MINISTRO FACHIN, ESTÃO BOICOTANDO SUA PROLE NA “COMUNIDADE” CARIOCA

Por Humberto de Luna Freire Filho

Alô, Cármen Miranda, digo ministro Edson Fachin, sei que hoje é domingo, o sétimo dia de descanso para os “ministros” do Supremo Tribunal Federal (STF), mas para quem tem uma prole muito grande, morando em morros distantes de Brasília, precisa estar sempre de olhos bem abertos para que nada falte aos seus pupilos. É verdade que a Polícia Civil e a Polícia Militar do Rio de Janeiro, após sua ordem, pararam com as atrocidades que vinham sistematicamente cometendo contra as pacíficas  “comunidades” que circundam e embelezam a tradicional cidade maravilhosa.

OS PUPILOS DE EDSON FACHIN
Portal dos Procurados on Twitter: "Traficantes da #ViladosPinheiros se  exibem fortemente armados para intimidar outras facções rivais. A Vila dos  Pinheiros é comandada pelo traficante Alexandre Ramos do Nascimento, o  #Pescador.… https://t.co/gFaLsQyMbr"
IMAGEM: Twitter

Senhor ministro Fachin, não quero atrapalhar seu merecido descanso, longe disso, mas não posso deixar de lhe repassar na íntegra uma noticia que acabei de ouvir e ler na CBN  – “PF faz operação contra o tráfico internacional de armas. Quatro pessoas já foram presas na Operação Pneu de Ferro. Os agentes cumprem no total cinco mandatos  de prisão temporária e sete de busca e apreensão expedidos pela 7ª Vara Federal Criminal do Rio nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro. Pelo menos oito carros da Polícia Federal estão estacionados na principal via que dá acesso a comunidade da Rocinha, na Zona Sul do Rio”

BRINQUEDOS DOS AFILHADOS DO MINISTRO EDSON FACHIN
MORRO DO DENDÊ | Ideias fotografia, Fotografia, Armas
IMAGEM: Printerest

Senhor Fachin, parece que agora não é somente a Policia Civil junto à Polícia Militar do Rio de Janeiro que atormentam seus afilhados, parece que também a Polícia Federal resolveu atrapalhar a vida tranquila e pacata dos moradores das “comunidades”. Não acredito que o senhor vá aceitar tal falta de humanidade e acho que a primeira coisa que  deveria ser feita era a entrega imediata de todos os brinquedos apreendidos pela polícia. Caso contrário, os coitados dos fogueteiros da Rocinha não vão poder comemorar a véspera nem o dia de São João.

Humberto de Luna Freire Filho, médico – Cidadão brasileiro sem medo de corruptos.

Facebookmail

12 ideias sobre “MINISTRO FACHIN, ESTÃO BOICOTANDO SUA PROLE NA “COMUNIDADE” CARIOCA

  1. Boa Humberto! Parabéns! A única coisa que vc errou é de ter atrapalhado mesmo o descanso do coitado do ministro pq eles todos trabalham demaaaais e são tao mal remunerados que até esses queridos afilhados deles tao encantadores e tao solidários vão ficar com pena!!! Que amorzinhos que eles sao!!!

  2. Humberto, esse tópico, ligado à criminalidade brasileira, ligado à violência que há uns 30 anos assola o país, é muito importante para mim, que passei vinte anos da minha vida atuando na área da segurança pública. De 1993 a 1995 eu escrevi semanalmente para um jornal aqui de Sorocaba (um dos diretores do jornal era meu conhecido e me convidou para colaborar com o jornal), sendo que em um dos artigos, intitulado “Pena de Morte Já”, eu discorria para defender a aplicação dessa medida extrema para crimes contra a vida. Ou seja, à época, ainda com poucos anos à frente de uma unidade policial, presidindo inquéritos policiais, que, muitas vezes, se transformariam em processos judiciais, eu percebia o crescimento exponencial da violência no interior do Brasil. Crimes que apenas ocorriam em grandes centros urbanos, sendo Rio e São Paulo os maiores exemplos, passaram a frequentar os cotidianos de cidades médias, e depois, de cidades pequenas. A sequência de leis penais ou processuais penais, desde 1984, cada vez mais tolerantes para com os criminosos, acabou por incutir na mente do brasileiro médio (na do bandido também), que o crime compensava, pois a ação retributiva da lei penal, ou seja, a punição, não era tão forte a ponto de desestimular o criminoso a agir contra a lei. E isso foi aumentando com o passar do tempo. Humberto, já no início dos anos 2000 eu dizia informalmente, que o Brasil era o país em que mais ocorrências policiais aconteciam no mundo inteiro. No mundo inteiro. Não se espante. É isso mesmo. Eu me baseava pelas estatísticas a que eu tinha acesso como delegado de polícia. Com os dados disponíveis aqui em Sorocaba, eu fazia uma projeção para o país inteiro. Éramos imbatíveis em criminalidade. Talvez ainda o sejamos. Não havia lugar em que se furtasse mais do que no Brasil. Não havia lugar em que se roubasse mais do que no Brasil. E não havia lugar em que se matasse mais do que no Brasil. E talvez isso ocorra nos dias de hoje, apesar da diminuição dos números de homicídios desde a chegada do atual governo federal. Os Estados Unidos, por exemplo, com uma população maior do que a nossa em cem milhões de habitantes, tem índices de criminalidade bem menores do que os nossos. Por que lá a punição é dura, diferente do Brasil. Os chineses sabem que na China não há condescendência com criminosos. Na Índia também. E na Rússia também não. Ou seja, Humberto, a verdade é que com a redemocratização do Brasil, a escalada da violência não parou mais. E o motivo é simples de entender. Mais e mais legisladores foram tornando o nosso arcabouço legal cada vez menos punitivo. O resultado não demorou. Certamente esse ministro Fachin pensa como muitos desses legisladores.

    • Abel, somos realmente um país violente e não punimos a bandidagem. Os assassinatos nos EUA mesmo com 100 milhões de habitantes a mais que o Brasil e sendo o país onde tem a população civil mais aramada do mundo, não atinge nem a metade dos crimes que ocorrem aqui. Vale lembrar que esse fato derruba a tese da esquerda e da bandidagem que não aceita que o cidadão possua uma arma de fogo. Aliás, isso é preceito básico dos regimes comunistas. Eu tenho a minha arama há 25 anos, devidamente registra, inclusive na Polícia Federal e jamais abrirei mão dela.

      • E isso, Humberto, só mostra como a esquerda se preparou, por anos a fio, para iludir a sociedade brasileira com os ideais socialistas, tanto no discurso da igualdade social, com o fim da miséria e da injustiça, quanto na ideia do estado provedor, indutor do desenvolvimento. E a esquerda foi competente. Ela conseguiu ocupar as cátedras das universidades, promovendo a doutrina do desencarceramento, do desarmamento, da relativização do crime, da suavização da legislação penal e processual penal. Ao mesmo tempo, a criminalidade explodia a cada ano. Os bandidos, entenderam perfeitamente o que o legislador fazia, e deitou e rolou. Furtou, roubou, sequestrou, matou. Esses índices terríveis de criminalidade no Brasil são consequência das ideias esquerdistas que foram disseminadas no país nos últimos 35 anos. Mas o país começa a reagir. Felizmente.

  3. Olhe Humberto, realmente, tudo isso é um absurdo. O PT aparelhou o STF magnificamente. Agem como bandidos na defesa de todos eles. Nunca vi uma coisa tão dantesca e contra o povo brasileiro que nao pode se defender. Os mais humildes e carentes dos morros e que ficam à mercê dessa bandidagem?
    Quando isso vai acabar? Nao podemos retira-los de lá! Vamos ter que aguenta-los até mais de 2030? Quem vai resistir a esse massacre dessa corja de urubus? Estão legislando, estão metendo o nariz sujo no Executivo, mandando no Brasil, prendendo gente indevidamente, nao respeitando a CF todos os dias e nada lhes acontece??? Até quando??? O copo da nossa paciência ja extravasou faz tempo. a passividade do povo brasileiro me dá nojo e muita revolta. Em outro País decente e sério essa turba ja estaria pendurada num poste tipo Stalin, pelos pés!! Sou pacifica, mas está demais…essa gente só matando do jeito que der…

    • Lilian, a último de mais um dos gigolôs do STF. Desta vez foi a vez de Marco Aurélio Mello, o picareta disse estar PERPLEXO com a não punição de Pazzuelo. Ora, esse FDP não percebeu que a sociedade ficou perplexa com a liberação feita por ele do mega traficante André do Rap?

      • Essa turba de hipocritas são daqueles que dizem, façam o que eu digo, mas nao façam o que eu faço!!! CAMBADA DE BANDIDOS DESCARADOS…CADEIA NELES…CADEIA…

          • Me permito uma corrigenda, ao invés de Stalin, quem foi dependurado num poste pós guerra foi Benito Mussolini da Italia, o aliado dos alemães. Desculpem-me!! De qualquer forma é horrivel lembrar desses criminosos hediondos…

          • Realmente Lilian, Mussolini foi pendurado junto com sua amante Clara Petacci após serem mortos a tiros por guerrilheiro, ambos de cabeça para baixo em frente a um posto de gasolina. Já Josef Stalin morreu em sua dacha, cercado de médicos em consequência de um possível AVC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *