FALA-SE A BOCA PEQUENA

Por Humberto de Luna Freire Filho


IMAGEM: www.mundoboaforma.com.br

Depois da prisão do dono e dos executivos da construtora baiana Odebrecht  e hoje a do marqueteiro do Partido dos Trabalhadores (PT), João Santana, também baiano, ocorrida na 23ª fase da operação Lava Jato, denominada de Acarajé para lembrar a famosa comida baiana, aqui em São Paulo fala-se a boca pequena que se os mesmos tivessem comido bastante essa iguaria, bem apimentada e em dias extrema quentes teriam necessariamente evitado a “prisão” preventiva. É verdade.

Humberto de Luna Freire Filho, médico

Facebookmail

6 ideias sobre “FALA-SE A BOCA PEQUENA

  1. Haja papel higiênico para limpar as lambanças petistas.
    Não se emendam mesmo.
    No Brasil o poço da economia e os malfeitos dos companheiros não têm fundo.
    Abraços.

  2. E para aumentar os estragos, eu sugeriria acarajé beeem apimentado, com bastante caruru (eca!!), frito num azeite já bem usado e reusado. Aí sim, faria gosto de ver kkkkk.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *