O BRASIL NÃO MERECE ISSO

Por Humberto de Luna Freire Filho

FOLHALIXO E GLOBOLIXO LANÇAM SUA CHAPA PRESIDENCIAL PARA 2022

IMAGEM: PODER 360

As figuras acima estão sendo cogitadas pela podre esquerda comandada pelo jornal Folha de São Paulo e pelo Grupo Globo para compor uma chapa com pretensão de disputar as eleições presidenciais de 2022. Esses dois elementos, segundo informações publicadas pela FOLHALIXO, tiveram um encontro na casa do ex-juiz no dia 30 de outubro, e no jantar foram debatidos os “pilares da candidatura”.

Nos últimos meses tenho visto muitas imoralidades, e o pior, continuam acontecendo e sem tempo para terminar. O Supremo Tribunal Federal (STF), a Câmara dos Deputados e o Senado são os principais protagonistas e contam com o apoio de uma imprensa que tornou-se ressentida e apodreceu  após perder as tetas do governo. Está na hora da FOLHALIXO, da GLOBOLIXO, da VEJALIXO e outros LIXOS caírem na real.  As publicidades oficias superfaturadas não existem mais.

Mas voltando a uma possível chapa composta pelos dois patetas, afirmo que vou embora para “MACONDO”. Pedirei uma carta de apresentação a Gabriel Garcia Marques e a levarei para José Arcadio Buendia e Ursula Iguaran, sua digníssima esposa. MACONDO para quem não conhece é “uma aldeia de vinte casas de barro e taquara, construídas à margem de um rio de águas diáfanas que se precipitavam por um leito de pedras polidas, brancas e enormes como ovos pré-históricos”.

GABRIEL GARCIA MARQUESVou-me embora pra Macondo | Revista BulaIMAGEM: Revista Bula

PARA  OS QUE NÃO CONHECEM, ESSA É CIDADE DE MACONDO
Exploring Gabriel García Márquez's Colombia
IMAGEM: The Bogota Post

ÁREA RURAL DE MACONDOMeio século de 'Cem anos de solidão': viagem ao coração de Macondo | Cultura | EL PAÍS Brasil
IMAGEM: EL País

Humberto de Luna Freire Filho, médico – Cidadão brasileiro sem medo de corruPTos

Facebookmail

20 ideias sobre “O BRASIL NÃO MERECE ISSO

  1. Boa noite. Caro Humberto, vi esta noticia hoje e achei que nao poderia ser verdade. Mas é!!! Vamos ver nas proximas eleições de 2022 , talvez, coisas piores do que essa! A quantidade de oportunistas, cresce cada vez mais neste Pais das banânias. Esse arremedo de gente que se vale de um programa da TV lixo, para se promover, de maniera sutil a ser o bonzinho que dá premios aos pobres e assim passar a imagem de homem benemérito, disposto a ajudar aos mais pobres e necessitados. Farsante, enganador dos trouxas ou ingênuos. Ao invés de esperarmos ter gente decente para gerir o País, aparecem essas figuras enganosas, sem a minima qualificação para ser Presidente do Brasil, que realmente nao merece tais figuras indigestas. Quanto a Moro nao passa de um tremendo cara de pau, querendo introduzir-se na politica e que já nao deu certo quando tornou-se Ministro da Justiça. Que decepção..que atitude de um homem que traiu seu Presidente e aos brasileiros. Essa gente nao dá ponto sem nó, tremendos velhacos e enganadores cuja máscara pensam nunca cairá. De oportunistas e enganadores o mundo está cheio e o inferno com fila de espera! Aqui no Brasil a porta do inferno nem fecha mais…e o diabo já está exportando os delinquentes para a Sibéria, acho que é para congelarem suas ideias catastróficas, absurdas e impublicáveis.

      • Sim, Humberto, o povo brasileiro têm memória curta e podre. Reelege bandidos e depois se queixa deles. Infelizmente, o inferno brasileiro que são nossas cadeias, tem merecido uma atenção fraterna de um órgão cujo apelido é suprema corte. Esta suposta Suprema Corte envergonha o Brasil o tempo todo, quando beneficia bandidos soltos por qualquer razão que inventam ou desvirtuam artigos e incisos do Codigo Penal e um tal de Habeas Corpus que solta todo mundo. É a farra e alegria dos meliantes.Assim, a porta do inferno fica leve livre e solta para receber gente que não ficará por muito tempo lá…graças à malandragem de 11 sinistros Ministros daquele antro de gente sem preparo e de muita irresponsabilidade e estupidez e desrespeito!!! Por ora, o novo nomeado ainda é uma incógnita… espero que nao entre na onda dos outros…e bote ordem naquele galinheiro bastante sujo…

        • Não, Lilian Michaelsen Mansur. Eu não considero que o brasileiro tenha memória curta, eles elegeram o presidente Bolsonaro para a desgraça dos parasitas da União! Creio sim, que temos 3 classes de eleitores: a)- patriotas responsáveis, b) – mal informados que não sabem para que serve o voto e c)- os espertinhos de plantão esperando uma oportunidade para mamar nas tetas da viúva. Para mim, os conservadores trazem uma postura de respeito a pátria, as famílias e os bons costumes. Porém, vejo neles uma grande falta de união e militância política para dar apoio aos bons políticos e ainda incentivar cidadãos ilibados e competentes para disputar os cargos políticos que, somente esses poderão modificar o nosso país corrigindo suas falhas brutais que vivemos atualmente nos 3 poderes constituídos da União.

          • Dr Humberto, concordo plenamente que no momento o governo Bolsonaro é minoria tanto no Congresso como no Poder Judiciário e não consegue colocar todos os seus planos em ação. Mas, refiro-me que para o futuro temos que nos unirmos, votar na bancada conservadora e  com união e muita vontade para fazermos uma militância de esclarecimento público para angariarmos mais apoiadores e não deixar a peteca cair nas mãos dos bandidos. Com o prestígio que o presidente usufrui atualmente não será muito difícil conseguirmos uma boa bancada junto a população que está reconhecendo o seu empenho em benefício dos brasileiros.

  2. Humberto, acredito que não será preciso se mudar para Macondo, onde todos os dias eram iguais. Li esse maravilhoso livro no início dos 70, época em que desconhecia que Gabriel Garcia Marques era um esquerdopata de carteirinha. Amigão de Fidel. Hoje eu acredito que Gabriel sempre viveu com a cabeça em Macondo, como a maioria dos esquerdistas vivem hoje. Mas voltando ao nosso Brasil, Humberto, até prefiro que Bolsonaro dispute um eventual segundo turno em 2022 com essa dupla, Hulk-Moro. Pelo menos não teríamos o risco de um petista no Palácio do Planalto numa eventual derrota de Bolsonaro. Não, fique tranquilo, eu não estou com medo dessa dupla Hulk-Moro. Acho que Bolsonaro dificilmente perderá a próxima eleição presidencial. Acho que ele conseguiu, neste ano, vencer dificuldades muito grandes, que foram a pandemia e o terremoto político resultante da saída de Sérgio Moro, do Ministério da Justiça. Não acredito que Bolsonaro volte a passar por um turbilhão desses novamente. Hoje, após aqueles dias agudos da pandemia, a saída de Moro, as escaramuças quase que diárias de ministros do STF, as pirraças de Maia e Alcolumbre, o complô dos governadores, comandados pelo abominável Dória, o que parecia uma tempestade perfeita, que arrastaria Bolsonaro e seu governo, as coisas estão muito melhores. Mas acho que faltou pouco para o fim do governo Bolsonaro. Aos poucos ele conseguiu manter os pilares do seu governo, atraindo uma base maior de deputados e senadores, o que deu ampla estabilidade ao seu governo. Em seguida, uma sequência de inaugurações de obras inacabadas de governos anteriores levou Bolsonaro aos mais diversos grotões do Brasil, muito distantes do mundo que importa para a grande imprensa e para os artistas progressistas. Com o ministro Tarcísio a tiracolo, esse sim um verdadeiro gerentão do governo Bolsonaro, não aquela anta que presidiu o Brasil, e que quase acabou com nosso país. Bolsonaro, acertadamente, foca suas ações no Nordeste, onde o petismo usou e abusou do populismo para manter a população carente de lá refém dos programas assistenciais. Com as obras da transposição das águas do Rio São Francisco andando, ao contrário do que ocorria na era petista, quando os governos Lula/Dilma se preocupavam mais com a “Pátria Grande” latino-americana do que com o que ocorria por essas bandas, Bolsonaro vem ganhando muito em popularidade por lá. Essa transposição das águas do Rio São Francisco é uma coisa maravilhosa, redentora, como disse o ministro da Integração Regional Rogério Marinho dias desses num discurso. Acho que é a maior oportunidade que se vislumbra para essa árida região. Que poderá se tornar uma região de muito progresso, desde que não falte água por lá. E é isso que pretende esse grande programa hídrico. Será a transformação definitiva da região. Sua independência, sua carta de alforria. O fim da política do cabresto para os Renans, os Sarneys, os Lobões, e tantos outros. Acertadamente, Bolsonaro está dando uma grande atenção a essa região. Hulk, Moro, e a grande imprensa, terão que engolir mais quatro anos de Bolsonaro.

    • Abel, sem dúvidas sou um admirador do trabalho do ministro Tarcísio. Eu sei da grande importância que a politica do presidente Bolsonaro vem aplicando no Nordeste, conheço todos aqueles grotões e já vi de perto as dificuldades dos agricultores e criadores com a falta d’água.

  3. Também irei embora pra Macondo, Humberto!
    Impressionante a decadência do magnânimo fake juiz moro (minúsculas)!
    Depois do papelão que já fez poderíamos esperar o pior dele, mas nossas expectativas foram superadas!
    Unir-se ao rei do besteirol, luciano hulk (minúsculas, é lógico), é sinal que desceu ao último degrau da dignidade!
    O indigníssimo ex-juiz não para de nos surpreender negativamente!!

  4. DR HUMBERTO

    VOU MAIS LONGE , OU O CAPITÃO EXPLODE O PAIOL OU VAI CAIR DO CAVALO

    COM ESSA GENTE NÃO HÁ MAIS CONDIÇÕES DE DIÁLOGO

    LUIZ R B PIRES

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *