COMEÇOU O FIM DE UMA ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA

Por Humberto e Luna Freire Filho – É bom JAIR acostumando

Resultado de imagem para imagens para uma organização criminosa
IMAGEM: Imprensa Viva

O dia 7 de outubro próximo passado foi o marco inicial  das mudanças no país. Começamos a matar os ratos de esgoto que infestaram por 16 anos os porões dos três poderes da República. O Brasil precisa mostrar ao mundo que depois de tanto tempo onde reinou a pouca vergonha, o roubo e os desmandos administrativos,  comandados por uma esquerda composta por ladrões, onde ideologia passa longe, tudo está chegando ao fim e podermos mostrar para o mundo que os três últimos corruptos que ocuparam o cargo de presidente do país vão apodrecer na cadeia. 

A pulverização já começou no Legislativo, podre congresso nacional, principalmente no senado cuja presidência na última década foi ocupada por ladrões, por gente sem caráter do nível de um Jáder Barbalho, um Renan Calheiros e um Eunício de Oliveira.  Repito, gente sem caráter e sem moral. É verdade que parte do lixo ainda continua, mas vai ser incinerada no decorrer do próximo ano. Impeachment de parlamentares corruptos também existe e a sociedade vai trabalhar para isso.

No próximo domingo com a eleição de Jair Bolsonaro na presidência da República será certo que em janeiro a limpeza também no não menos podre poder Executivo comandado há dois anos por Michel Temer, resto do lixo Dilma Rousseff acontecerá e esse na hora que descer pela última vez a rampa do Palácio do Planalto deverá ter um solene encontro com a justiça para explicar seus encontros com bandidos na calada da noite, usando as dependências oficiais para conluio, e dar explicações sobre seus operadores, o coronel Lima, José Yunes  e o carregador de malas, Rocha Loures.

Sem dúvidas, a mudança também vai acontecer no poder Judiciário. O atual partido político, STF ( Supremo Tribunal Federal) vai voltar a ser respeitado e  retomará à sua verdadeira função. Costuma-se dizer que uma só andorinha não faz verão, mas acredito que um Sérgio Moro,  na condição de ministro dessa Corte, já inibe certos ministros da atual confraria de tomarem medidas imorais como temos visto ultimamente. Infelizmente essa corte transformou-se em banca de advogados para libertar  bandidos. Analisem essa declaração do Marco Aurélio Mello  – “Me preocupa o que está no horizonte” – Sintomático, né?  A mim, na condição de cidadão, não preocupa. Nada devo a ninguém.

Agora quero sair da área federal e comentar sobre alguns setores da iniciativa privada, principalmente os setores ligados à imprensa. Não é sem motivo que o lixo da mídia nacional, composto por o Globo, a Folha de São Paulo, o Sistema Globo de Rádio e TV e as revistas  Veja e Época, ataca a toda hora o candidato Jair Bolsonaro. Você tem conhecimento do custo da publicidade oficial?  Só o Grupo Globo recebeu R$ 10,2 bilhões de publicidade estatal federal de 2000 a 2016.

 A revista Veja mais do que dobrou o faturamento com propaganda estatal em 1 ano. Passou de R$ 5,1 milhões no último ano completo de governo Dilma para R$ 11,2 milhões em 2016. Atenção Veja, cuidado com “os generais” de Bolsonaro A Folha de São Paulo iniciou a propaganda anti Bolsonaro bem antes dos demais, sabe porque? Vou contar: Entre todas as publicações escritas o maior corte no ano de 2016 foi o da Filha. O jornal liderava, mas recebeu 54,2% a menos do que em 2015. Passou de R$ 15,1 milhões para R$ 6,9 milhões. Aí virou um irresponsável e imoral folhetim da esquerda.

Essa esquerda decadente, essa imprensa parcial e comprada com dinheiro publico está fadada a fechar as portas. Eu daria uma dica para a equipe econômica do futuro governo: estabeleça um prazo legal  para que todos os gigolôs do BNDES paguem o principal da dívida, não fiquem apenas quitando os juros subsidiados de 2%, e se as determinações não forem cumpridas que levem a leilão o patrimônio dessas quadrilhas midiáticas, construídos com o dinheiro público roubado. Os  juros de mercado estão muito além disso. Tomar empréstimo nessas condições, até eu que sou mais besta também quero.

Vou encerrar dando uma ultima dica, essa para o Superior Tribunal Eleitoral (STE); eu sou caixa 2 de Jair Messias Bolsonaro, e gratuitamente, e vou esperar o processo. Sou profissional liberal, não preciso de governo, nunca precisei, nem preciso de favores do candidato. Aliás o futuro presidente nem sabe que eu existo e que continue assim,

Humberto de Luna Freire Filho, médico – Cidadão brasileiro sem medo de corruptos

Facebookmail

10 ideias sobre “COMEÇOU O FIM DE UMA ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA

  1. Caro Luna eles esperneiam, estão nos estertores ois achavam que Bolsonaro não conseguiria o maior numero de adeptos e de votos. O povo brasileiro cansou e o PT partidos da roubalheira achou que nunca iria sair da mamata. Nem acreditam no que estão vendo um povo brasileiro atento e disposto a manda-los para o espaço para nunca mais voltarem ao Poder…Estão perplexos diante da vitoria esmagadora de Jair Bolsonaro. Mas todo cuidado é pouco são capazes de tudo das maiores baixarias e atentados à vida de quem lhes ameaça. Nao estão acostumados a serem contrariados até porque o jogo que jogam é sujo, fraudam, mentem, distorcem, denigrem e inventam, fazem um complô destituído de quaisquer éticas e moral. São bandidos consumados e sem nenhuma vergonha na cara….todo cuidado é pouco com essa gentalha petista. Conte conosco para denunciar e mandar contra essa pouca vergonha que se instalou no Brasil ha muitos anos. Chega de malandragem, chega de bandidagem…Queremos um Brasil limpo com muito verde e amarelo.

  2. Conterrâneo, você está muito otimista. É bom por as barbas de molho pois do descobrimento até hoje todos aqueles que tentaram consertar esse país fracassaram. Até as forças armadas fracassaram. O problema do Brasil é muito mais grave do que muitos pensam. Essas multidões que foram as ruas gritando “Bolsonaro” e “Fora PT” são as mesmas que mantiveram o PT no poder por 16 longos anos. Para consertar os estragos que Lula e o PT provocaram no país, vai levar no mínimo duas décadas. No momento em que as demandas dessas multidões não forem atendidas por Bolsonaro no tempo que elas esperam, voltarão às ruas gritando “Fora Bolsonaro”. E ai a casa pega fogo de novo. O problema do Brasil, conterrâneo, chama-se “povo brasileiro”. Um povo de má índole que não gosta de estudar, trabalha pouco, mata por esporte, é viciado em futebol e adora carnaval. Relaxado, detesta encarar a responsabilidade e tem pouca ou nenhuma noção de moral, por isso reelege tantos políticos corruptos, seguidamente. Não se esqueça de que Jader Barbalho e Renan Calheira foram reeleitos, assim como dezenas de deputados corruptos. Vão trabalhar arduamente junto com o que sobrou do PT para inviabilizar o governo de Bolsonaro. Lembre-se de outra coisa: no momento em que Bolsonaro começar a exigir que o povo faça a sua parte, vão chamá-lo de ditador e pedir sua cabeça.
    Sem generalizar, é isto o que penso. Cuidado para não sofrer uma grande frustração.

    • Conterrâneo, tenho consciência disso. A solução para o Brasil só virá com grandes investimentos nas áreas da educação e saúde, o que demanda, como você citou décadas para obtermos resultado. Mas o que eu tenho notado em uma análise não emotiva, é que de certa forma algo está mudando, e exatamente nas faixas etárias que terão poder de mando nos próximos 20 anos. depois de ver tanta podridão nos últimos 35 anos, me dei ao “luxo” de sonhar um pouco kkk.

  3. Penso que está sendo dada uma ênfase desproporcional à fala do filho de Bolsonaro, que em nenhum momento falou pelo pai ou mesmo como politico. Foi uma fala informal, destituída de qualquer pretensão, que em nenhum momento passou a idéia de desmerecimento às nossas instituições democráticas. Críticas à Justiça têm sido feitas não é de hoje e escutas telefônicas autorizadas pelo órgão e divulgadas pela imprensa são prova viva disso. Não podemos aqui, como Democracia plena e consolidada que somos, nos deixarmos levar pela “Ditadura da Palavra” em que as falas são levadas a ferro e fogo e usadas convenientemente ao sabor de quem as propaga Acredito na Justiça que me passa a sensação e necessária segurança de estar fazendo a coisa certa não se deixando levar por paixões de qualquer dos lados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *