STF E TCU COSPEM NA NOSSA CARA

Por Humberto de Luna Freire Filho

Lagosta cozido no vapor com limão — Fotografia de Stock
IMAGEM: Depositphotos

UM  DOS GIGOLÔS DO DINHEIRO PÚBLICO, DO NOSSO DINHEIRO
Foto montagem: Jornal da Cidade Online

RESTAURANTE PARA ALTAS AUTORIDADES EM JANTARES INSTITUCIONAIS
Edifício-sede do Supremo Tribunal Federal no entardecer. Foto: Gil Ferreira/SCO/STF
IMAGEM: STF –  Foto – Gil Ferreira

DEFINIDA A PARCERIA NO RESTAURANTE DAS ALTAS AUTORIDADES

IMAGEM: TCU – crédito/Qconcursos.com

O Tribunal de Contas da União (TCU) liberou nesta quarta feira, dia 4, uma licitação do Supremo Tribunal Federal (STF), concluída em maio que prevê refeições com medalhões de lagostas, vinhos e espumantes premiados, quando houver “refeições institucionais” do STF com a participação de pelo menos duas “altas autoridades”. . Gostaria se saber o que significa essa m – – – – de REFEIÇÕES INSTITUCIONAIS COM ALTAS AUTORIDADES – quanta imoralidade nesse nosso pobre pais!

Serão servidos de entrada para a ALTA BANDIDAGEM, queijo de cabra, figos, carpaccio, ceviche, medalhões de lagosta e risoto; no prato principal, medalhões de lagosta, carré de cordeiro, arroz de pato; e, na sobremesa, musses e sorvetes. Eu já havia tomado conhecimento dessa pouca vergonha há muito e esperava que, pelo grau de imoralidade, tudo tivesse caído no esquecimento ou pelo menos no fundo de uma gaveta. Me enganei, esse podre Poder Judiciário, agora em parceria com TCU, continua cuspindo na cara dos brasileiros.

Humberto de Luna Freire Filho, médico – Cidadão brasileiro sem medo de corruptos

Facebookmail

20 ideias sobre “STF E TCU COSPEM NA NOSSA CARA

  1. E são esses os guardiões da Constituição, da Lei e do princípio da isonomia… Barbaridade! Pobre Brasil, país esdrúxulo!
    Abraços, Humberto.

  2. Humberto, é uma coisa espantosa a quantidade de escândalos com os quais nos deparamos a cada dia, na administração pública. Graças às redes sociais, dentre essas o seu espaço aqui, de sua lavra, a gente fica sabendo de quanta malandragem os altos servidores públicos, os marajás aos quais se referia Fernando Collor de Mello (de triste memória, mas que nesse caso acertou na mosca), são capazes. Esses ministros do STF realmente cospem na nossa cara. E fazem isso há muito tempo, com a conivência desse TCU, que, vamos dizer a verdade, não serve pra quase nada de útil. A não ser para os seus próprios membros e funcionários. Humberto, dentre tantas providências a serem tomadas para colocar o Brasil nos trilhos, a moralidade no serviço público é uma delas. Eu tenho certeza de que na Suprema Corte dos Estados Unidos não existem essas extravagâncias nababescas. Tenho certeza de que as coisas por lá são muito mais parcimoniosas do que no nosso STF. Tenho certeza de que os ministros da Suprema Corte americana não ficam indo a Lisboa, ou a Londres, ou a Paris, quase que todo final de semana. Não ficam fazendo palestras, participando de seminários, para lá e para cá. E olha a riqueza deles em relação à nossa. Esses ministros do STF, que deveriam dar o bom exemplo, são pródigos em demonstrar uma propensão exagerada ao protagonismo em assuntos extra-Corte, viajando para cima e para baixo, emitindo opiniões políticas, participando de um número absurdo de eventos fora de Brasília. Por isso é importante que as redes sociais, muito mais do que a grande imprensa, que já demonstrou ser parcial, e por isso vem perdendo importância a cada dia, continuem a colocar os dedos nas feridas do nosso país. Exatamente como você faz, de maneira brilhante e imparcial. Mas eu gostaria de finalizar essa minha modesta participação aqui, recomendando a você, caso desconheça, uma obra do final dos anos 80, mas que é muito atual ainda: O Dinossauro, de José Osvaldo de Meira Penna (T.A. Queiroz, Editor). Diplomata de carreira do Itamarati, onde ingressou em 1938, dono de grande cabedal intelectual, ele faz ali uma análise detalhada da administração pública no Brasil. Eu me lembro de uma passagem do livro, que li ainda nos anos 90, onde ele dizia que a administração pública no Brasil foi criada para dar um bom emprego aos amigos dos donos do poder. Muito mais do que servir os cidadãos que pagavam impostos. E a gente vê hoje que muita coisa continua como era antes, ou seja, o servidor público que, antes de servir o público, serve-se do público. E isso tem que ser mudado.

    • Abel, eu lembro do titulo desse livro mas não li, vou comprar e aproveitar um presente que me dei (uns dias de férias), e ler. Concordo que a administração público foi criado para beneficiar funcionários, principalmente os desonestos, assim como empresas estatais. Não é sem motivo que quando se fala em privatizações os dirigente de Petrobras, BB, Caixa Ecomômica, Correios e outras gritam “essas empresas são nossas”. Realmente são deles.

      • Mas eu estou otimista. Achava que nunca veria uma luzinha no fim do túnel chamado Brasil. Penso que essa luzinha surgiu em 2013. Embora fraquinha, ela vem se tornando mais forte a cada dia, em que pese a existência dos arautos da escuridão. Esses ainda são numerosos, mas irão ceder lugar à luz. Aos poucos a luz iluminará o Brasil.

  3. Lembro que uma grande gritaria contra essas orgias aconteceu pouco tempo atrás, Humberto!!
    Mas obviamente que os urubus de casaca não estão ne aí pra o que pensamos… nós que pagamos suas contas, só servimos pra isso mesmo: pagar!
    Esse abuso, esse desaforo só irá acabar se eles forem destituídos pela vontade do povo, e mudanças nas leis forem feitas!!

  4. Nao ha mais o que dizer pois este assunto ja está cheirando mal….e nada muda, vamos fazer o quê a nao ser colocar o rabo entre as pernas, porque somos um povo servil e abestado. Ignorantes politicos que vamos deixando acontecer e assim vamos recebendo essas más noticias advindas de um povinho idiota sem educação, sujeito a chuvas e trovoadas, graças ao nosso exacerbado paternalismo de tolerar tudo…O Brasil nao acorda mesmo…insiste em ficar deitado em berço explendido eternamente…Haja açucar nesta limonada que continua azedissima…e nos o povo pagando o pato..com tanta bandidagem solta pelo Brasil!!! Ja perdi as esperanças ha muitas milhas ou encarnações kkkkk

      • Pois é, esse assunto nao é mais novidade e a imprensa botou a boca no trombone revelando essas indecencias. O assunto requentado volta à tona causando polemica e muita indignação. Mas, mesmo assim o Brasil nao muda…o problema muito velho é que muda a panela, mas a merda que fede la dentro…é a mesma!! Não saimos do lugar…

  5. Bom dia meu caro Dr Humberto. Será que um dia poderemos cuspir neles? Pelo menos rir de suas caras nojentas, sujas, almas penadas em corpos putrificados, etc etc.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *