FIM DA GREVE

Por Humberto de Luna Freire Filho

BALCÃO DA DONA DILMA

Resultado de imagem para imagens de balcão de negócios

IMAGEM: blogchacrinha.blogspot.com

Há alguns meses, o balcão de negócios da política nacional, montado no Palácio do Planalto e tendo como principal cliente no Congresso o PMDB, estava em greve por discordar de preço e de peso, ou seja, valor e volume da propina para o partido governista dos produtos oferecidos. Mas, com a mediação do chefe de quadrilha, que manda no país há 13 anos, e em reunião que durou 5 horas a “portas fechadas”, tudo foi resolvido e os urubus imediatamente voltaram alegres e felizes para fecharem novos negócios.

 A moeda circulante se chama “ministério”, que de um a cinco ou talvez seis, dependendo do tamanho da barganha de cada quadrilha, poderá ser repassado para os clientes do balcão para que utilizem da maneira que melhor lhes convier. Gostaria de saber o que é que um político safado, muitos deles semi analfabetos, que se elegeu deputado nos grotões do Brasil trocando votos por dentaduras ou por sandálias Havaianas, entende da função técnica nos respectivos ministérios que lhes caíram no colo?

 E mais, esses canalhas tem direito a nomear toda um trupe nos vários cargos técnicos de chefia dentro dos ministérios, o que resulta nessa administração porca e incompetente que joga nossos impostos no lixo, quando não no bolso, e está levando o país ao caos econômico e social. O Brasil na verdade virou propriedade privada de dois partidos. Privatizaram empresas (Petrobras e Eletrobrás), Fundo de Pensões e banco (BNDES). Diante de tudo isso, não se vê uma atitude firme dos partidos ditos de oposição. É de se acreditar que estão todos com o  rabo preso.

A Petrobras, hoje falida, financiou durante 13 anos a permanência do Partido dos Trabalhadores (PT) no poder, a Eletrobrás custeou parte do estelionato eleitoral da dona Dilma nas últimas eleições e hoje esta totalmente endividada. O BNDES, banco de fomento, foi usado para “fermentar” a podridão entre empresários corruptos do quilate de Eike Batista com suas “empreses” EBX, MMX e outras XXX da vida, além de avalista de ideologias, financiando obras gigantescas, sem retorno, em país dominados por ditaduras de esquerda. Enfim a má fé do BNDES chegou ao ponto de solicitar ao Supremo Tribunal Federal (STF) sigilo bancário para as suas sujas operações ao emprestar dinheiro público.
Humberto de Luna Freire Filho, médico
 
Facebookmail

2 ideias sobre “FIM DA GREVE

  1. Acho q esse “balcão de negócios” está mais pra “vendinha”, pq os ministérios funcionam sim como “moeda de troca”, mas muitas vezes as negociatas são tabeladas, tem um preço ($) preestabelecido em moeda corrente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *