JUSTIÇA BRASILEIRA, IMPÉRIO DA PODRIDÃO

Por Humberto de Luna Freire Filho

O PRÉDIO É BONITO…
Resultado de imagem para imagem para o STJ
IMAGEM: Estratégia OAB

Hoje foi um “belo” dia para a justiça brasileira. Primeira podridão: o Superior Tribunal de Justiça (STJ) concedeu por unanimidade Habeas Corpus (HC) para o mordomo da Transilvânia e seus garçons. A essa altura, o bandido Michel Miguel Elias Temer Lulia e seu ajudante de ordens, João Baptista Lima Filho, vulgo coronel Lima,  já deverão estar indo para  suas mansões e dando risadas da cara dos cidadãos brasileiros.

Segunda podridão: a Ministra Carmen Lúcia do Supremo Tribunal Federal (STF), resolve no último minuto atender pedido, imaginem de quem, da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) para que o sigilo telefônico do ex-diretor jurídico da JBS, Francisco de Assis e Silva, que teve seu celular apreendido pala Polícia Federal (PF) há dois anos, não fosse quebrado.

SANTA LÚCIA
Resultado de imagem para NOVA IMAGEM PARA O stf
IMAGEM: Diário Popular MG

O santo protetor da bandidagem é realmente forte. Há muito eles apelam para tudo, macumba, candomblé, pai de santo, rezadeiras e agora com o apoio de quem deveria zelar pela moralidade, a OAB junto com a Santa Lúcia do STF, conseguiram ainda se manter no anonimato. Viu como a nossa justiça é rápida? Se você não consegue seu  HC, não é porque a justiça é lenta, você é que é pobre. Resumo jurídico do dia – na cadeia só ladrão de galinha.

VALE TUDO!!!
Resultado de imagem para imagem para candomblé
IMAGEM: Segredos do Mundo – R7.com

Humberto de Luna Freire Filho, médico – Cidadão brasileiro sem medo de corruptos.

Facebookmail

12 ideias sobre “JUSTIÇA BRASILEIRA, IMPÉRIO DA PODRIDÃO

  1. Três Poderes, dos quais, dois podres, o Legislativo e o Judiciário.
    O terceiro, o Executivo, apenas contaminado por alguns traidores.

    • Mário, o Estado (os três poderes), foi aparelhado durante 18 anos por corruptos. Com o novo governo, surgiu um leve surto de moralidade, mas que ainda exige muio tempo para que possamos dizer que temos governantes e não quadrilheiros.

  2. O Judiciário brasileiro tem escancarado um cenário jurídico de pouca credibilidade. Muitas de suas decisões surpreendem a sociedade pelo desfecho dado a casos envolvendo políticos mergulhados em corrupção até o pescoço.
    Mas o que me surpreende mais é ver membros das instâncias judiciais divergirem entre si em matéria de Direito para favorecer os indecorosos transgressores da lei.
    Por outro lado, quando eu vejo a liberação de Michel Temer e amigo por decisão unânime de magistrados contrariando a decisão inicial de outros magistrados, o fato me leva a questionar até que ponto a seriedade judicial deve ser aceita pela sociedade.
    É verdade que as várias instâncias são necessárias para que não haja injustiça de decisões contra o acusado. Mas essas decisões de instâncias, envolvendo elementos enredados em corrupção, só têm favorecido a vida desses corruptos.

  3. Realmente, meu caro doutor, o judiciário brasileiro, a começar de sua sua Suprema Corte, está a serviço do crime.
    Até. Carmem Lúcia…
    Nada podemos esperar dessa gente, exceto o deboche, o acinte, o desprezo por nós…
    Enquanto protegem ladrões, refestelam-se com lagostas e vinhos premiados.
    G.

  4. Caro e Nobre amigo… há muito tempo que essa tal de Justiça deixou de existir, estamos sim, ou voltamos na época do ladrão de galinha, que rouba pra se alimentar, enquanto que o Poderoso que está saindo da prisão hoje, desvia para os seus bolsos mais de R$: 1.800.000.000,00, e não há provas da denuncia que lhe foi imposta… isso é brincadeira… e a ultima, a Camara dos deputados obrigou o Ministro da Educação, lá comparecer e dar explicações do porque do corte das verbas para as Universidades… nunca havia ocorrido isso, logicamente os ladrões PTistas enchiam os bolsos dos Reitores de grana… então reclamar de que? Pedir explicações de que? Pelo que estou vendo, nosso Presidente é fictício… ele não manda nada… se cada decisão dele, um responsável tem que dar explicações… estamos sim caminhando no escuro…

  5. Tem mais uma: Celso de Mello inocentou uma “senhora” que, em um aeroporto nacional, portava sementes de maconha importadas da Holanda. Foi inocentada porque, segundo o ministro, a semente não contem o princípio ativo da droga e não causa dependência.
    Sim, ministro. A “senhora”, na falta de feijão, cozinharia as sementes de maconha para comer com arroz, bife e batatas fritas.

  6. Está difícil mudar de opinião diante desses lamentáveis acontecimentos. Nao escapa ninguém dessa maldita Corte dos diabos e parece que a maldição de proteger bandidos se alastra pelas demais Instituições da Justiça Brasileira…Nao sei onde iremos parar se continuarmos a soltar bandidos de colarinho branco e tudo como você disse porque o cidadão comum é pobre…..kkkkkkk Neste País de espertalhotes e macacos velhos na arte de roubar não cura nunca essa doença iniciada desde os primórdios de 1500 kkkk Pobre Brasil..não consegue se aprumar: os políticos e safados não deixam e o cidadão brasileiro assalariado que paga com dificuldade suas contas é quem paga o pato.., mas não o come no almoço ou no jantar…é prato de ricos

    • Lilian, a essa altura sou por atitudes radicais por parte do governo, caso contrário será engolido pelas quadrilhas que aparelham o Estado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *