UMA SUPREMA CORTE OU UMA POCILGA???

Por Humberto de Luna Freire Filho

ESSA CASA SUPERA O CONGRESSO EM IMORALIDADESIMAGEM: Jornal da Cidade Online

O que ainda falta? Já temos ministro vendedor de Habeas Corpus (HC), ministro que confunde o cargo de ministro com o de delegado de polícia, ministro que foi indicado por um ladrão durante uma rodada de frango com polenta em um bar da periferia, ministro que tenta com uma canetada por 170 mil bandidos na rua da noite para o dia, ministro reprovado em todos os concursos da magistratura e condenado em processo por desvio de dinheiro público. Este preside a corte.

Ontem as redes sociais expuseram mais podres dessa suposta corte; fechem o nariz: De setembro de 2016 até maio deste ano, o Supremo Tribunal Federal gastou R$ 2.396.324,63 com passagens aéreas para seus ministros, servidores e “colaboradores”. As despesas premiavam até esposas de ministros em  viagens internacionais de primeira classe. Vou responder a pergunta que fiz no início do texto; estão faltando o cabo e os dois soldados.

Humberto de Luna Freire Filho, médico – Cidadão brasileiro sem medo de corruptos

Facebookmail

4 ideias sobre “UMA SUPREMA CORTE OU UMA POCILGA???

  1. Não falta mais nada, caro Humberto. Simples assim. A nao ser expulsar esses bandidos que se disfarçam em vários papeis nada confiáveis e desmancham o que se faz de bom no Brasil. Onde ja se viu um Judiciário desprovido de moral e ética e que não quer promover o bem do País, só resta enfiar a cara na areia e sumir..Essa maldita corte nao merece a minima consideração agora ela é quem manda no País, porém sem o consentimento dos brasileiros.É preciso remover os cânceres enfiados naquela joça chamada de STF e que nao facilita para destruir tudo o que o Brasil necessita. Muita cara de pau e desfaçatez, povo frouxo que deveria tomar atitudes mais drasticas a fim de conter esses bandidos de toga!! Atá quando vamos tolerar isso??

  2. É de embrulhar o estômago, Humberto! Mais uma notícia advinda do STF que nos deixa enojados. Eu já mencionei aqui essa verdadeira aberração, esse verdadeiro desperdício de dinheiro público, que é a farra das viagens dos ministros desse STF, entidade que só nos envergonha. Sim, o STF do Brasil nos enche de vergonha! Eu tenho certeza de que os ministros da Suprema Corte dos Estados Unidos, que é um país muito mais rico do que o Brasil, não ficam viajando para lá e para cá. Aposto que não ficam. Hoje li uma declaração de Gilmar Mendes, dizendo que a saída de Sérgio Moro da Operação Lava-Jato foi boa para o Brasil. Esse Gilmar Mendes é uma pessoa execrável sob todos os aspectos. Gostaria que esse indivíduo tivesse a coragem de atravessar a pé, sem guarda-costas, o Viaduto do Chá, aí em São Paulo. Seria linchado sem piedade. Sem dúvida. E não poderia haver punição para os autores do linchamento, pois aí teria sido tipificado um excludente de ilicitude: estado de necessidade. Ou seja, a necessidade de livrar o Brasil desse câncer em forma de gente. Mas Humberto, a tarefa saneadora aqui no Brasil promete ser longa. Tem muita coisa a ser corrigida. Infelizmente só agora, nos, brasileiros, acordamos. Ou, se já estávamos acordados, só agora resolvemos agir, e fazer algo para acabar com as mazelas na administração pública. Que são muitas. Acabar com essa palhaçada do Quinto Constitucional, que permite a nomeação de pessoas estranhas à carreira de juiz, ingressar no judiciário, não só no STF. Todos indicados pelos governantes de plantão. Não podemos desanimar. Já houve um começo. Mas resta muito a fazer para que o Brasil tome o rumo dos grandes países do mundo. Ontem vi uma relação dos países ganhadores de Prêmios Nobel. Os Estados Unidos possuem quase 200. O Brasil não tem nenhum. Mas pelo menos a Annita é brasileira. Já é alguma coisa…

    • Abel, no dia que o crápula Gilmar Mendes for posto fora do STF, vou começar a me animar, comprarei uma dúzia de rojões. Ano passado, voltando de Milão estive por três dias em Lisboa e passando no Santuário de Fátima até rezei para encontrar esse sujeito na rua. Porém, com a minha mulher me conhece, e sendo ela mais católica do que eu, prevaleceu a reza dela para que eu não o encontrasse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *