MAIS UMA AÇÃO DO PROSTÍBULO (STF) CONTRA O BRASIL

Por Humberto de Luna Freire Filho

MERECEMOS ISSO?

IMAGEM: O Cafezinho

E ISSO?

IMAGEM: Esquerda Diário

VAMOS COMEMORAR O VOTO,  PARCEIRA?

IMAGEM: Jornal da Cidade ONLINE

Meus caros leitores, na condição de médico, quero fazer um esclarecimento a todos aqueles que  assistiam ao vivo a sessão de hoje no Supremo Tribunal Federal (STF), por ocasião do julgamento sobre prisão em 2ª Instância, e foram acometidos de mal estar com náuseas seguidas de vômitos e em alguns casos  de súbitos episódios de diarreia. Fiquem tranquilos, não se trata de uma patologia endógena.

Foi uma simples reação orgânica, em resposta a agressão cometida por membros desse prostíbulo, que chamam de Suprema Corte. Uma reação indubitavelmente exógena e fatalmente esperada em todo e qualquer cidadão mais crente com  a moralidade da justiça brasileira e que infelizmente cheio de esperança se propôs a assistir a  mais esse imoral espetáculo circense.

Ainda não temos o resultado final de toda essa falta de vergonha, que deverá ser definitivamente concluída só na próxima semana, quando alguns dos corruptos da casa que ainda não se pronunciaram declararem seus já conhecidos votos, após uma enojante e demorada verborragia que provoca vergonha ao cidadão brasileiro e desmoraliza ainda mais o que ainda resta de credibilidade na magistratura.

A essa altura vou antecipar para você que em aeroportos, restaurantes, hotéis, aviões e shoppings você deverá encontrar com famosos ladrões rindo de sua cara, Lula…Dirceu… etc. Nas ruas e esquinas você será assaltado, nos semáforos você terá seu carro roubado e agradeça ao bandido por não lhe dar um tiro. Em contrapartida a bandidagem que está dando esse presente de grego para a sociedade, circula  em carro blindado e com escolta pagos com o seu dinheiro.

Humberto de Luna Freire Filho, médico – Cidadão brasileiro sem medo de corruptos

Facebookmail

30 ideias sobre “MAIS UMA AÇÃO DO PROSTÍBULO (STF) CONTRA O BRASIL

  1. Não tive paciência de ouvir todo discurso de Rosa Weber, o que me impressionou foi a duvidosa posição das suas palavras, ao longo de todo tempo em que assisti, não se podia definir, de forma clara, de que lado ela estava, muito diferente da fala de Luiz Fux e Alexandre Morais, que de forma clara e concisa, definiram sua posição, rapidamente! Agora, com o placar de 4 x 3, faltando os votos de Celso de Melo e Gilmar Mendes, que já sabemos qual vai ser sua posição! Nem precisavam apresentar seus requintados e rebuscados termos jurídicos para justificar esse ato. Se Carmem Lúcia, não surpreender e apresentar o voto, esperado, teremos um empate de 5 x 5. Agora adivinhem quem vai dar o voto de Minerva e qual vai ser esse voto?
    Em resumo o mal vai vencer pelo apertado placar de 6 x 5, fico impressionado como um artigo da constituição dizendo: “ninguém poderá ser considerado culpado até que haja o trânsito em julgado de sentença condenatória”, pode trazer tanta polêmica, como é possível tantas opiniões conflitantes a respeito do mesmo tema? Ninguém precisa fazer um curso de direito, para entender que a constituição diz que ninguém poderá ser considerado culpado, mas não diz que não poderá ser “preso”, o fato de alguém estar preso, não significa que, necessariamente, seja culpado! É o caso da prisão preventiva e cautelar, ambas não indicam que os atingidos sejam culpados, se ao longo do processo, se verificar a inexistência da culpa, o pedido de liberdade deverá ser atendido! É um óbvio ululante, que após dois julgamentos condenatórios, a “presunção de inocência” se encontra fragilizada! Mas se mesmo assim, for constatado algum erro grave no processo, o réu poderá obter sua liberdade! Não podemos ter uma justiça perfeita, infalível! Para isso precisaríamos de “magistrados perfeitos”! ( no STF, principalmente!)

    • Aldo, essa corte envergonha e enoja qualquer cidadão de bem. Circula na net um vídeo, pós encerramento da seção, onde mostra Gilmar Mendes cumprimentando todos os advogados da bandidagem. Eu gostaria de saber quento redeu ($$$) cada afago e aperto de mão. “…constituição diz que ninguém poderá ser considerado culpado, mas não diz que não poderá ser preso”, verdade verdadeira.

  2. Verdeiramente é um escárnio, um deboche para com o povo pagafor de impistos escprchantes tudo isso que vrm acontecendp já faz um tempo. Votei no Bolsonaro e continuo dando_lhe meu incondicional apoio, mas, confesso ter esperado ações mais austeras. Considerando que a voz do povo é a Deus e como este povo não está sendo ouvido, é bem provável que a voz das trevas esteja em franca ascendência.

    • Sandra vou apostar todas as minhas fichas na volta do presidente. Prece que ele já tem até adversário nas próximas eleições. Chama-se LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA.

  3. Caro Humberto

    A coisa vai se definir nos dias 6 e 7 de novembro. Infelizmente, estou horrorizada com o rumo desses acontecimentos…Como uma Corte pode mandar no Brasil!!???????? e que ainda se diz Suprema???????????? Defendendo bandidos e soltando-os ja que a populaçao que se dane e viajando com o nosso dinheiro, sustentando-se todos os dias com champagne e caviar, às nossas custas ..isso tudo é um deboche e uma vergonha..espero que o povo faça alguma coisa para impedir essa tragedia. Cadê os militares?? Bolsonaro faça alguma coisa, chega de frouxidão e paciencia!!

  4. Ixiba lixce Neslcin Imctlens njesnto… Sabe o que é isso, Humberto? Estou sem palavras, ou melhor, não há palavras para descrever tamanha imoralidade. Mais não posso falar, já estou com enjoos…
    Abraços,
    Ricardo C. Siqueira

  5. Só mesmo no Brasil a bandidagem dispõe de magistrados para chamar de seus. Rouba-se milhões, bilhões, mata-se ou deixa-se morrer nas filas dos hospitais , e de nada valem as condenações até o 2o. grau. Policiais, Promotores, Juizes e De sembargadores então não passam de um bando de idiotas irresponsáveis, que punem a escória da sociedade por pura maldade ! Tudo isso para soltar um ex-Presidente presidiário e sua caterva.
    Então que se feche tais instâncias em questões de ordem penal – seria muito mais economico,
    Aguarda-se o dia em que apenas um Cabo e um Soldado poderão dar fim a tudo isso !

  6. Humberto, eu me sinto mal quando tenho que dizer algo a respeito do STF. Eu fico profundamente angustiado ao ver a figura abjeta de Gilmar Mendes, a figura sinistra de Lewandowski, a figura cínica de Toffoli (ex-advogado da maior organização criminosa em operação no Brasil), a figura sonsa de Marco Aurélio Mello, a figura circunspecta de Celso de Melo, a figura distante de Rosa Weber, e a figura quase melancólica de Carmem Lúcia, todos com toda aquela verborragia jurídica. É duro de aguentar. Dá náuseas. Esses ministros, acintosamente, desafiam os brasileiros que não aceitam mais a impunidade. E o nome que temos de dar às manifestações desses ministros que são contrários à prisão em segunda instância, é impunidade. Impunidade dos poderosos. Por isso, a eventual decisão que poderá reverter o atual entendimento da Corte, não mais permitindo a prisão após segunda instância, só beneficiará bandidos, bem como bancas milionárias de advocacia, que defendem esses bandidos. Essa turma de ministros retrógrados, mal-intencionados, quer que bandidos como Lula nunca paguem por seus inúmeros crimes. Enquanto eles comem lagostas, harmonizadas com Chablis da Borgonha, ou cordeiros, harmonizados com Château Margaux, ou Petrus, de Bordeaux, eles se divertem com a cara de milhões de brasileiros, obrigados a ver o mentor do maior roubo de dinheiro público do mundo, Lula da Silva, dizer que é mais honesto que Irmã Dulce.

    • Abel, continuo esperando um milagre da santa Dulce; uma violente descarga elétrica no plenário do STF por ocasião do próximo espetáculo. Poderia té parecer uma maldade da Santa, mas não, seria um grande bem para o Brasil.

  7. Humberto, esse pessoal reclama do sofá. Tantas vezes fui às ruas e muitos que conheço nunca se mexeram. Outro dia enviei um video do Salim Mattar acredita que tinha gente que nem sabia dele? E pior, são pessoas que têm acesso à informação. Então, pergunto: como mudar esse país?
    Abraço
    Izabel

  8. Os meus amigos, com a idade próxima a minha, confirmam que o regime militar não foi golpe e sim um apelo social e intervieram para que não fosse instalado o comunismo no Brasil, e, o nosso país viveu um tempo de ORDEM e PROGRESSO. Os netos dos meus amigos, que não viveram o tempo do regime e nada sabem do ponto de vista histórico, político e econômico, abominam o regime. A plateia brasileira, que nunca será um povo, não foram justos com os militares. Desde o governo do FHC eles só foram incriminados e tratados como sub-humanos. Que pena que nunca mostramos gratidão e revelamos a verdade para nossos filhos e netos. Será que voltarão ou estão de pijama? Precisamos clamar a volta dos militares e estabelecer a ORDEM e PROGRESSO. Fora isso não entendo nenhuma possibilidade de nós organizarmos como um povo.
    Pois é.

    • Izabel, o regime militar é hoje injustamente criticado por essa esquerda podre que tentou implantar na década de 60 um regime falido em todo o mundo e que matou 70 milhões de pessoas. Hoje vivemos uma democracia graças a iniciativa das FFAA. E mais o que seria do Brasil hoje sem Itaipu, sem Tucuruí, sem Ilha Solteira, sem o polo Petroquímico de Camaçari, sem a Refinaria de Paulínea, sem a ponte Rio-Niterói, sem a Transamazônica, sem a Rodovia dos Imigrantes, sem a Rodovia Castelo Branco, sem a Rodovia dos Bandeirantes, sem a Zona Franca de Manaus que importou tecnologia. Todas essas obras implantadas e concluídas pelos militares. Qual a obra de vulto criada por essa bandidagem a partir de FHC? NENHUMA. Foi só roubalheira.

  9. Humberto, urge acabarmos com essa dinastia da toga! Urge que esses babacas caiam na real e entendam que são nossos funcionários e não semideuses!
    São insuportavelmente arrogantes, a ponto de nos causar náuseas, sim!

  10. Caro Humberto.
    Cada um com seus dons tem o poder de mudar a si mesmo e, consequentemente, tudo aquilo que está à sua volta e ao seu alcance… Vamos tentar, mais uma vez, espelhar nossas atitudes e ações nos verdadeiros heróis da Pátria, aqueles que abriram espaço para a fé e a reformulação de nosso viver, lutando pela liberdade, pela verdade e pela paz.
    Ainda há espaço para acreditar nos verdadeiros heróis de uma nação. Neste grave momento em que a nossa vem atravessando, esperamos poder ser instrumento de sua redenção. Ainda que fiquemos esquecidos, no tempo e no espaço da História, cumpriremos nossa missão. Assim, permaneceremos iluminados, perante nossa consciência, pelo cumprimento do dever e do amor, porque entre um e outro, está a honra!…
    Seu trabalho dignifica os homens de bem e de coragem e nenhum de nós vai esmorecer, porque na dimensão cósmica do imponderável o que está escrito é a impermanência das coisas temporais e isso também passará. Teremos de fazer nossa parte, cumprindo com nossas ações e atos de coragem para reunir forças capazes de confrontar esses antagonismos que geraram essa decisão ignominiosa do STF (com apoio de metade de seus juízes, é claro, favorecida com o voto infeliz de seu Presidente).
    Certamente, recorro, também ao imaginário, buscando as armas que tenho para congregar essas forças, convicto de que, de acordo com Gandhi “o bem sempre vence o mal”. O problema é que, por vezes, a História só mostra isso, após 1000 anos e nenhum de nós viverá o bastante para testemunhar essa vitória, embora possamos resgatar as glórias do passado, entre elas a derrota do nazi-fascismo, a queda de “Muro de Berlim”, de ditaduras decenais na África, na Ásia e no Oriente Médio e de outras revoluções e guerras ao longo do tempo que devolveram à humanidade sua dignidade e liberdade. A paz ainda é a utopia distante. O convite da luta pela evolução chega às nossas mãos todos os dias. O importante é que não desistamos de nós mesmos e do bom combate, como você faz, quando assina seus artigos “sem medo de corruptos”. Isso, sim, é capaz de motivar muitos de nós a dar prosseguimento nessa jornada plena de adversidades. Porém, creio no inevitável resultado da vitória do bem sobre o mal… E o bem está do nosso lado! Ontem, e você também recebeu, enviei um vídeo, via e-mail, com meu posicionamento, concitando o povo a uma manifestação, pedindo Emenda Constitucional que pode mudar essa inominável situação, por meio do Congresso Nacional. Sem dúvida, necessitaremos da única soberania que possamos reconhecer: a do POVO! Ruy Barbosa, em contexto que pode ser explicado afirmou que “A força do direito deve superar o direito da força”. Perfeito! Irretocável! Ocorre que os cenários mudam e também as questões de cuja solução depende a pacífica convivência entre os homens. Daí, quando a “Força do Direito” não se faz presente por todas as razões que atendam à máxima de que “A moral é a razão superior do Direito” então poderemos, com a força da massa, chegar, inclusive a usar o “Direito da Força”, uma vez que “A Força do Direito” não se mostra, segundo demonstração matemática de um sistema a duas incógnitas, necessária e suficiente para resolver a equação. É, portanto lógico, ético, lúcido e razoável que possamos restabelecer a democracia pelo processo mais sofrido, mas ela prevalecerá, porque o que dela se exige é a ética, o hábito das virtudes e a plena dignidade humana com fundamento no primado da individualidade. Pelas vias do sofrimento se conquista a luz. Invadindo as trevas,os corruptos voltarão para onde jamais deveriam ter saído e, novamente, a Luz se fará presente! Para isso temos todos os institutos republicanos, sem que seja necessário fazer o jogo do inimigo onde “os fins justificam os meios”. É o que penso!

    • Meu caro Ubirajara, obrigado pelo seu inteligente e esclarecedor comentário. Eu não sou o dono da verdade, portanto, gosto e de ouvir opiniões. Gosto de aprender. Obrigado mais uma vez. Espero contar sempre com suas lições.

  11. Meu caro Humberto

    O momento é de união. Como esse entendimento tem limites em alcance para que seja materializado, temos de contar com aquelas pessoas que se identificam com suas afinidades, morais, éticas, intelectuais e, sobretudo, espirituais, isto é, crença nos princípios e valores mais elevados do primado humano. Claro, a força interior de cada um provém da centelha divina que se desenvolve em nossa alma. Concordo que não somos “donos da verdade”, seria demasiada prepotência acreditar que teríamos tal poder. Aliás, o grande poder divino que passou por esse mundo, manifesto representante de uma dimensão superior, quando acorrentado e humilhado, diante de Pilatos, foi questionado sobre a verdade, Ele próprio silenciou… Como atirar pedras preciosas aos porcos. E assim, a “verdade” continua mutável (e às vezes silenciosa) cumprindo o seu papel, quer seja passeando como a brisa no alto das montanhas ou soprando avassaladora entre os vales férteis da humanidade. Estamos juntos, meu irmão (se permite esse tratamento respeitoso e carinhoso) e, agora, mais do que nunca, unidos nessa batalha. Para finalizar: hoje recebi um Whatts App que dizia, mais ou menos o seguinte: “o bom de ver o Lula solto é que teremos a alegria de vê-lo voltar para a cadeia novamente”. Ao que aduzi: é sempre bom renovar nossas emoções. Vamos acreditar… A mídia, seja impressa, radiofônica e televisiva, diz que “multidões aguardam a chegada de Lula aqui e acolá”, mas omitem a expulsão dele em restaurantes públicos, conforme divulgado pelas redes sociais, estas, sim, sob nosso comandamento….Nossos aliados são maioria… Acredito que estamos no caminho certo, basta não desistir.

    Seu aliado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *