O BRASIL NÃO PRECISA DESSES IMORAIS

Por Humberto de Luna Freire Filho

As viagens do presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), pelo país e mundo afora em jatinhos da Força Aérea Brasileira (FAB), com gastos sob sigilo, deixaram também um rastro de despesas com diárias e passagens aéreas para assessores e seguranças – um total de R$ 840 mil. Foram pagas 605 diárias, sendo 480 nos deslocamentos ao Amapá, sua base eleitoral. Apenas uma viagem, em julho, rendeu 128 diárias. O senador fez 54 voos em jatinhos, 18 para o seu estado. No meio desta semana, o imoral usou mais uma vez avião da FAB para ir ao Amapá dançar um HIT de Daniela Mercury.

O IMORAL DO SENADO
Davi Alcolumbre
IMAGEM: Pragmatismo Político

Mas o imoral do Senado não é o campeão, o imoral que preside a Câmara  sim, esse fez 229 viagens na FAB em 2019,  levou junto mais de 2 mil convidados. Esse crápula que faz parte do chiqueiro da Odebrecht com o codinome de Botafogo, agora resolveu por as patas no poder Executivo, quer demitir ministros. Será que a assessoria  dessa besta não o orientou que a nomeação e a demissão de ministro é prerrogativa do chefe do Executivo ou seja do presidente da República?

O IMORAL DA CÂMARAPutfire.jpgIMAGEM: Conversa Afiada

O BRASIL NÃO PRECISA DESSES IMORAIS
Davi Alcolumbre, presidente do Senado Federal, e Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados Foto: Marcos Corrêa / Agência O Globo
IMAGEM: O Globo

Humberto de Luna Freire Filho, médico – Cidadão brasileiro sem medo de corruptos

Facebookmail

10 ideias sobre “O BRASIL NÃO PRECISA DESSES IMORAIS

  1. E o pior é que não sabemos quando isso vai acabar. E não vi nem um candidato que preste, para as próximas eleições, para começar a limpeza limpeza . Se tiver algum palpites caro Dr Humberto ‍♂️‍♂️

  2. Infelizmente, o mal ja foi feito quando inventaram de transferir a capital do Brasil para o planalto central. A peso de ouro Juscelino kubitschek para povoar a nova capital individou o Brasil. Para esses bem acostumados deputados e senadores se dignarem a ir para o Planalto Central vermelho e seco, sem atrativos, sem a beleza do mar carioca, exigiram mundos e fundos e ai começou o mal a desgraça das promessas de dar isso e aquilo, que virou um poço sem fundo e assim eles votaram tudo o que poderiam a seu favor, engrossando os salarios uma barbaridade e mordomias descabidas da quais ate hoje fazem sua fonte de prazer.Votam o quanto querem aos seus proprios salarios, aprovam de madrugada para que ninguem saiba a nao ser no outro dia, e assim (muitos) de pobres e humildes saem milionarios, arrogantes e mentirosos, gananciosos com o dinheiro publico nao pensando em nenhum minuto no bem estar do povo brasileiro, a não ser nas horas de eleições onde prometem mundos e fundos, logo esquecidos após eleitos. Como se nao bastasse, durante seus mandatos so pensam na reeleição e que se lixem os idiotas que acreditaram nas falsas promessas boca pra fora e para manter seus privilegios descabidos e exacerbados , afinal de contas estão com a faca e o queijo nas mãos. Trouxas pensam eles que fazem as leis, (será mesmo) ah sim aquelas que lhes favorecem…Brincam de legisladores sem o menor respeito pela Nação onde nasceram…Ainda por cima , em numero elevado ocupam um plenário onde jamais se entendem e votam barbaridades..

  3. Sermos obrigados a conviver com a roubalheira de políticos e os desmandos dos togados, mostra que vivemos sob a ditadura da corrupção!
    Elegemos um Presidente idôneo, que formou uma equipe de governo incomparável, mas quem manda e desmanda são os bandidos!
    Situação inaceitável sob qualquer ótica!
    Qual seria a solução??
    Sob o meu ponto de vista a única solução seria a “linha dura”, corruptos na cadeia, e ordem na casa!

Deixe uma resposta para Anita M. S.Driemeier Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *