DEZEMBRO DE 2022

Por Humberto de Luna Freire Filho

Dezembro de 2022, até que enfim estou vendo um país sério, um Brasil que não elegeu jogador de futebol.
Resultado de imagem para Imagem para romário
IMAGEM: Congresso em Foco – UOL
Que não elegeu palhaçoResultado de imagem para Imagem para tiriricaIMAGEM: Voz da Bahia
Que não elegeu campeão de Big BrotherResultado de imagem para imagem para jean wyllysIMAGEM: Revista Época
Que foram impichados ministro e juízes vendedores de Habeas Corpus (HC)Resultado de imagem para imagem para gilmar mendes
IMAGEM: Revista Época – Globo

Que temos um Congresso sem ladrões. Que Luiz Inácio Lula da Silva está no presídio da Papuda. Que Renan Calheiros é companheiro do ex presidente no mesmo presídio. Que a sociedade descobriu um potente raticida (o voto), capaz de exterminar de uma vez por todas os roedores dos porões governamentais. Que veículo oficial durante o dia não mais transporta  “parlamentar”  da cadeia para a Câmara, e à noite da Câmara para a cadeia.

Que acabaram de inaugurar duas pontes aéreas com voos gratuitos, patrocinados por cidadão brasileiros: uma para Havana e outra para Caracas. Que os hermanos (argentinos), que antes vinham passar férias no litoral do Sudeste, agora vem em caráter definitivo, fugindo do espírito de Juan Domingo Perón. Que depois de muito tempo e volta ao exterior não vieram me perguntar sobre futebol, carnaval e bunda de mulata. Que nada sobrou do grupo jornalistico “GLOBAL”, que fazia apologia ao uso de drogas, ao cultivo da maconha nos domicílios, às mudanças de sexo e pregava a destruição do conceito de família.

Que foi fechado o aeroporto clandestino de Brasília, onde táxis da FAB embarcavam clandestinamente a bandidagem do governo que não tinha coragem de aparecer em público, correndo o sério risco de serem  linchados. Que não mais temos que ler das seções de candomblé realizadas no STF o seguinte: – “o embargo dos embargos de agravo teratológico com efeito suspensório, diante da combinação hermenêutica de mutatis mutandis interlocutórios com ora pro nobis infringentes”.

Que as duas consoantes P e T só estão aparecendo juntas quando escrevemos a palavra CORRUPTOS. Que a cidade do Rio de Janeiro voltou a ser a cidade Maravilhosa . Que o estado de São Paulo voltou a ser a locomotiva  do país. Que o Brasil voltou a ser respeitado no exterior. E finalmente vejo circulando nos céus do país um anjo puxando  uma extensa faixa verde e amarela com os seguintes dizeres; “o (o meu) Nordeste jamais vai gerar um novo cancro”.

Atenção gente! Eu não errei a data postada no início do texto. Acontece que na noite de 31/12 para 01/01 eu fui dormir cedo e tive como presente de ano novo, 8 horas de sono ininterrupto, e então sonhei já estar em Dezembro de 2022.

Humberto de Luna Freire Filho – médico – Cidadão brasileiro sem medo de corruptos

Facebookmail

6 ideias sobre “DEZEMBRO DE 2022

  1. Humberto, não sei se seu sonho estará realizado por completo ao final de 2022. Mas acredito que a maior parte das situações que estavam presentes em seu sonho estará completa sim. Estou otimista com o Brasil. Bem verdade, um otimismo realista. Se houvesse volta ao passado, eu me veria muito menos otimista, por volta de 2005, por exemplo. Melhor, eu me veria muito pessimista. Eu costumava brincar com amigos que o Brasil só seria um país sério por volta de 2500. Eu sempre gostei de comparar o Brasil com os Estados Unidos. Devido a algumas similaridades: extensão continental, recursos naturais abundantes, país de imigrantes. E ambos os países foram descobertos praticamente na mesma época. Então, para mim, a comparação é inevitável. Os motivos que levaram os Estados Unidos a deixarem nosso Brasil para trás, na corrida do desenvolvimento são vários, mas um dentre eles ganha mais importância, diante do momento pelo qual o Brasil passa. Esse motivo é a punição pelo cometimento de crimes. Sejam crimes comuns, sejam crimes cometidos contra o erário público. E, infelizmente, até há pouco, a impunidade reinava no Brasil. Principalmente entre os poderosos. Isso começou a mudar. Irão dizer que a Lava-Jato, o maior símbolo da luta contra a impunidade, sofreu sérios golpes no ano passado. Eu concordo. A Lava-Jato tem inimigos poderosos ainda. E esses inimigos desferiram os mais sujos golpes contra o fim da impunidade. Sabemos que esses inimigos da Lava-jato se encontram no STF e no congresso. O Brasil inteiro sabe disso. Mas ocorre que esses “amigos” da impunidade não tinham adversários até o início da Lava-Jato. Pois com o início dessa operação anti-corrupção, o melhor do Brasil se uniu contra esse veneno que se arraigara no país desde a chegada de Pero Vaz de Caminha. Veneno que só cresceu ano após ano, chegando ao Leviatã da era petista, que tomou conta da administração pública direta e indireta, quase levando a Petrobrás, e outras estatais, bem como fundos de pensão à falência. O Brasil após a deflagração da Lava-Jato progrediu muito em matéria de luta contra a corrupção. E esse é um caminho sem volta. Felizmente.

    • Não pergunte o que seu país pode fazer por você. Pergunte o que você pode fazer por seu país… John F. Kennedy. Gostaria que todos os brasileiros pensassem assim. Seríamos os EUA “do SUL”. Mas… patriotismo passa longe Abel.

  2. Que Deus esteja ouvindo seus sonhos Caro Humberto Luna. Minha parte eu faço. Nunca votei; mas agora com o Bolsonaro, tive que votar. Não votei literalmente em palhaço nenhum, seja jogador, ator, atoa, etc.

  3. Caro Humberto, entendo seu desabafo e a vontade de dormir, sonhar e acordar em um outro Pais , o Brasil dos sonhos e o que todo cidadão de bem brasileiro deseja. Um Congresso voltado ao trabalho serio e eficaz, sem privilegios e regalias exacerbadas e salarios estratosféricos para pouca eficiência… e dignos representantes que pensem menos nos seus proprios bolsos e que sejam honestos e honrados. Devem esquecer as verbas publicas e prover suas eleições a cargos eletivos. Deveria haver uma clausula de barreira para que oriundos de classes artisticas e futebolisticas, sem o menor perfil para o exercicio pudessem concorrer. Vamos moralizar o Brasil e barrar os interesseiros e oportunistas que após um mandato sequer saem ricos pelas caronas!! Parece e é quase certo de que sonhamos ardorosamente para que o Brasil mude e isso, igualmente, assemelha-se a uma causa impossivel tal a demora para que essas mudanças aconteçam. A meu ver o mal de tudo é o nosso Congresso onde mais de 500 aproveitadores deitam e rolam e votam o destino da Nação. As mudanças dependem deles e cortar na carne jamais o farão. Compete ao povo brasileiro escolher com responsabilidade seus eleitos e deixar o toma lá da cá a fim do Brasil melhorar e ser respeitado como um País sério e nao o do jeitinho brasileiro e do futebole do carnaval. Chega de pão e circo!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *