*Russo* – Ah no fim depuseram os militares?
*Brasileiro* – Pode se dizer que sim. Eles saíram do poder.
*Russo* – Mas tá estranho isso. Eles não controlavam o exército? Como o povo   conseguiu isso? Ou eles se armaram também, ou atacaram em grande número.   De uma forma ou de outra deve ter sido a maior carnificina!
*Brasileiro* – Até que não. Os militares anunciaram eleições democráticas e   deixaram o poder.
*Russo* – Deixaram ??? como assim? tipo por conta própria?
*Brasileiro* – É que o povo, no fim, já tava meio contra também …
*Russo* – No fim??? Mas péra! Para sair assim, na boa, só podem ter levado   uma fortuna antes! Devem estar tudo ricos hoje!É certo que ditadores deixam   os países minguados, sem infraestrutura, as pessoas passando fome, a   economia falida, aumento da criminalidade …. e fogem.
*Brasileiro* – Hummm … Não exatamente. Pelo contrário, foi o melhor período   econômico do nosso País. Para se ter uma ideia, em 21 anos de ditadura   crescemos cerca de 3 (três) vezes mais do que os 21 anos seguintes de   democracia. As infraestruturas criadas na época são as principais até os dias   de hoje, algumas delas são as únicas do setor, da região. As pessoas não   passavam fome, pois viviam com dignidade. Os índices de criminalidade eram   insignificantes, comparados com os dos dias atuais. Não fugiram, as famílias   vivem até hoje com os recursos que eles receberam trabalhando, de forma   simples.
*Russo* – Cara, eu respeito sua historia e tal, mas tá meio difícil de acreditar que   vocês tiveram uma ditadura.
*Brasileiro* – Como assim? A opressão era real! Morreram muitos heróis lutando   pela nossa liberdade!
*Russo* – Então havia até mesmo uma oposição?
*Brasileiro* – Ah se havia ! Eles matavam soldados, sequestravam gente   importante, roubavam bancos, plantavam bomba em quartéis.
*Russo* – Que horror ! E os revolucionários, como combatiam isso?
*Brasileiro* – Não, caramba! Tô falando dos heróis, os revolucionários! Presta   atenção!
*Russo* – Tá bom, entendi. Mas esse lance de matar soldado, explodir bomba…   hoje em dia isso não seria terrorismo?
*Brasileiro* – Talvez. Não sei. Mas na época era justificado. Tinha que derrubar   aquele governo cruel.
*Russo* – Mas e roubo a banco e sequestro… não é crime isso dai também?*Brasileiro* – É …Talvez …. mas eles tinham que tirar dinheiro de algum lugar   para manter o movimento, né?
*Russo* – Sim, mas do povo? …
*Brasileiro* – Não tinha alternativa! A União Soviética não estava mais   sustentando a revolução como antes…
*Russo* – Opa! Um momento! A gente que estava financiando vocês contra os   militares?
*Brasileiro* – Sim. Os comunistas soviéticos estavam nos ajudando a derrubar a   ditadura e instaurar a democracia no Brasil.
*Russo* – E você acreditou? Pois a nossa ditadura foi comunista! Matou 21   milhões, durou 74 anos e deixou o país afundado! Você nunca conheceu   opressão, e por isso mesmo não entende o que é liberdade!

*OBS – DESCONHEÇO O AUTOR PARA OS DEVIDOS CRÉDITOS

Humberto de Luna Freire Filho, médico – Cidadão brasileiro sem medo da esquerda falida e da mídia podre.

 

Facebookmail

26 ideias sobre “DITADURA A BRASILEIRA

  1. Essa gente da esquerda,fica criticando as comemorações do dia 31/03/64.
    Esse movimento aconteceu e se tornou história, e como tal, tem que ser comemorado. Se o exercito brasileiro não tivesse tomado o poder, hoje nós estaríamos vivendo igual a uma Venezuela, Cuba, ou outros países miseráveis
    que existem no mundo. Eu só vi o Brasil progredir, quando as forças armadas estiveram no comando. Poderia até existir uma corrupçãozinha,mas se o cara fosse pego, realmente poderia ser abatido. Outros que morreram, eram comunistas, e pagaram com a vida. Gostaria de saber, qual o general que governou o Brasil, ficou ficou rico? Espero que o eminente Cap. Bolsonaro continue a governar esses pais por muito tempo.

    • Teixeira, não entendo o que essa quadrilha da esquerda ainda está fazendo no Brasil. Já deveria ter tomado outro rumo, por exemplo, Cuba… Venezuela.

  2. Dr. Humberto. Na verdade esse comunismo que a Rússia tentou para impor para vários países foi um fracasso mesmo. Esse dialogo foi muito esclarecedor. Muito bom. Por outro lado, nos enjoa esse Rodrigo Maia ser presidente da Câmara Federal. Presunçoso, prepotente que se julga o dono da verdade, sempre prejudicando os importantes projetos. Já deveria estar em cana. Esse dialogo foi muito interessante e verdadeiro, Gostei.

    Forte abraço

    Zardetto

    • Zardetto, nossa “ditadura” foi temperada com carnaval e futebol. Quanto ter Rodrigo Maia (o Botafogo da OAS) na presidência da Câmara é mais uma vergonha nacional.

  3. Prezado Humberto

    Seus escritos traduzem integralmente nosso pensamento. O diálogo entre o russo e o brasileiro, de autor desconhecido, está sensacional.

    Cumprimento-o pelo firme posicionamento.

    Cel Figueira- Ouvidor

    • Coronel Figueira, o “diálogo” não foi escrito recentemente, eu já havia lido há algum tempo, mas, diz muito sobre o momento atual.

  4. GENTE, MUITO BOM TEXTO.

    É UM TEXTO DIDATICAMENTE PERFEITO PARA UM ESQUERDISTA COMEÇAR A POR SUA CABEÇA PARA FUNCIONAR.

    Wilson Mattos

  5. A dor de cotovelo desses comunas é grande…por isso não param de dizer bobagens sobre o 31 de marco 1964………..Qto mais só dão tiros nos pés…

  6. Humberto, esse “diálogo” é um primor de inteligência, precisão histórica, e muito humor, sobre a influência da chamada Guerra Fria no Brasil. Período histórico em que o mundo ficou dividido entre as democracias capitalistas e o bloco soviético, que incluía China, Vietnã, Cuba, Coréia do Norte e os países do leste europeu da infame Cortina de Ferro. Graças às mentiras proferidas à exaustão pela esquerda brasileira, certamente uma das mais atrasadas e nefastas do mundo, muitos brasileiros que estudaram em colégios e universidades brasileiras nos últimos 35 anos desconheciam e ainda desconhecem o contexto desse divertido “diálogo”. E a essência da “conversa” é essa mesma: Uma ditadura à brasileira, em que os oponentes dos nossos militares, que subiram ao poder naqueles 21 anos, eram os “democratas brasileiros” apoiados por russos, chineses e cubanos. Ora bolas, é claro que russos, chineses, cubanos, norte-coreanos, albaneses, rumenos, e mesmo os comunistas não alinhados, como a antiga Iugoslávia do Marechal Tito, todos eram avessos à democracia. Para essa turma a democracia só servia como meio para se atingir a ditadura plena. Uma vez no poder, bye-bye democracia. Então essa mentira precisa ser desfeita nas mentes e corações desses brasileiros iludidos com o canto da sereia socialista/comunista. Essa turma do mimimi de hoje, não passava de aves de mau agouro de então, que queria sim uma radical ditadura do proletariado em nosso país. As consequências dos devaneios de Jango, Brisola, Prestes, Arraes, Francisco Julião e outros, trariam as piores consequências ao Brasil, já que muito provavelmente os Estados Unidos não permitiriam uma segunda Cuba nas Américas. Essa nova, podemos dizer assim, intentona comunista dos anos sessenta, foi feita com as bençãos de muitos fanfarrões de hoje. Entre esses, alguns grandes nomes do meio artístico, como é sabido.

  7. Humberto, já escrevi muita coisas boas e mas, mas este papo entre o Russo e o Brasileiro é hilário!! Vou fechar este comentário , com um sonoro…kkkkkkkk ( que nunca uso )

  8. Repasso este ALERTA !!!!, feito por Humberto de Luna Freire Filho, médico – Cidadão brasileiro sem medo de corruptos, que subscrevo na integralidade:

    “ Atenção cidadão brasileiro que possua uma arma de fogo e saiba atirar. Mantenha-a municiada e em lugar de fácil acesso. Esse aviso é um alerta que servirá de estímulo e reforço ao seu instinto de conservação. Saiba que a partir do dia 10 de abril um ministro comprometido com a bandidagem estará empenhado em libertar da cadeia 170.000 presidiários que ainda não foram julgados em última instância. Inclua-se nesta leva o crápula Luiz Inácio Lula da Silva.

    Esse ministro se chama Marco Aurélio Mello, de tristes origem e memória. Um indivíduo que só circula em carros blindados e vive cercado de seguranças pagos com o meu e com o seu dinheiro. Ele acredita que fará uma reversão do placar 6×5 para o entendimento de que não cabe a execução da sentença depois da decisão de 2ª instância, e diz que sua ótica é homenagear a Constituição; na minha é homenagear o crime. Esse cara é imoral. Essa nossa Suprema Corte é realmente uma vergonha. ”

  9. Humbertinho, Ditadura Militar, Golpe 64, que nada, tivemos uma intervenção militar, um puxao de orelhas nos baderneiros de plantão. Os covardes fugiram se fizeram de vítimas.Enquanto.os militares organizavam, disciplinavam s mostraram que com trabalho, e honestidade se vence…Quando O Brasil.se recuperou, os.militares devolveram tudo organizado.Os baderneiros foram voltando, se infiltrando, com a anta Dilma ( vítima da ditadura) se.fazendo e cia é que estamos falido.Bandidos todos.

  10. Estive lá por dever de profissão. Fizemos um bom trabalho contra o ‘golpe de mão’ para instalar uma ‘cabeça de ponte’ para o comunismo i0 nternacional, que visava ter um pais ckmuCriariam condições para ocupar e dominar as Forças defensivas do país com auxílio dos estudante e do operariado em ebulição contra os fracos governos anteriores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *