NÃO PRECISAMOS DE MAIS SEGUIDORES DE KARL MARX

Por Humberto de Luna Freire Filho

EIS O FILÓSOFO,  POR ONDE O TRABALHO PASSOU LONGE
Resultado de imagem para imagem para Karl Marx
IMAGEM:Veja – Abril.com

UM BREVE RESUMO DO FILÓSOFO
Resultado de imagem para imagem para a rica mulher de Karl Marx
IMAGEM: Conservadorismo do Brasil

O governo do presidente Jair Bolsonaro disse na sexta-feira que o governo deve diminuir repasses para estudos de Humanas e que o objetivo é “focar em áreas que gerem retorno imediato ao contribuinte como Veterinária, Engenharia e Medicina”. Uma medida acertada. Porém isso tem causado severas críticas ao governo por parte da comunidade acadêmica que se diz indignada com a medida tomada.

Simon Schwartzman, “cientista” social, afirmou que um corte de verbas em Humanas pode comprometer o desenvolvimento do País. Como? O Brasil não precisa de  Filósofos e de Sociólogos; quem precisa desses intelectuais, “trabalhadores de sofás”, é a Esquerda, algumas Universidades, o PT e similares. O Brasil que trabalha e que produz, NÃO!!!. Quem já leu O Capital (Das Kapital – em alemão) ou parte dele sabe disso. O autor Karl Marx nunca trabalhou, foi um parasita, sempre viveu às custas da riqueza da mulher.

Veja aqui um detalhe de seu pensamento filosófico, a “mais-valia”, mão-de-obra. Diz ele que os trabalhadores criam para os que possuem os “meios de produção” e como os capitalistas exploradores vendem os seus bens não para comprar outros bens, mas para aumentar sua própria riqueza. O “dinheiro que gera dinheiro”, ou o processo de acumulação de capital. Isto está no cerne da crítica do autor contra o capitalismo.

Alô filósofos, sociólogos e pseudos intelectuais brasileiros! Vamos tirar a bunda do sofá, vamos criar coragem, vamos trabalhar e produzir? E mais, gostaria que lessem e analisassem uma  célebre frase atribuída à ex Primeira-ministra britânica Margareth Thatcher – “O socialismo dura até acabar o dinheiro dos outros”. Como o dinheiro da mulher do filósofo Marx não acabou, ele não mudou de ideia.

Humberto de Luna Freire Filho, médico – Cidadão brasileiro sem medo de corruptos.

Facebookmail

12 ideias sobre “NÃO PRECISAMOS DE MAIS SEGUIDORES DE KARL MARX

  1. Obs: Caro amigo, Dr. Humberto.
    Para que serve filosofia, sociologia, eu nem sequer sei um curriculo, desse curso. Quando fazia administracao na faculdade Sao Marcos, (que fizeram o favor de fechar as portas (se fosse escola de samba, receberia verbas)); tinham muitos alunos nesses cursos, incluindo psicologia. Eram diferentes dos outros, se achavam, roupas estravagantes, ervazinha no final da aula, etc. Eram 50% dos alunos, assim mas se destacavam pela zoeira.

  2. Muito boa a evocação à frase de Tatcher, diz tudo, Os marxistaas adoram tambem aquela máxima ( ou márxima ) que pregava ” a cada um conforme as suas necessidades, de cada um conforme suas possibilidades ” mas atuam exatamente de forma inversa . As necessidades dessa turma são intermináveis, e a fazenda pública tem todas as possibilidades de suprí-las.

  3. Infelizmente, Luna acho que Bolsonaro tem que melhorar sua comunicação quando toma algumas medidas. A comunicação do seu governo tem sido péssima e não é por eu ter votado nele que devo aceitar tudo o que ele faz.Quero que ele termine seu governo e que realize todas as reformas que o Brasil necessita, senão o desgoverno do PT voltará.
    “Neste sentido, vale recordar que, durante o governo Fernando Henrique Cardoso , não havia a obrigatoriedade do ensino da filosofia . Foi durante o governo de Luiz Inácio Lula da Silva que seu ensino tornou-se obrigatório. Isso abriu um campo de trabalho que estava represado para os licenciados .” E é nisso que tenho minhas reservas. Estudei na PUC e meu curso era Filosofia e no momento em que foi retirada sua obrigatoriedade me vi tolhida para o execício do curso que estava fazendo. Tive que troca r de Curso!!!Temos que investir e no ensino técnico, mas que seja de qualidade e isso no Brasil não se vê. Também temos pouco investimento em Escolas desse tipo muito necessárias porque no Brasil formamos um exercito de bacharéis..!!! Pasme. A universidade no Brasil é apenas uma questão de “status” para muitos e nas Universidades Publicas os filhinhos de papai e que podem pagar é que as ocupam e vivem fazendo greves e pichando suas paredes, hoje as federais estão um caos graças ao Petismo e aos demais partidos de esquerda. Então, deve-se ter muito cuidado ao afirmar certas verdades, pois se esse ensino de Filosofia que eu saiba não está nos currículos do ensino médio e a esquerda sem falar nisso se aproveita para minar o governo atual , distorcendo a noticia para denegri-lo de forma covarde e mentirosa e pouco ética. Muita gente acredita,ou seja, vai na onda e isso não é um bom sinal. Outro fato combatível é dizer-se que elas formam (Sociologia e Filosofia) pessoas que se voltam para defender regimes totalitários contrários à democracia……….ora por favor, não serão a maioria com certeza e acreditar no que dizem depende de cada um e de sua bagagem cultural..Um erro não justifica-se com outro!! Nao podemos generalizar…

    • Luna me desculpa ocupar tanto espaço, mas as verdades têm que ser ditas olhe ai o que copiei e colei, tantas saudades…”MAGENS – Escola: ANTIGO CURSO COLEGIAL “CLÁSSICO”
      Como já vimos anteriormente (AQUI) até os últimos anos da década de 60 o ensino Médio (após o “Primário”) era formado pelos cursos Ginasial e COLEGIAL.
      Este último oferecia 3 opções. E uma delas era o “CURSO CLÁSSICO”, com forte ênfase para Ciências Humanas e Área de Letras (enquanto o “Científico” destacava as Ciências Exatas e Naturais) e que, também, tinha duração de 3 anos e permitia o ingresso no Ensino Superior. Isso a meu ver foi um grande erro… Nossas reformas de ensino a meu ver não tem sido das melhores…ainda não acertamos o passo até porque os governos em geral nunca deram valor à educação…e o Brasil ainda engatinha e tropeça o tempo todo!!

      • Lilian, costumo dizer; sem investimento pesado em educação e saúde, seremos sempre terceiro mundo. Porém investir em educação seria extinguir os currais eleitorais.

    • Lilian, eu acho que a prioridade atual pode dispensar temporariamente filósofos e sociólogos, só não pode dispensar médicos. Conheço bem a realidade da saúde pública no interior do Brasil, e que não é mostrada nos jornais. UM CRIME! EUTANÁSIA PURA!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *