PARTICULARIDADES DE UM PAÍS MORAL E JURIDICAMENTE DESMORALIZADO.

Por Humberto de Luna Freire Filho

DUPLA DINÂMICA NO MUNDO DO CRIME
Resultado de imagem para IMAGEM PARA LULA
IMAGEM: Jornal O Tempo

ALGUMA DIFERENÇA MORAL COM A DUPLA ACIMA?
Resultado de imagem para Imagem para Marcola e fernandinho beira mar
IMAGEM: A política RJ

Você sabia dessa? Depois que a banda da justiça limpa, aquela que cumpre a lei, começou a mandar ex presidentes para a cadeia (dois já estão enjaulados, só falta a anta mineira), a banda podre da justiça agora permite que os bandidos escolham a prisão onde querem cumprir a sentença. Só nesse país desmoralizado, onde infelizmente nasci, é possível se ver tal aberração, fato que envergonha qualquer brasileiro em viagem ao exterior.

Senhor Marcola, senhor Fernandinho Beira Mar, e outros, os senhores estão satisfeitos com seus locais de prisão? Se não peçam transferência para uma prisão que melhor lhes convenha. Desculpe a franqueza, os senhores são tão bandidos quanto os nossos dois ex presidentes, que estão enjaulados, portanto têm os mesmos direitos. Entrem em contato com seus advogados e reclamem seus legítimos direitos. Fiquem perto de suas famílias ou de suas quadrilhas. O exemplo da justiça está dado.

Humberto de Luna Freire Filho, médico – Cidadão brasileiro sem medo de corruptos

Facebookmail

6 ideias sobre “PARTICULARIDADES DE UM PAÍS MORAL E JURIDICAMENTE DESMORALIZADO.

  1. So tenho a dizer que estamos no fundo do poço e não descemos mais por falta de espaço, tudo isso é uma vergonha, a desmoralização é total do nosso judiciário pura lama e caretice e muita cara de pau, perderam os limites do bom senso e da falta de vergonha na cara…não ha mais o que dizer nem pensar!!!!!!!!

  2. País desmoralizado, derrotado. Já aprovaram até o malfadado indulto de Natal do Temer, que em breve estará solto.
    Um abraço, Humberto.

  3. Para ter vergonha do Brasil não é preciso estar-se no exterior.
    Aqui mesmo , quem tenha vergonha na cara, morre de vergonha
    de viver em um país com tantos canalhas em várias posições no
    governo, especialmente no Congresso e nos mais altos escalões
    do Judiciário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *