O CIRCO BRASIL

Por Humberto de Luna Freire Filho


IMAGEM: blogs.diariodonordeste.com.br

Conheçam alguns dos elementos que fazem parte da elite dirigente. Eles e suas respectivas falta de vergonha, subserviência e incompetência. Comecemos pelo Sr. José Eduardo Cardoso, “excelentíssimo ministro da Justiça”, imaginem só, ministro da Justiça, pau mandado da dona Dilma. Esse indivíduo assinou portaria publicada no Diário Oficial da União no dia 04 de agosto, um dia após a prisão pela  Polícia Federal (PF) de José Dirceu, ex-ministro da Casa civil investigado na operação Lava Jato, autorizando-o a contar o tempo que viveu na clandestinidade, entre outubro de 1968 a dezembro de 1979 – para efeito de aposentadoria. Vejam na integra a publicação oficial:

PORTARIA Nº 1.152, DE 31 DE JULHO DE 2015
O MINISTRO DE ESTADO DA JUSTIÇA, no uso de suas atribuições legais, com fulcro no artigo 8º do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias da Constituição, regulamentado pela Lei nº 10.559, de 13 de novembro de 2002, publicada no Diário Oficial de 14 de novembro de 2002, e considerando o resultado do julgamento proferido pela Comissão de Anistia, na 4ª Sessão Plenária, realizada no dia 10 de junho de 2015, no Requerimento de Anistia nº 2001.01.03415, resolve:

Dar provimento ao Recurso interposto por JOSÉ DIRCEU DE OLIVEIRA E SILVA, portador do CPF nº 033.620.088-95, para complementar a Portaria Ministerial n.º 0207, de 6 de março de 2002, publicada no Diário Oficial da União de 7 de março de 2002, para acrescentar a contagem de tempo, para todos os efeitos, do período compreendido de  12.10.1968 a 17.12.1979, nos termos do artigo 1º, inciso III, da Lei nº 10.559, de 13 de novembro de 2002.
JOSÉ EDUARDO CARDOZO

Agora vamos mudar de picadeiro: esse chama-se ministério da Fazenda. O Sr. Nelson Barbosa, “excelentíssimo ministro da Fazenda”,  enquanto fazia turismo em Davos com o nosso dinheiro, uma dupla extremamente “competente e dinâmica” fez um dueto na pasta com uma música completamente diferente daquela cantada pelo nosso turista antes da viagem. Foram eles: Luiz Inácio Lula da Silva, o exu de Garanhuns, e Ruy Falcão, presidente nacional da podre facção governista. Acontece que após o seu retorno, Nelson Barbosa, como bom subserviente, deve consultar a dona Dilma e começar a cantar a nova música. E o país que se…

Mas…o circo é grande. Vamos mudar novamente de picadeiro. Agora para o chamado ministério da Saúde. O Sr. Marcelo Castro, “excelentíssimo ministro da Saúde” destila incompetência todas as vezes que aparece em público. E para minimizar o impacto de tantas imbecilidades por ele ditas, até já lhe providenciaram um “porta voz” sempre atento para atender à Rede Globo. Assim, o brasileiro minimamente informado não terá que ouvir tantas imbecilidades, e o idiota útil continua na pasta enquanto a quadrilha homiziada no Palácio do Planalto não cria o ministério anti-impeachment em pleno estudo, com o apoio do nobre senador Renan Calheiros e dos seus asseclas da Casa.
 
Somos governados por um bando de imorais, gente sem ética, sem caráter, agregada a uma facção erroneamente denominada de Partido dos Trabalhadores. A Papuda e o depósito da PF em Curitiba são testemunhas do que eu digo. A cúpula dirigente dessa quadrilha está indo um a um para trás das grades, e o “Capo di tutti i capi” está apenas aguardando a vez para ser visitado pela polícia, e acompanhado até os seus merecidos quatro metros quadrados pelo zeloso japonesinho, que está se tornando o símbolo silencioso de uma promissora mudança ética em nosso país. Merecemos. Chega de tanta podridão.

Humberto de Luna Freire Filho, médico

Facebookmail

6 ideias sobre “O CIRCO BRASIL

  1. O país é liderado por um bando de molequinhos, que assustados, cumprem as ordens que a gerenta incompetenta grita a plenos pulmões, dada a sua conhecida “gentileza” ao dirigir-se a seus subordinados. De “líderes” assim, o que esperar?

    • Cada vez eu dou mais valor a antiga frase “Cada povo tem o governo que merece”. O Congresso represente o povo, lá existe bandido de todas as espécies, ou seja, o povo está muito bem representado.

  2. Enquanto não houver a derrubada violenta da Bastilha, como aconteceu na França, os ladrões permanecerão com sua ousadia e descaramento. Confiam na passividade, na omissão e no acovardamento do brasileiro. Confesso que me sinto um covarde de não reagir devidamente diante desses crápulas.

    • Sem contar que eles contam com os melhores defensores do país, pagos com o nosso dinheiro roubado e a morosidade proposital de nossa Justiça bichada, infiltrada de magistrado comprovadamente corruptos. BANDIDOS TOGADOS.

  3. Espero que Zé Dirceu aproveite bem sua aposentadoria, mofando na prisão, que é o que ele merece por integrar a mais organizada quadrilha do Brasil…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *