VIVEMOS EM UM MUNDO DO IDIOTAS?

Por Humberto de Luna Freire Filho

HOW DARE YOU ?
IMAGEM: Carlo Allegri/Reuters

Gente, ainda não estou de volta, só dando uma passadinha. A verdade é que ainda estou sem estômago para acompanhar a podre política nacional e resolvi dar um “rolê” além fronteiras. Tem me chamado a atenção a repercussão que está acontecendo no mundo em torno da adolescente sueca, Grete Tundberg, manipulada pelo poder da máquina publicitária montada em torno do ambientalismo, para que ela  professe o apocalipse.

Coisas como essa acontecem em todo o mundo e em qualquer época, mas essa está indo além  do esperado, basta dizer que a moiçola resolver voltar no tempo e empreendeu uma viagem de Lisboa à Nova York em um colorido veleiro, e ao chegar ao destino após 20 dias colorindo o Atlântico, foi recebida por uma imensa tribo de peles vermelhas postados nas proximidades da estátua da Liberdade e se comunicando com o resto do mundo através de  i-phones.

O VELEIRO DE GRETA COLORINDO O ATLÂNTICOIMAGEM: Foto de Andreas Lindlahr

Realmente há um número infinito de imbecis em pleno século XXI. Será que grande parte do mundo está sendo influenciada por essa gente que forma a nova esquerda? Estamos perdidos!!!

Humberto de Luna Freire Filho, médico – Cidadão brasileiro sem medo de corruptos.

Facebookmail

4 ideias sobre “VIVEMOS EM UM MUNDO DO IDIOTAS?

  1. Oi Humberto, só vi hoje, pois estava até ontem no litoral norte paulista, onde o sinal da Claro era muito ruim. Para acessar a internet era necessário uma meia-maratona. Sair da casa, caminhar na rua e, a depender da sorte, achar o sinal. Mas entrando no assunto aqui, torno a dizer o que venho dizendo a respeito dessa pirralha sueca: trata-se de um verdadeiro absurdo o espaço que a midia internacional, e mesmo a do Brasil, dedica a essa adolescente metida a besta. Eu não dou a mínima bola para essa tontinha que acha que sabe tudo a respeito de mudanças climáticas. Deve ser uma aborrescente daquelas. Feinha como ela é, acho que não consegue achar um namorado. Pode ser que encontre uma namorada. Uma tão chata quanto ela. E aquela cara encolerizada? Ela deve achar um tédio a vida na ordeira e pacata Suécia. Tudo certinho, tudo funcionando. Sistema de transporte moderno e eficiente. Sistema de saúde invejável. Educação de primeiro mundo. Nenhum palito de fósforo na calçada. Bituca de cigarro nem se fala. Ela parece que está de mal com o mundo. Reclamar da Suécia não lhe iria dar Ibope. Ninguém iria dar crédito a ela. Aí ela deve ter inventado essa baboseira do fim dos tempos. Como não faltam babacas no mundo a dar trela a tantas bobagens, ela se sentiu no melhor dos mundos. A verdade, Humberto, a despeito dos avanços reais da tecnologia, que nos permitiram saltos inestimáveis em matéria de novos costumes, novos comportamentos, novas profissões, novos meios de comunicações, alguns desses comportamentos são lastimáveis. Vivemos a Era das Frescuras. Coitado dos negros, coitado dos índios, coitado dos gays, coitados dos oprimidos em geral, coitada da floresta, coitada da esquerda, que estaria sendo massacrada pelo governo autoritário de Bolsonaro. Coitado do Jean Willys, que a essa altura já deve ter sido assassinado pelas milícias bolsonarianas. Coitado dos movimentos sociais. É coitado de um lado, é coitado do outro. É só isso o que a esquerda daqui e do mundo inteiro sabe dizer. É muito gay dando palpite. É muito gay influente. Há uns vinte anos, quando deixei de assistir a novelas da Globo, eu já dizia: Só tem gay no departamento de novelas da Venus Platinada. Fiquei com o saco cheio. As novelas eram feitas para afrontar os brasileiros. Por isso deixei de assistir a novelas. Outra coisa: Não aguentava mais ver novela difundindo um Brasil totalmente carioca. O Brasil não é o Rio de Janeiro. O decadente Rio de Janeiro não representa o Brasil. Eu não aceito o jugo do Rio de Janeiro. A Globo pretendia, e acho que ainda pretende, incutir na mente dos brasileiros que a moral carioca é a do brasileiro. E não é. Desejo a você um ótimo ano novo, cheio de paz, com muita saúde. E que continue com esse espaço maravilhoso, de altíssimo nível, de discussão do Brasil. Não pare!!!

    • Pois é Abel, a moiçola não achou o que fazer na Suécia e pegou carona na podre esquerda internacional. Quanto a GLOBOLIXO, acho que já está caindo na real. O RJ não é um exemplo de moral, é uma exemplo de corrupção, basta ver quais foram os seus últimos governadores e prefeitos. A partir de 08/01 estarei novamente na “ativa” kkk. Abel tenha um Feliz 2020

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *