ESTOU PEDINDO AJUDA!!!

Por Humberto de Luna Freire Filho

SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL – EXTERIOR
Resultado de imagem para IMAGEM PARA PREDIO DO STF
IMAGEM: Jornal o Globo

SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL – INTERIOR
Resultado de imagem para SIMBOLO DA JUSTIÇA BRASILEIRA
IMAGEM: Aliança Informa

Alguém pode me ajudar a entender o que está acontecendo com o país? Mais especificamente no poder Judiciário? Semana passada, dois elementos tidos como ministros de uma suposta suprema corte, resolveram censurar uma revista (Crusoé) e um site (O Antagonista). Não satisfeitos abriram inquérito contra  cidadãos que publicaram em redes sociais os  podres da corte, e determinaram à Polícia Federal (PF) que invadisse residências à procura de não sabemos o que.

Uma das residências invadidas  foi a  do general da reserva Paulo Chagas por ter se manifestado nas redes sociais contra a maneira suja com que essa corte procede, defendendo e libertando através de Habeas Corpus (HC) conhecidos bandidos, ladrões do dinheiro público, que agiram e continuam agindo nos porões dos três poderes. Tudo a troco sabe-se lá do que. Dinheiro? Silêncio?

Ao mesmo tempo que isso acontece, a presidência do muquifo autoriza o bandido presidiário, Luiz Inácio Lula da Silva, a se manifestar em entrevista que irá para as redes sociais. Senhor presidente da corte, os presidiários Fernandinho Beira Mar, Marcola e outros também têm esse direito. E agora? Existe algum receio sobre o que os chefes do crime organizado iriam falar? Insisto, senhor presidente Dias Toffoli, eles têm esse direito tanto quanto o seu patrão.

Humberto de Luna Freire Filho, médico – Cidadão brasileiro sem medo de corruptos.

Facebookmail

24 pensou em “ESTOU PEDINDO AJUDA!!!

  1. Atém quando o Brasil vai passar vergonha com uma corte dessas mais desmoralizada impossível! Essa gentalha de toga se acha e quanto mais esperneiam mais mostram a bunda suja. Esses urubus togados perderam o bom senso se é que o tiveram algum dia na vida , cada vez mais inseguros dos seus atos não tendo a vergonha de voltar atras após estabelecer no Brasil a lei da mordaça que mostrou a que vieram completamente politizados e se metendo a legisladores….quebraram a cara e agora não tem como voltar atras no tocante aos desmandos ridículos e impróprios de uma suposta corte competente e indecorosa….valha-nos Deus…

  2. A cada dia vemos um novo absurdo, um outro abuso, uma nova medida impensável num país sério. O que nunca muda são a cara de pau desses ministros e a sempre presente arrogância de suas excelências.
    Grande abraço, professor.

  3. Prezado Dr. Humberto,

    Só um débil mental poderia imaginar que a Suprema Corte do país pudesse ter ministros como Alexandre Careca de Moraes e um ignorante em leis como o Toffoli, capacho de Lula. Como nós não somos débeis mentais, é lógico que não conseguimos entender como o Brasil pode ter um STF como esse que aí está. Lamento não poder ajuda-lo a entender, porque eu também não entendo.

    Feliz Páscoa.

    Abraço,
    Roberto Twiaschor

  4. Caro conterrâneo,

    Vou tentar lhe ajudar porque já passei por esta mesma situação de achar que tudo o que acontece de ruim no Brasil é por culpa dos governantes, dos políticos, e isto me angustiava muito, assim como está angustiando você. Eu vivia com vontade de matar políticos que eu considerava mais culpados. Até que um dia aconteceu algo e minha ficha caiu.

    Aconteceu que um dia Lula Lalau da Silva se elegeu presidente. Ganhou de José Serra, um sujeito de quem nunca gostei por causa de sua ideologia socialista mas incomparavelmente muito superior a Lula em todos os aspectos que analisássemos. O partido de Serra, o PSDB, também nunca me atraiu por ser um partido socialista, mas o PT me repelia igual os polos opostos de uma bateria por ser um partido formado pela pior escória existente na política brasileira que ia de ex-terroristas infelizmente anistiados, sindicalistas vagabundos, intelectuais de araque, artistas sem talento fracassados ou em decadência e tendo Lula como fundador. 

    Até ai tudo bem, era apenas mais um partido político de esquerda dentre os diversos já formados onde não havia um sequer de direita a disputar o poder. 

    Então, quando Lula foi eleito minha ficha caiu e eu percebi que o problema não estava nos políticos, mas sim, no povo brasileiro capaz de eleger Fernando Henrique Cardoso duas vezes seguidas e depois Lula. Tal fato deixou claro para mim que o problema era o povo e não os políticos. Um povo chinfrim, pé de chinelo, sem qualidades, sem pedigree, sem cultura e sem educação, que gosta de ser tutelado por governos totalitários, populistas e assistencialistas. A reeleição de Lula após um governo medíocre e a seguir a eleição e reeleição de Dilma Rousseff com o Brasil já mergulhado na merda, vieram reforçar minha convicção de que o problema estava no povo. 

    Eu então reposicionei a mira do meu trabuco e passei a mandar chumbo no povo e não nos políticos. Afinal, os políticos são eleitos pelo povo e sendo assim são o seu reflexo, imagem e semelhança, lhes representam.

    Quero deixar claro que me refiro aqui à maioria, pois existe uma minoria composta de pessoas como você que foge a esta regra.

    Se me permite, sugiro que faça o mesmo que eu. Esqueça os políticos e passe a mandar chumbo grosso nesse povo que os elege pois não valem a merda que defecam. Faça isso e sua raiva dos políticos vai passar. 

    Grande abraço,

    • Conterrâneo, sinceramente eu já havida pensado nisso. Enquanto não investirmos pesadamente em educação, para termos um retorno de longo prazo, o poviléu que forma a maioria do nosso eleitorado continuará elegendo toupeiras e bandidos.

      • Nunca faltou escolas e nem dinheiro. Eu estudei em escolas e colégio públicos no interior da Bahia de ótima qualidade e tive ótimos professores. 
        O problema é que os brasileiros não gostam de estudar, detestam ler e têm raiva de quem gosta. Como eu era bom aluno me apelidaram de CDF (cu de ferro).
        Você não conhece o povo brasileiro, é igual a Kate Lira que vivia dizendo “O brasileiro é bonzinho”. Bonzinho uma ova, merece a pobreza e o atraso que ele mesmo provocou para si mesmo.
        Essa falácia de dizer que falta dinheiro para a educação não passa disso, uma falácia. Nunca faltou.
        Você que é tão viajado conheceu algum país onde os ricos estudam em universidades públicas de graça?
        Eu moro em um país rico, muito rico, e aqui não existe universidade pública de graça para formar filhos de ricos, só no Brasil. 
        O problema é outro que você não conseguiu ainda enxergar.
        Uma pergunta: faltam escolas na Paraíba, nosso estado natal? Pelo que me consta, não faltam. E por que o povo paraibano é um dos mais ignorantes e atrasados do Brasil?
        Pare de viajar pelo exterior e viaje mais pelo Brasil, pois assim você vai conhecer melhor o povo brasileiro.

        • Conterrâneo, nos últimos dois anos fiz apenas uma viagem ao exterior (Europa). Depois de 42 anos de profissão, já posso me dar ao luxo de trabalhar 9 meses por anos e, durante três meses, por meu Jeep na estrada, o que tenho feito.

          Isso me deu a oportunidade de conhecer ou pelo menos cruzar mais ou menos 4.000 mil dos 5.700 municípios brasileiro. Vi muita miséria e a grande falta de estrutura básica na educação e na saúde.

          Temos mais ou menos a mesma idade e também frequentei bons colégios públicos e também particulares, ambos com bons professores. Te digo que os professores da rede pública até tinham melhores salários do que os da rede privada.

          Mas isso ficou na saudade. Vi no interior da nossa Paraíba e também no interior da sua saudosa Bahia, alunos assistindo aulas sentados no chão e escrevendo com o caderno apoiado no joelho, enquanto a professora escrevia em uma tábua preta com um pedaço de gesso. Vive de cesta básica.

          O dinheiro de antigamente era usado nesses dois setores fundamentais, a exemplo de qualquer país do mundo civilizado. No nosso país, hoje é roubado.

          Na minha área (saúde) a coisa não é muito diferente. Faltam material e medicamentos. Dá dó ver como os colegas trabalham. Em uma dessas viagens levei uma grande quantidade de medicamentos (amostras grátis) e entreguei a uma colega do interior da Paraíba.

          Você pode não acreditar, mas houve até choro entre o pessoal da enfermagem. Mas acredite, essa é a situação nos grotões do Brasil, enquanto na ilha da fantasia uma dita corte suprema liberta os ladrões do dinheiro publico para continuarem roubando.

          Desde ontem estou trabalhando para a conclusão de meu imposto de renda que deverei pagar até o final do mês, mesmo sabendo que os urubus estão à espera.

  5. From:
    Edgar Granata (Add as Preferred Sender)
    Date: Sat, Apr 20, 2019 6:36 pm
    To: HumbertoLunaTrouxa

    ” . . . E S T Ã O C U T U C A N D O A O N Ç A C O M V A R A C U R T A . . .

  6. Caro Otacilio,
    .De Maistre já dizia que “o povo tem o governo que merece”. Nada mudou de lá para cá.
    Um abraço
    Sérgio

  7. O Humberto tem razão.

    Não dá para entender como age nossa Corte.

    É claro que temos que reconhecer que muitos daqueles que lá passaram foram exemplos de preparo, sabedoria, dignificando a função e a própria Corte.

    Contudo, talvez possamos nos aproximar dos motivos dos problemas atuais se verificarmos os critérios de escolha de alguns de nossos juizes:

    A – Escolhidos por Presidentes de “moral ilibada” e que “injustamente” foram vítimas de impeachment ou afastados por um “gorpe” das “zelites”.

    B – Podem ser escolhidos, sem mesmo terem a mínima experiência anterior como juízes; podendo, até mesmo, já terem sido reprovados em concurso para a magistratura. Isto parece nada comprometer a avaliação do currículo e a sabatina dos senadores.

    Isto parece ser tão real quando alguns – felizmente a minoria:

    – entende ser capaz da Corte abrir e presidir inquérito, para depois julgar baseado nos autos que aprovaram. Algo reabilitado da história como a Inquisição.

    – entende que a prisão somente pode ser aplicada após o trânsito em julgado da última instância e se esquecem que boa parte dos prisioneiros atuais, ainda aguardam o primeiro julgamento.

    – entende que Caixa 2 deve ser julgado pelo Justiça Eleitoral. Agora se alguém desvia 1 Milhão dos cofres públicos, para uso pessoal. basta que invista 10 mangos em sua candidatura em eleições ou doações de campanha para requerer o encaminhamento de eventual processo para o TSE – Corte “definida por sentença” pelo STF como altamente especializada em tais questões.

    – entende que Habeas Corpus não deva ser fruto de reflexão lógica específica, mas de um processo de industrialização massificada de Liminares que sugere até uma certa incompetência das condenações por tribunais inferiores. Não que isto seja verdade, mas o que transparecem como sendo entendimento de certos juízes da alta corte que parecem que se especializaram na concessão de liminares.

    C – São escolhidos, aparentemente, por desconfiados “interesses ou serviços particulares já prestados ou com perspectiva de serem prestados”

    D – São sabatinados pelo Senado, quase sempre em uma agradável tarde onde amigos parecem se reunir para um sarau sem compromissos, ou apenas alguns específicos, nem sempre descobertos ou revelados; onde as perguntas são substituídas por agradáveis trocas de elogios.

    E – São escolhidos de forma vitalícia, potencializando, ao longo do tempo, seus possíveis efeitos devastadores e estimulando posturas arrogantes.

    F – São “blindados” por políticos – alguns talvez de rabo preso – que inviabilizam e resistem diante de qualquer iniciativa de impeachment de magistrado.

    G – Uma coisa parece ser óbvia: na maioria das vezes parecem ser escolhidos aqueles capazes de demonstrarem eterna gratidão por sua nomeação e inquestionavelmente fiéis a seus amigos do peito.
    Por fim, são raros os juízes que procuram se expressar somente nos autos. Hoje, é comum vermos manifestações a qualquer tempo, sobre qualquer assunto, até mesmo programados em Pauta de Votaçãose. E, não raro, vermos diante das câmeras agressões verbais extremamente deselegantes de mal exemplo, entre seus pares.

    Se o país esta mudando, é de se esperar que a Justiça possa e deva se modernizar, adequando-se aos novos tempos, aos novos costumes e situações penais e criminais.

    E aqui se insere a aprovação do projeto do Juiz Sérgio Moro.

    E enquanto 60 deputados ficam debatendo sobre a Previdência na Comissão de Constituição e Justiça é de se perguntar: o que os outros 450 deputados estão a fazer?

    Wilson Mattos

  8. Humberto, boa tarde.

    A côrte perdeu a vergonha na cara.
    nesse saco de gatos não tem um que se salve.

    Não dá para entender por isso te escrevo.
    Só queria entender!!!!!!!!!!

    Abraços.

    Maria

  9. Dr. Humberto, há coisas que acontecem neste país que nos deixam mesmo desolados, e também indignados. A saúde esta em frangalhos, a educação em falhas diversas e os poderes da justiça nos decepcionando a cada dia. Não se aguenta mais Toffoli, Gilmar Mendes, Lewandowsky, Marco Aurélio de Mello etc. Certos políticos os anojam. Seu texto foi baseado em explicações claras do que acontece nesse pais. Muito bom!

    Forte abraço.

    Zardetto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.