VEJAM O QUE NOS ESPERA…SAQUES!!!

Por Humberto de Luna Freire Filho

FOTO: tribunadonorte.com.br

Governo corta passagens e diárias dos servidores, bolsas de estudo e investimentos. E está autorizado também a atrasar pagamentos de água, luz e telefone. O país faliu e faliu mais feio do que o buteco de seu Joaquim. A quadrilha só não vai cortar o pagamento do Bolsa Família. Sabem por que? Vou contar: Há pouco tempo viajei por mais de 12 mil km pelos grotões do Brasil. Em alguns lugares, cheguei a dormir dentro do meu veículo, mas valeu, foi um, digamos, turismo cidadão. Queria ver e sentir o que realmente acontece com a população de baixa renda, que hoje vive de esmolas por conta do voto dado à quadrilha que tomou conta do país.

Minhas principais fontes de informações foram os colegas médicos, que desgraçadamente atuam sem nenhuma condição de trabalho, e alguns poucos pequenos comerciantes que esperam todos os dias quatro de cada mês o pagamento pela CEF ou pelo BB da esmola, para então receber o valor das suas vendas ocorridas durante o mês. 90% da população desses pequenos municípios são dependentes do Bolsa Família.

Já dá para perceber porque o governo vai manter as esmolas, caso contrário todas essas pequenas cidades serão invadidas por levas de famintos. Um verdadeiro caos social, o que comprovaria na prática que esse programa dito de inclusão social, não passa de compra de votos. Uma vergonha nacional, que custa aos cofres públicos R$ 27 bilhões por ano e nos últimos doze anos foi decisiva para eleger e reeleger, presidentes da República, duas nulidades que destruíram e desmoralizaram o país.

Humberto de Luna Freire Filho, médico

Facebookmail

28 ideias sobre “VEJAM O QUE NOS ESPERA…SAQUES!!!

  1. Dr. Humberto ainda deixou de falar da falta de mão de obra, porque, como temos ouvido, ninguém desses quer trabalhar. Ainda hoje ouvi de uma aluna que sua empregada voltou do nordeste e disse-lhe que nunca mais voltará para lá, porque ainda foi “zoada” por seus parentes: – aqui a gente ganha sem trabalhar. Isto é o Brasil bolivariano do PT.

    • Realmente José Carlos, se você oferecer emprego a um “bolsista” ele já tem a resposta pronta – “por que vou trabalhar se junto com minha família ganho isso sem trabalhar?” Meu irmão esta no Nordeste sofrendo esse problema de falta de mão de obra no campo.

  2. FIZ UM COMENTÁRIO SOBRE A INDIFERENÇA DAS FORÇAS ARMADAS NA ATUAL CONJUNTURA E NÃO PUBLICARAM. ACREDITO QUE A CENSURA SE MANIFESTOU.

  3. Humberto: Dizem que a maioria dos bolsitas ė encontrada em SP, e logicamente porque aqui se concentra a maior parte da população brasileira, ja que vêm de outros Estados, e como não encontram trabalho com facilidade, pois não tem qualquer qualificação profissional, vão viver na periferia de nossa cidade e assim se tornam dependentes dessa esmola, que mal da pra alguns dias, mas que pra eles ė uma fortuna. Então, como somos nós que pagamos todo esse assistencialismo, mas os pobres acham que ė Lulla quem deu e a Dilma continua, como não tem alcance ,não sabem que os brasileiros que trabalham de sol a sol ė quem sustenta essa máquina de votos, o chamado voto de cabresto. Estamos passando por tantos problemas, como desemprego, indústrias paralisadas, inflação de mais de dois dígitos, uma crise política jamais vista, uma crise moral, de ética, e de valores que essa petralhada, com seus roubos aos cofres publicos, estão destruindo. Hj ouvi na rádio Jovem Pan, que a broaca está hospedada num dos hotéis mais luxuosos da capital francesa. A ON G Contas Abertas, seu presidente, Carlos Castelo Branco que denunciou que por 8 dias de estadia estão gastando a bagatel de R$228.800,00, ou seja, R$28.600,00 por dia, e que também alugaram limousines, só que ele não conseguiu verificar quantas limousines foram alugadas, mas a grana foi alta , ou seja R$94.600,00 pelos 8 dias, ou seja mais de R$10mil por dia. Enquanto aqui ela baixa Portaria para contingenciamento de dinheiro, e os brasileiros que se luxem. Como temos nos lixados nesses últimos 13 anos.. Pobre Brasil e pobre povo ignorante que idolatra esse vigarista.

    • Agnes, meu irmão mora no nordeste e toca uma fazenda nossa herdade dos nossos avós e pais. Está com sérios problemas para contratar mão de obra. Se mecanizar a agricultura começa a sofrer ameaças do MST. Essa quadrilha alega que as máquinas eliminam o trabalho dos agricultores. Onde vamos chegar?

      • Humberto: Aqui no interior de SP, acontece o mesmo problema que seu irmão enfrenta no Nordeste. Além de que a mão de obra está escassa p/ corte de cana, como informou-me uma conhecida,cujo irmão tem uma fazenda no interior de SP, pois os cortadores recebeu o bolsa- família e não querem mais trabalhar. Essa e a maldita herança, que esse vagabundo está nos deixando: um bando de vagabundos iguais a ele.

        • Agnes, o Brasil é pioneiro em um programa social que nunca diminui o número de beneficiários, ou seja ninguém é incluído em absolutamente nada. O programa só cresce, a cada dia aumenta o número de beneficiários, principalmente próximo às eleições.

  4. Eu lamentei muito o dia em que Lula se tornou presidente, pois sabia que a partir daí as influências nefastas dele e do partido dele só iriam crescer…E como cresceu…Como um câncer, que vai se espalhando no tecido social brasileiro…Poucas áreas do corpo nacional estão livres dessa patologia…As pessoas que ajudaram esse partido político-criminoso a chegar ao poder também são culpadas, como Marta, Hélio Bicudo, que ajudaram a dar credibilidade a esse projeto socialista furado e descaradamente criminoso…Posso dizer tranquilamente que nem todo bandido é petista, mas todo petista é bandido, e as poucas exceções que existem só confirmam a regra…

    • Abel infelizmente estamos vivendo isso e a situação tende a pior porque a quadrilha fará todo o impossível o impossível para se manter no poder. A bandidagem está bem infiltrada em todas as faixas da sociedade.

  5. O pior de tudo isso, além da franca decadência do país, é ver um país de dimensões continentais como o nosso, com as riquezas que tem, chegar ao ponto de ter o seu povo de joelhos, faminto, saqueando de mercearias a grandes mercados, pra não morrer de fome. A esmola oficial, que se fosse aplicada como um programa de inclusão social de verdade, sem hipocrisia, de maneira temporária, teve um efeito contrário: ao invés de melhorar as condições de vida de pessoas pobres, as condenou a uma pobreza muito mais grave: a de espírito. Um programa como esse, q poderia ter um resultado satisfatório, tornou-se um câncer com vários tipos de metástases: o comodismo, a compra de votos, a estagnação pessoal. É muito triste ver um gigante de joelhos, catando xepa na feira…

    • Jussara todo programa de inclusão social, em qualquer país sério a tendência é que o número de beneficiário vá diminuindo com o passar do tempo. No Brasil o número é sempre crescente, principalmente próximo ao período pré-eleitoral. Pura safadeza desse governo corrupto.

  6. Humberto, ontem vi vídeos da época de Stalin início de 1917e 18, e acho que te enviei,fiquei horrorizada pois não pensei que isso pudesse acontecer, foi muito pior do que a Alemanha com Hitler,o nordeste se perder essa ajuda financeira que vale mais que o salário mínimo que os aposentados recebem, acho que isso aqui vai virar uma União Soviética.
    Vai ser um genocídio. O nordeste desaparecerá do mapa.
    Esse pais é o pais mais corrupto do mundo.É estarrecedor.
    Seu artigo mostra a realidade de um povo que jamais pensamos existir.
    Mais uma vez parabéns.
    Abraços .

    • Pois é Maria, procurei repassar a experiência que tive, e continuo tendo todas as vezes que vou ao Nordeste visitar meu irmão. Analisando friamente veremos o quanto é crítica a situação.

  7. Dr. infelizmente o bolça família vai continuar, mesmo na troca de governo, como o Sr. disse ele serve como base para se eleger e fazer media com o povão, é bem capaz de não pagarem a previdência, para poder honrar o compromisso com o BF, um programa que oferece dinheiro , não qualifica ninguém, não tem prazo p/ terminar, só pode dar no que deu, dependência total.

    • Edilson, realmente hoje seria uma calamidade extinguir essa excrescência. Eu enviaria ao Congresso projeto de lei no qual qualquer beneficiário de programas sociais, mantido com dinheiro público, não teria direito a voto. Assim esses programas passariam a ser realmente de inclusão social e não teriam um número vertiginosamente crescente de beneficiários, principalmente nos períodos pré-eleitorais.

  8. Querido amigo, é realmente desanimador a gente ver o nosso país
    tão desmoralizado e tão desrespeitado ……. como vc diz, o Brasil
    faliu !!! …….

  9. Prezado Dr. Humberto,
    O liberal democrata, terror dos estadistas Ronald Reagan, disse certa vez que se mede a eficiência de um programa social pelo número de pessoas que saem dele; não se mede pelo número de pessoas atendidas e nem pela quantidade de pessoas que por ele são atendidas. O que me dói nesse tal de bolsa-vagabundagem é que não há perspectivas de saída dele: não há tempo de pagamento da bolsa, não há programa profissionalizante, não há contrapartidas. O governo criou os vagabundos para serem sustentados pela força trabalhadora do país e não tem como torná-los trabalhadores e produtivos. Já vi entrevista de um cidadão favorecido pelo programa que tem moto, o que me parece foge ao seu escopo. O dinheiro deveria ser apenas para trazer comida à mesa de quem tem necessidade. Ouvi também que o ministério que controla o programa (são tantos ministérios inúteis que não sei dizer qual) que criou um aplicativo para os favorecidos poderem acompanhar datas de pagamentos e outros dados referentes ao programa. Ora, beneficiário de bolsa-família não deveria ter celular, se o programa fosse realmente sério e destinado a atender apenas aos necessitados. A única maneira para acabar com a mamata dos vagabundos seria estabelecendo um prazo para o pagamento das bolsas: Não se pagaria às pessoas na idade entre 25 e 45 anos, aptas a trabalhar; o prazo máximo de recebimento da bolsa seria de dez anos (tempo mais que suficiente para a pessoa se educar e profissionalizar); as crianças que nascessem doravante não mais fariam jus ao benefício (o pessoal pararia de fazer filho para receber o dinheiro). A libertação dos escravos se deu de forma gradativa: os acima de sessenta seriam libertos; não mais se trariam escravos da África; os bebês filhos de escravos não mais o seriam. Com o tempo, a escravidão acabaria. A Lei Áurea foi mais um símbolo e uma marca definitiva do final da escravidão. Assim deveria ocorrer com o bolsa-família. O problema é que os políticos jamais deixarão de lado o grande cabo eleitoral (Zé Dirceu declarou que o programa representava 40 milhões de votos). Não vejo político com peito para tomar uma medida de tal envergadura, embora necessária para o bem do país. Os bundas-moles Aécio, Serra e Alckmin não passam disto: grandes bundas-moles. ou bundas-moles grandes. Ou bundas grandes moles. Aí reside a diferença entre um estadista e um político: o político vislumbra apenas a próxima eleição, e o estadista, a próxima geração. Por isto, não temos estadistas no Brasil. A não ser, claro, aqueles imbecis e idiotas que consideram o exu de Garanhuns como o grande estadista nacional.

    • Caro Cláudio, concordo plenamente com seu comentário, inteligente e verdadeiro. Essa excrescência chamada de bolsa-família, não passa de uma compre de votos, e foi através dele que o exu de Garanhuns e a governanta se elegeram e posteriormente se reelegeram. Qualquer político de oposição teria números e argumentos suficiente para mostrar a verdade à sociedade. O que falta é coragem. Mas tarde poderão ser beneficiário dessa sujeira porque na verdade não são políticos, são politiqueiro, agem de acordo com seus interesses pessoais, não são homens de Estado.

  10. Nossa língua portuguesa é pródiga em sinônimos de Saquear : roubar, depredar, tirar, escamotear, pilhar, empalmar, surrupiar, surripiar, furtar, larapiar, rapinar, escorchar, arruinar, despojar, escalar, infestar, tirar, assaltar, arrasar … …
    Pródiga também é nossa população de “gente boa”, politiqueiros e politicantes, santos, santinhos e santoes do pau oco, espertinhos, sonsos e larapios sempre de prontidão para, se a ocasião se apresentar, saquear cidadãos ou o País. Lembro-me de uma pesquisa feita na década de 80 sobre Denúncia de Atos Anti-éticos ( roubo ou trapaças ) no Trabalho, 80% dos pesquisados responderam que NÃO denunciariam o colega. “Rouba mas faz”, era o lema politiqueiro admirado. Todavia, os saques e suas variáveis cresceram de tal forma, que a população foi levada a compreender que Saquear é Crime ! Amém!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *