NOSSA OPERAÇÃO “MÃOS LIMPAS”

Por Humberto de Luna Freire Filho


IMAGEM: www.youtube.com


IMAGEM: www.gazetadopovo.com.br


IMAGEM: www.parana-online.com.br

Não resta a menor dúvida da grande validade e importância da operação Lava Jato, para que o Brasil possa pulverizar essa organização criminosa que se enraizou no comando do país, e que possamos restaurar os valores da ética e da moral menosprezados e apagados que foram por um sem caráter que ficou oito anos na Presidência da República e que na sequência, foi substituído por uma despreparada, incompetente, também sem caráter. Uma subserviente escolhida a dedo para manter o “status quo”.

Hoje boa parte da sociedade se pergunta: por que o Juiz Sérgio Moro ainda não decretou a prisão de Luiz Inácio Lula da Silva? Neste final de semana prolongado, aproveitei para ler sobre a operação “Mãos Limpas” ou “Mani Pulite”, uma investigação judicial ocorrida na Itália nos anos 90, envolvendo o Banco Ambrosiano, o Banco do Vaticano, a Loja Maçônica P2, partidos políticos, políticos corruptos e industriais igualmente corruptos, com a finalidade de esclarecer casos de corrupção, muito semelhante a que hoje ocorre aqui.

Acredito que o Juiz Moro, pela similaridade dos fatos, tenha lido bastante sobre esse exemplo dado pela justiça italiana. Lá percebeu-se que após a prisão do chefe da quadrilha houve, não uma diminuição de apoio popular, mas um arrefecimento das manifestações de rua. Só o apoio de políticos honestos, mais o trabalho honesto da Polícia Federa (PF) e do Ministério Público (MP) não seriam suficientes para vencer toda essa podridão existente nos Três Poderes da República. O apoio popular, a voz das ruas  é extremamente importante.

Consciente desse fato, o Juiz Moro está tentado concluir provas e pôr na cadeia primeiro, todos os ratos menores mantendo dessa forma a expectativa da sociedade, enquanto não chega a vez do rato chefe, aquele que costuma dizer – “Nunca na história deste país um partido tirou tantos milhões da pobreza”- Hoje um comentário no Fórum dos Leitores (O Estado de São Paulo) matou a charada – Ingênuos… achavam que os “milhões” se referiam a pessoas… – Tenho dito.

Humberto de Luna Freire Filho, médico

Facebookmail

2 ideias sobre “NOSSA OPERAÇÃO “MÃOS LIMPAS”

  1. Independente das mentiras que os militantes “pão com mortadela” vem gritando por aí, a maioria do povo está sim do lado da verdade, representada pelo Juiz Moro e por sua equipe. Milhões vão às ruas, pedindo por um país novo. Os gatinhos pingados que gritam pela “defesa à democracia”, leia-se “Dilma fica”, nem de longe representam a vontade da massa. E a massa à qual me refiro não é só a elite, como muitos querem nos fazer crer, mas também o povo, a parte mais pobre, a que está na linha de frente, e que sofre primeiro com as consequências desse desastroso governo capitaneado por essa facção disfarçada de partido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *