DIA DE ELEIÇÃO, UM TESTE PARA O NÍVEL DO ELEITORADO

Por Humberto de Luna Freire Filho

UM TESTE PARA AVALIAR ELEITORADOTSE promove últimos testes de urnas eletrônicas para eleições municipais | Política | Valor Econômico
IMAGEM: Valor Econômico – Globo

A partir de amanhã já é possível fazermos uma avaliação do nível moral e cultural do eleitorado brasileiro. Sabermos que a maioria dos partidos políticos existentes no país não passam de chiqueiros dessa esquerda podre, que dominou o país por 16 anos e ainda continua criando sérios problemas para o atual governo, e que ainda conta com uma imprensa não menos podre, órfã das quadrilhas que aparelharam o Estado

DEMOCRACIADemocracia representativa de fato nos representa? | Politize!
IMAGEM: Politize!

Sou a favor da Democracia que se resume à diversidade de opiniões e livre expressão de pensamento. Sou radicalmente contra ideologia comunista que reza justamente o oposto. É verdade que nessa esquerda brasileira existem três segmentos, mas que, conscientes ou não, sempre atuam em uma mesma direção, ou seja, transformar o país em um regime totalitário de extrema esquerda.

O primeiro segmento é formado por comunistas oportunistas e corruptos, ladrões do dinheiro público e que nunca morariam em Cuba nem na Venezuela; eles preferem Paris de preferência às margens do Sena com vista para a Catedral de Notre Dame.
O segundo segmento é formado por alienados e  analfabetos, coitados, esse não sabem nem por que votam e o pior são obrigados a cometer tal anomalia O terceiro segmento é formado por jovens cursando universidades ou recém saídos delas.

CAMPUS DA USPA USP precisa da PM?
IMAGEM: Cada Minuto

É exatamente sobre esse terceiro segmento que eu pretendo me deter mais um pouco. Ele é composto por jovens militantes de esquerda, bem treinados por uma leva gigantesca de professores fanáticos das teorias de Karl Marx, de Antonio Gramsci, dos regimes ditatoriais  de Vladimir Ilyich Ulianov – Lênin, Josef Stalin e Mao Tse-tung, que infelizmente invadiram as nossas Universidades a as transformaram em chiqueiros da esquerda.

ÍDOLOS DOS ATUAIS PROFESSORES DAS UNIVERSIDADES BRASILEIRAS
Qual a diferença entre comunismo e socialismo? - Conhecimento Científico
IMAGEM: Conhecimento Científico

Para esse jovens eleitores eu tenho a dizer que procurem ler mais e fujam desse aprendizado podre que lhes foi dado. Tenho plena certeza que todos conhecem o mapa das Américas Central e do Sul e facilmente vão reconhecer os três países que vou citar: Argentina , Venezeuela e Cuba. A Argentina era a maior produtora de carne do mundo, hoje não tem carne. A Venezuela era a maior produtora de petróleo do mundo, hoje não tem petróleo, Cuba era a maior produtor de açúcar do mundo, hoje não tem açúcar. VIVA O COMUNISMO!!!

Humberto de Luna Freire Filho, médico – Cidadão brasileiro sem medo de corruptos..

Facebookmail

20 ideias sobre “DIA DE ELEIÇÃO, UM TESTE PARA O NÍVEL DO ELEITORADO

  1. Democracia é um ótimo regime de governo, sem dúvidas!
    Mas hoje, com o excesso de direitos e a abolição de deveres, a verdadeira democracia desapareceu e o que vemos é a baderna!
    Os oportunistas citados no seu texto, Humberto, conseguiram desvirtuá-la até no país mais democrata do mundo, os Estados Unidos!
    Que haja uma reação pra valer… ou acabaremos todos nas condições miseráveis da Argentina, Venezuela e Cuba!

    • Sem dúvidas Ursula, mas tirando-se os dirigentes e donos dos partidos que se beneficiam $$$ do repasse público, os verdadeiros militantes são os coitados que foram e são doutrinados em suas respectivas Universidades.

  2. Pois então, não melhoramos nada..a começar pelos grandes Estados do Rio de Janeiro e São Paulo, olhem so quem ficou para o 2º turno??? À Câmara de Vereadores de Porto Alegre foram eleitos 16 Vereadores de esquerda. Nao vi os outros resultados, mas o melhor deles é de que o PT nao ganhou em nenhuma Capital brasileira e dos 267 municipios em que tinha Prefeitos, restaram apenas 124, ou seja, em termos de população o PT famigerado governa apenas 3,64 dos brasileiros …oioioi que peninha kkkkkkkkkk Mas ainda temos que ouvir absurdos como a comuna Miriam Leitão dizer que o grande derrotado foi o Presidente Bolsonaro! “Essa tal de Miriam Leitão deve estar fumando baseado de esterco seco”!

    • Pois é, nos livramos de PT e surgiu PSOL. A podre esquerda deve continuar e o grande perdedor em tudo isso não é Bolsonaro como a imprensa está divulgando, é a sociedade.

      • Sim, infelizmente, ficamos com a herança maldita do PT, o PSOL. Um dos seus puxadinhos que agora se uniu para mandar contra a Direita. A nosso sorte é que eles são minoria, ainda, esperoa que nao cresçam. Mas são perigosos e
        perfeitos no trabalho de formiguinha. Muito antes das eleições fazem o que a Direita nao faz: aqui distruibuiram aos militantes milhares de empregos para a periferia das cidades, e assim obtiveram votos….Compram as pessoas, o toma lá da cá!!! Corja de hipocritras e espertalhoes…….
        A garotada aqui é fâ da sinistra comunista Maconhela!! (Manoela D’Avila) aquela que manda contra o capitalismo mas foi fazer o enxoval da filha em Miami!! esses jovens oriundos das Universidades Públicas Federais cheias de professores comunistas..de esquerda.

        • Lilian, o grande problema é que nós que compomos um eleitorado decente e independente não podemos concorrer com os militantes dessas quadrilhas chamadas de partidos políticos e financiadas com dinheiro público, o famigerado fundo partidário.

          • Infelizmente, o STF é contra as candidaturas avulsas ou independentes. seria uma boa causa para combater essa corja dos Partidos Politicos que so candidata bandidos ou despreparados. Uma vergonha a gama de maus candidatos apresentados. Enquanto não houver uma Reforma Politica decente, nao avançaremos na necessidade de elegermos gente de bem. Voto Distrital é importante, e lógico acabar com as mordomias do Legislativo, como isso significa cortar na carne, eles nunca a farão…..Acabar com o maldito coeficiente eleitoral que só beneficia quem leva menos votos………… credo!

          • Lilian, vejo a candidatura independente com um marco que põe fim ao controle de quadrilhas sobre o candidato.

    • Edgar, temos um eleitorado formado por corruptos que vive as custas do erário, de esquerdistas doutrinados, de semianalfabetos, e de analfabetos. O eleitorado independente e consciente é voto vencido.

  3. Humberto, você registrou muito bem: três países, Argentina, Cuba, e Venezuela, cada um deles então reconhecidos mundialmente por um campo de atuação econômica. A Argentina, pela sua produção agropecuária de excelência, dona de um dos melhores rebanhos do mundo. Cuba, pela sua produção açucareira. E Venezuela, pela sua produção petrolífera, decorrente de suas vastas reservas, uma das maiores do mundo. A Argentina, neutra na Segunda Guerra Mundial, pôde exportar sua carne tanto para os países aliados quanto para o lado do Eixo. Aí, no finalzinho da década de 40, veio o populismo de Peron. Com a cooptação dos sindicatos, a exaltação da pobreza, a deificação de Evita, a Argentina nunca mais voltou aos trilhos do desenvolvimento. No final dos 50, em Cuba, os barbudinhos liderados por Fidel, derrubam a ditadura de direita de Batista, e enveredam pela ditadura de esquerda, caindo na órbita do comunismo de Moscou. Em meados dos 90, Hugo Chaves chega ao poder prometendo colocar a Venezuela no mesmo patamar de justiça social da Noruega. Claro que fiz uma síntese simplista do receituário de desastre dos três países mencionados. Mas o resultado é o mesmo para os três países: fracasso econômico, êxodo da população, falta de alimentos, falta de insumos em geral, falta de esperança. A Argentina, certamente, ainda não está no estágio avançado de erosão dos pilares da economia, como Cuba e Venezuela. Mas vai trilhando o caminho do abismo. Voltando ao tema principal de seu artigo, mais diretamente aos jovens universitários que caem na cantilena socialista, apregoada pelos professores progressistas, eis que nossas universidades são dominadas por grupos esquerdistas desde muito tempo, eu faço menção ao debate promovido pela CNN ontem à noite, entre Boulos e Bruno Covas, candidatos que concorrerão ao segundo turno, pela prefeitura de São Paulo. O que mais me chamou a atenção foi o discurso de Boulos. Exibindo uma polidez artificial, muito diferente do Boulos real, incendiário e radical, só faltou prometer o céu para cada paulistano durante sua eventual futura gestão como prefeito da capital do estado. Nessa sua eventual gestão, a prefeitura mais parecerá um banco de fomento público, distribuindo benesses para a população menos favorecida. Boulos passou o tempo todo do debate dizendo que a cidade de São Paulo é muito rica, por isso ele não via sentido na existência de um só cidadão passando por necessidades básicas. Boulos mostrou o lado cativante do socialismo, que seduz muitos jovens: fazer o bem, acabar com as desigualdades sociais. Covas, por seu turno, muito mais experiente (Boulos nunca trabalhou na vida), pé no chão, sabedor do que é administrar uma cidade complexa como São Paulo, a tudo ouvia, impassível. Chamado a intervir, desmontava a “venda de indulgências” de Boulos. Mas é a receita para enganar universitários. E os esquerdistas sabem muito bem disso.

    • Pois é Abel, continuo insistindo que as nossas universidades precisam de uma dedetização em seu corpo docente. Caso contrários o que poderemos esperar dos futuros dirigentes desse país?

      • Humberto, isso só será resolvido com o tempo, paulatinamente, com o progressivo crescimento do pensamento conservador, de direita, crescimento esse que já começou. Na verdade, esse pensamento estava adormecido, como que envergonhado, após o fim do regime militar. Por incrível que pareça, Humberto, o pensamento majoritário no Brasil, que é o pensamento conservador, ficou adormecido, silencioso. Esse pensamento só saiu da sua letargia diante do caminhar da carruagem petista, que ia destruindo todos os valores morais da nação. E esse despertar irá ter consequências, inclusive na mudança da vida acadêmica brasileira. Agora, Humberto, diferente do que ocorria há dez anos atrás, existe um pensamento diferente do pensamento esquerdista. E esse pensamento que acordou agora vai exigir seu espaço. Mas há que se dar tempo para tudo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *