MAU CARATISMO E HIPOCRISIAS ACIMA DE TUDO

Por Humberto de Luna Freire Filho

A AMAZÔNIA É NOSSA E DELA CUIDAREMOS
Resultado de imagem para fotos aéreas da amazonia
IMAGEM: Veja – Abril.com

A revista norte-americana Foreign Policy publicou nesta terça-feira, 6, a seguinte manchete “Quem vai invadir o Brasil para salvar a Amazônia?”. O artigo foi escrito pelo pesquisador Stephen M. Walt, da Universidade de Harvard.

Pergunto, que moral tem esse pesquisador, e por extensão os EUA, para falar de preservação ambiental? Onde estão hoje as florestas norte americanas e como fica para a história o genocídio indígena  do seculo XIX, onde vinte milhões foram mortos e em seguida cantado em versos e prosas pala indústria cinematográfica de Hollywood?

DESTRUIÇÃO NA COSTA LESTE  DOS  EEUU

IMAGEM: Wikipédia – A enciclopédia livre

Que moral tem a Inglaterra para criticar a politica de preservação da Amazônia? Essa mesma Inglaterra,  na segunda metade do século XVIII, por conta da “Revolução Industrial” destruiu todas as florestas para transformar a madeira em carvão natural. Ainda usou o carvão mineral e poluiu toda a Grã Bretanha.

A INGLATERRA E SUA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL
Resultado de imagem para IMAGEM PARA A REVOLUÇÃO INDUSTRIAL INGLESA
IMAGEM: WordPress.com

Que moral tem a França para falar de preservação de meio ambiente? Entre 1966 e 1974, esse país usou o atol de Moruroa (Polinésia Francesa) para efetuar 196 explosões nucleares, sendo 46 testes atmosféricos e 150 subterrâneos. Agora se junta à Organização das Nações Unidas (ONU), um chiqueiro da esquerda internacional, para impor condições ao Brasil no caso de um acordo comercial.

OBRA ECOLÓGICA DA FRANÇA – ATOL DE MORUROA CONTAMINADO
Imagem relacionada
IMAGEM: travelmanagers.com.au

Finalmente o meu último comentário, pelo menos nesse texto, é sobre essa recente manchete estampada em muitos jornais mundo afora  – ” Papa pede a líderes do mundo que salvem a Amazônia”- a verdade é que o argentino, ex eleitor de Cristina Kirchner, transformou o Vaticano em um comitê da podre esquerda internacional. Acho que ele deveria se preocupar com a sua igreja, hoje repleta de gays e pedófilos.  Pontífice, esqueça a Amazônia que  é brasileira e dela CUIDAMOS NÓS.

A PORTA DOS FUNDOS DA IGREJA ESTÁ ABERTAIMAGEM:  (Alvesgaspar/Creative Commons)

Humberto de Luna Freire Filho, médico – Cidadão brasileiro sem medo de corruptos

Facebookmail

30 ideias sobre “MAU CARATISMO E HIPOCRISIAS ACIMA DE TUDO

  1. Excelente seu comentário caro Dr Humberto. Repentinamente o Brasil parece não ser mais nosso. O Bolsonaro deveria expulsar ONGs garimpeiros invasores e outras porcarias parasitas que lá estão, estes sim destruindo nossa terra. Cobrar pedágios mundiais, por não destruir-mos um pulmão mundial. Além dos seus ótimos comentários e principalmente esse, devemos boicotar esses europeus de merda que vem aqui encher o saco. Não tenho conta em banquinho tipo santander, não compro em telha norte nem carrefour muito menos carros franceses, e agora uma empresa italiana compra a administração da energia elétrica em São Paulo. . O Que estão pensando.

    • Edmur, são 400 ONGs na região Amazônica, onde ninguém morre de fome ou de sede, muitas delas mantidas com os nossos impostos. Já no Nordeste não existe nenhuma. Dá pra entender né?

  2. Pois é, todo o mundo pousando de bonzinhos e dando pitaco na nossa soberania interna e se valendo da Floresta Amazônica para dizer que estamos liquidando com ela, na verdade todos eles de olho nela e não se falando das Ongs que atuam por lá todas estrangeiras …. Olhe só: “Soltas, as grandes ONGs estrangeiras interferem no planejamento regional e mesmo federal. Sem prestar contas à legislação brasileira, elas atuam como “pontas-de-lança” do capital monopolista e de blocos de países hegemônicos do tipo EUA/Inglaterra/ Canadá, Bélgica/Holanda/Alemanha, França/Itália/Suíça e Japão/Indonésia, ao oferecer apoio em recursos humanos e financeiros para a elaboração e execução de programas e projetos no Brasil.

    Conhecidas das administrações dos nove “países amazônicos” que fingem ignorar sua presença perniciosa, elas usam codinomes extraídos do glossário humanitário, naturalista, malthusiano, revisionista etc: Amigos da Terra (Friends of the Earth); Canadense para o Desenvolvimento Internacional (CI DA); Fundação Ford; Club 1001; Both Ends; Survival International; Conservation International; Fundação Interamericana (IAF); Fundação MacArthur; Fundação Rockefeller; Fundação W. Alton Jones; Fundação Mundial para a Natureza (Word Wide Fund for Nature—WWF); Instituto Summer de Lingüística (SIL); National Wildlife Federation — NWF The Nature Conservation —TNC; Grupo de Trabalho Europeu para a Amazônia; União Internacional para a Conservação da Natureza (UNIC) e o World Resource Institute — WRI.” Algumas delas agindo como verdadeiras centrais de inteligência para grupos de interesses diversos. Inclusive agências de estudos geopolíticos e de estratégias para diversos tipos de atuação. A exemplo das ofensivas no sentido de minimizar as responsabilidades e atribuições de países soberanos, com base no jogo sujo da globalização do pensamento e do mercado.
    Somos todos uns palhaços quando damos ouvidos à mídia da esquerdalha que mina o governo com acusações irreverentes e mentirosas.. e ha quem acredite!!! Pasme!!

    • O governo deveria comunicar para essa “organizações” que na região amazônica não tem ninguém morrendo de fome ou de sede e que todas elas deverão ser transferidas para o Nordeste.

      • Precisa ter culhão roxo!! Pra virar a mesa e pôr ordem nesta desordem em quem todo mundo mete o bedelho e diz e faz o que quiser…………..e isso não é de agora….viceja ha anos e os governos anteriores nada fizeram…agora a culpa é do Bolsonaro, mas são hipócritas demais da conta….

      • Essa não se cria porque o Nordeste está abandonado pelos próprios governantes coronéis dono do Estado todo e pouco interessados em resolver o problema eterno da seca kkkk que lhes rende votos na base do cabresto…as famílias dominam o cenário politico do Nordeste que se perpetuam no poder porque ninguém lhes bate o poder econômico….pra vencer esses bandidos só grana..e não ha oposição que consiga fazer isso.. Sabe-se lá quando o Nordeste vai mudar esse estado de coisas ruins que os escravizam junto aos maus políticos e dos Partidos fajutos tão indecentes quanto seus indicados!!!!!!!!!!!!!!!

          • Nordeste o cancro do Brasil!!!! Atrasadíssimo e conivente com quem nada lhes dá, ainda vivem no Brasil colonia!!! E os donos das “capitanias hereditárias” são os políticos safados que os escravizam sem lhes dar coisa nenhuma a não ser dependência total para lhes manter na
            coleira!!! kkkkkkkkk Idiotas, palermas e ingênuos….

          • Lilian, hoje já se vê algumas mudanças, mas só nas capitais o que não é necessário para vencer os curais eleitorais do interior onde o analfabetismo impera.

  3. Caro Humberto

    Suas colocações merecem vasta divulgação. No início da semana, reportarei seu tema, encaminhando a mensagem para os correspondentes do Círculo dos Amigos da Cultura, além de produzir o tema pelo WhatsApp. Abraços.

    Ubirajara

  4. Há tempos escrevi em meu blog, hoje desativado, que temos sementes e mudas para fornecer aos americanos e europeus para refazerem as suas matas que foram dizimadas por eles. Quanto aos indígenas que foram mortos aos milhões pelos americanos principalmente, cujos remanescentes estão confinados em desertos, querem imensas matas para os nossos queridos índios, nas quais as ONGs estrangeiras, tanto americanos como europeias transitam e exploram livremente enquanto aos brasileiros é vedado até a simples entrada.
    Agora ficam querendo nos impor condições para a preservação da amazônia, como disse nosso Presidente, -“A amazônia é nossa”! Quanto ao Papa parece estar dominados pelos bispos brasileiro, na sua maior parte vermelhos.

    • Antonio Carlos eu sou “jipeiro” há anos e 2 meses por anos caio na estrada. Faço minhas viagens só, munidos do celular e de uma máquina fotográfica, e sendo assim já conheci pelo menos 3.500 de 5.600 municípios brasileiro. Agora quero te dizer que já paguei pedágio para índio antes de chegar em Boa Vista, capital de Roraima, na ida e na volta, e foi o pedágio mais caro que já paguei até hoje, não me recordo quanto. Em outra ocasião, eu rodava entre Campo Grande em direção a Cuiabá e nas proximidades de Sinop fui avisado por um comerciante, na margem de rodovia, que eu me apressasse pois a partir das 18 horas eu não mais poderia cruzar as “terras indígenas”. Após esse horário a travessia só seria possível no dia seguinte a partir das 6 horas. SIMPLESMENTE IMORAL. O índio é brasileiro e eu sou o que??? Onde está o meu direito e ir e vir?

  5. Humberto, estamos vivendo um momento crítico em todos os sentidos, onde reinam o populismo, a hipocrisia, a mediocridade e muita, mas muita demagogia. Temos discursos para todos os bolsos e gostos e quem mais nos critica quando o assunto é meio ambiente é quem mais o degrada, polui e o destrói. Fica muita fácil querer salvar o planeta a custa dos outros e se valendo de um discurso com viés eminentemente político. Salvar o meio ambiente é uma necessidade inarredável todos nós o queremos, mas o sacrifício tem de ser global. O dever de casa tem de ser feito por todos e a uma só voz, mas, os adeptos das velhas práticas se valem do também velho e desgastado discurso” façam sempre o que dizemos, nunca, jamais, em tempo algum o que fazemos”. Caras de pau!

  6. Gostaria que esse Papa que quando foi eleito eu fui a primeira a elogia-lo pela sua formaçao franciscana de pobreza e jesuita da educaçao parasse de se meter baseado em palpite de comunista!
    Com o passar do tempo ele se mostrou tb um bello de um comunista que gosta de apoiar gays e esconde os pedófilos amiguinhos dele!!
    Qto aos organismos internationais não temos mais nem o q falar pq a esquerda toda está dando palpite errado como sempre onde não deveria dar!
    Vamos esperar pq ainda tem a conferencia sobre a Amazonia em Roma e vamos ver que novidades irão sair deste encontro de esquerdopatas!
    Até o sr hein sr Papa!!!

    • Tuca, esse cara nunca me enganou, era baba ovo de Néstor Kirchen. Ano passado estive em Roma, minha mulher foi a praça de São Pedro ver o comunista com um calor de 37°C. Eu fiquei no hotel fazendo coisa melhor; tomando uma Birra Moretti.

  7. Humberto, por coincidência, assisti ontem a um trecho do programa Globonews Painel, onde o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, deu uma aula a respeito da matéria. Com muita lucidez, diferente do enfoque ideológico que é dado ao assunto desmatamento e/ou preservação da Amazônia, o ministro lembrou que este atual governo tem menos de um ano, portanto a enxurrada de críticas que recebe da mídia mundial é totalmente desproporcional. Um outro palestrante presente lembrou ainda que o agronegócio brasileiro não pode ser responsabilizado pelo desmatamento criminoso praticado por madeireiras e garimpos clandestinos. O ministro também destacou o fato de que muitas das críticas recentes são eivadas de motivação ideológica, lembrando que muito do atual quadro de desmatamento existente hoje é resultado das políticas dos governos anteriores. Ou seja, Humberto, e aqui eu acrescento minha contribuição, que é quanto às dimensões da Amazônia brasileira: o que existe mesmo é uma tremenda má-vontade de entidades nacionais e internacionais quanto ao governo Jair Bolsonaro. O que este governo, através do ministério do Meio-Ambiente, pode fazer, é continuar o seu trabalho, que me parece sério, e refutar toda série de críticas vindas de dentro do Brasil ou de fora, como por exemplo essa bobagem dita pelo pesquisador de Harvard. Não é porque é Harvard, que se produz só coisa boa lá.

    • Abel, a crítica internacional sobre a Amazônia pode ser interpretada como uma análise da política de governos anteriores, principalmente dos 16 anos da quadrilha petista.

  8. CONCORDO PLENAMENTE COM VOCÊ……, FALTOU DIZER QUE UM DOS PALÁCIOS DA INGLATERRA FOI TODO FORRADO
    COM MOGNO QUE SAIU AS ESCONDIDAS DAQUI….;Creio que foi na década de 80.

  9. Exatamente: A Amazônia é nossa. Os brasileiros precisam se conscientizarem disso. Principalmente os Europeus, que mais roubaram ouro e prata do Brasil e de países da América do Sul, querem de todos os jeitos mandarem no Brasil. O Brasil tem mesmo de ser dono do Brasil. Chega de ser um país com complexo de vira-lata, com bem disse Nelson Rodrigues:”Por “complexo de vira-latas” entendo eu a inferioridade em que o brasileiro se coloca, voluntariamente, em face do resto do mundo.”

  10. Caro Humberto, ótimo artigo. Vou postar no meu Facebook.
    Um detalhe: no trecho abaixo da segunda imagem, não seria floresta em vez de flores?
    Um abraço.

    • Caro Hermínio, obrigado pela divulgação e obrigado também por me alertar sobre a grafia incorreta. Eu estava com fome e comi a metade da floresta. Feita a devida correção, obrigado mais uma vez.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *