SINTO PELA IMPRENSA SÉRIA QUE PRECISA PUBLICAR PODRIDÃO

Humberto de Luna Freire Filho

Gente, atingimos um nível político praticado por essa esquerda podre, comandada por um bandido ex-presidiário chamado Luiz Inácio Lula da Silva, que chega a provocar náuseas em qualquer cidadão minimamente informado. Realmente está difícil ver o focinho desse elemento e, pior ainda, ouvir a sua voz que segundo ele em declaração não muito distante, está aprendendo com o diabo em constantes diálogos com o qual, tem mantido. Não podemos deixar de fora também as sujas negociatas entre o Legislativo, na pessoa do castrado Rodrigo Pacheco, e o presidente do consórcio STF que se reúnem para cafezinho da manhã.

Tenho evitado ao máximo ouvir ou ver noticiário, mas por força do hábito, ontem, tive o desprazer de acessar uma emissora que apesar de manter um viés ideológico neutro, mas pela obrigação de informar, estava exibido um vídeo onde o bandido ao lado de Geraldo Alckmin, sim aquele que resolveu de repente voltar ao local do crime, vomitava para todos os presentes a mesma cantilena de sempre, e só inovou quando disse que após 76 anos ouviu pela primeira vez a palavra motociata e que Bolsonaro deveria era manter contato com a população.

Peganho um gancho no que disse essa besta, quero dizer também que com 74 anos eu nunca tinha ouvido a palavra PETROLÃO e dizer que ele deveria manter contato com a população. Não sei o que ainda vamos ouvir desse indivíduo, um ladrão que comandou a maior organização criminosa já surgida no Brasil, e quem sabe no mundo, pelos valores do roubo e que hoje é candidato à presidência do país, após sair da cadeia por um buraco feito na parede dos fundos da cela pelos digníssimos advogados e pedreiros que ocupam o prédio onde funcionava a nossa outrora respeitada Suprema Corte do país, e que hoje não passa de uma pocilga.

Humberto de Luna Freire Filho, médico – Cidadão brasileiro sem medo de corruptos.

Facebookmail

INCONSTITUCIONALISSIMAMENTE

Por Humberto de Luna Freire Filho

Sessenta anos depois eu encontrei um meio de usar publicamente a palavra, INCONSTITUCIONALISSIMAMENTE. Ela  era motivo de discussão e comentários entre eu e os meus coleguinhas dos primeiros anos de curso ginasial. Discutia-se a quantidade de sílabas, a quantidade de letras que compunha essa palavra e se era a maior palavra da língua portuguesa, além de  também saber a hora que a mesma poderia ser usada, coisa que até os nossos professores não sabiam explicar. Mas como o tempo tem resposta para tudo, finalmente e indiscutivelmente, chegou a hora de usá-la.

A palavra poderá ser usada hoje para classificar 90% das ações emanadas da nossa dita “SUPREMA CORTE”, que hoje não passa de uma pocilga composta por advogados de bandidos da pior espécie e que a cada dia rasgam a nossa Constituição, e está a serviço de políticos com viés ideológico ligados à podre esquerda financiada por narcotraficantes  a exemplo de um Luiz Inácio Lula da Silva. Um bandido que após ser condenado por 15 juízes a 20 anos de prisão, foi “descondenado” e hoje é candidato a presidente da República. Esse indivíduo inicia sua campanha eleitoral pregando  que o ladrão tem direito a roubar, ele precisa tomar uma cervejinha.

Essa “palavrinha” de doze sílabas e de vinte e sete letras existente na rica língua portuguesa finalmente encontrou pleno uso nas imediações da Praça dos Três Poderes. Isso para a desmoralização e vergonha da nossa justiça e também dos brasileiros minimamente informados tanto no Brasil como no exterior. Temos uma Constituição que precisa ser respeitada por uma Suprema Corte, instituição imprescindível em qualquer democracia mas que seja composta por juízes, não por militantes políticos de baixo nível moral. Está na hora de uma dedetização no Supremo Tribunal Federal (STF).

Humberto de Luna Freire Filho, médico – Cidadão brasileiro sem medo de corruptos.

Facebookmail

02 DE OUTUBRO DE 2022, O DIA DA ENCRUZILHADA.

Por Humberto de Luna Freire Filho

O dia 02 de Outubro de 2022 considero o dia da encruzilhada, no sentido figurado o ponto crítico, onde será reeleito para presidente da República Jair Messias Bolsonaro com outros 58 milhões de votos ou o presidiário Luiz Inácio Lula da Silva, com vitória  já  prognosticada polos institutos de pesquisas e provavelmente com os votos de Alexandre de Moraes, de Luiz Roberto Barroso e de Luiz Edson Fachin, sacramentados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) através de seu inviolável sistema BBB – Brasil-Butão-Bangladesh.

Tendo em vista essas duas possibilidades resolvi fazer um exercício de futurologia. Primeiro: com a provável vitória de Bolsonaro, a quadrilha comandada pela podre esquerda internacional e subsidiada por milionários que estão tendo seus interesses contrariados principalmente no Brasil acionará as milícias locais e com total apoio dos políticos do Supremo Tribunal Federal (STF), dará início a um quebra-quebra e baderna generalizada, aliás é somente isso o que sabem fazer. Nenhum exemplo melhor do que essa organização denominada ANTIFA, criada no país em 1933 para combater um Fascismo que existia na Itália e o Nazismo na Alemanha, e que nenhum dos dois existem no Brasil.

Agora analiso a possibilidade de uma vitória do presidiário constatada pelo inviolável sistema eleitoral,BBB, e declarada pelos três cabos eleitorais pertencentes aos partidos políticos STF e TSE. Sem dúvidas estaremos a meio caminho de uma gigantesca Venezuela; até Fernandes, o poste da Argentina, terá inveja da nossa evolução. A sede do poder Executivo será transferida para o outro lado da Praça dos Três Poderes. Os ministros nas demais áreas do Executivo serão indicados pelo Foro de São Paulo, a atual Polícia Federa (PF) terá que fazer um curso de aperfeiçoamento junto à polícia do democrata Nicolás Maduro. Se essa segunda possibilidade se confirmar, eu serei mais um brasileiro a morar fora do país.

Humberto de Luna Freire Filho, médico – Cidadão brasileiro sem medo de corruptos.

Facebookmail

BRASIL, UMA REPUBLIQUETA DE MASOQUISTAS?

Por Humberto de Luna Freire Filho

Será que o brasileiro vai permitir novamente a volta de mais quatorze anos de desgoverno, de descarada roubalheira do dinheiro público perpetrada por uma quadrilha de esquerda comandada por um bandido de nove dedos e seus asseclas, e com a conivência e apoio de uma dita suprema corte onde deveria existir juízes em defesa da lei e da Constituição, mas infelizmente existem políticos, além de um prostíbulo chamado erroneamente de congresso repleto de bandidos da pior espécie.

Parece que as coisa caminham para isso. Temos na dita suprema corte nove políticos que estão usando as folhas da Constituição na condição de papel higiênico e tentando por conta de uma esquerda podre governar o Brasil sem que nenhum deles nunca tenha recebido um único voto popular. Aliás foram indicados para o cargo por bandidos largamente conhecidos da sociedade, que ocuparam o Palácio do Planalto a fim de atenderem seus sujos interesses políticos. Torna-se desnecessário eu citar nomes até para não sujar as folhas do meu site.

Agora vamos ao que deveria ser a casa do povo, mas que hoje não passa de um prostíbulo e continua erroneamente sendo chamado de congresso. Lá estão abrigados mais de seiscentos elementos, de onde em sã consciência podemos realmente classificar de parlamentar algo em torno de uma centena, o restante são bandidos a serviço das quadrilhas que atuam dentro do Estado aparelhado, das Estatais e de interesses de muitas empresas privadas que perderam as tetas do governo. E para completar de uma imprensa que  encontra-se em abstinência do dinheiro roubado das publicidades oficiais superfaturadas.

Como cada povo tem o governo que merece, talvez a pergunta que usei para nominar esse meu texto seja respondida se o eleitorado brasileiro resolver eleger presidente da República um presidiário, ladrão do dinheiro público, semi analfabeto, mentiroso e cachaceiro que foi devidamente preparado e credenciado pela dita suprema corte e com apoio do prostíbulo congresso principalmente na pessoa do presidente da Casa, o castrado e covarde Rodrigo Pacheco que não passa de um pau mandado do judiciário e do Tribunal Superior Eleitoral, onde deverá ocorrer uma eleição que baterá em fraude a podridão da eleição norte americana, que elegeu um demente mental e que está levando os EUA para uma recessão nunca vista.

Humberto de Luna Freire Filho, médico – Cidadão brasileiro sem medo de corruptos

Facebookmail

MINISTRO EDSON FACHIN, SINTO MUITO, ACEITE MEUS SINCEROS PÊSAMES!!!

Por Humberto de Luna Freire Filho

Excelentíssimo senhor Luiz Edison Fachin, digníssimo ministro do Supremo Tribunal Federal. Na condição de cidadão brasileiro, católico e portador de grande sensibilidade, quero lhe transmitir publicamente meus pêsames pela triste perda de vinte de seus “afilhados”, que foram barbaramente assassinados por policiais irresponsáveis que contrariando  indevidamente suas sábias determinações invadiram a “comunidade” da Vila Cruzeiro e provocaram uma tragédia que contraria qualquer princípio dos Direitos Humanos.

Após o “incidente”, o Partido Socialista Brasileiro (PSB) e o digníssimo ministro Fachin  da  nossa “suprema corte” estão extremamente preocupados e sentidos com a grande perda social, e sem dúvidas com toda a razão, afinal vinte trabalhadores foram mortos quando em um momento de meditação em suas igrejas foram mortos por policiais despreparados, que “confundiram” velas com fuzis e metralhadoras. Triste fim desses trabalhadores e uma grande perda para a comunidade da Vila Cruzeiro. Confesso que também estou muito sentido com toda essa brutalidade.

Agora vamos esperar que a podre esquerda use a não menos podre imprensa nacional para divulgar no exterior esse “tremendo massacre” de inocentes e culpar o presidente de mais um genocídio. O Brasil está virando uma piada regida pela dita Justiça.Tem um presidiário, condenado a vinte anos de cadeia por duas Instâncias da Justiça e treze juízes, apto a disputar a presidência da República  após tomar um banho de creolina dado pela mais alta instância do poder Judiciário, e que em seus discursos de campanha defende o roubo de celulares, liberação do aborto, censura das redes sociais e recentemente confessou que está conversando com o demônio.

Humberto de Luna Freire Filho, médico – Cidadão brasileiro sem medo de corruptos

Facebookmail

O BRASIL PRECISA PARAR PARA PENSAR

Por Humberto de Luna Freire Filho

Revendo o que temos hoje

Primeiro: um Congresso desmoralizado onde 70% dos seus membros são bandidos e corruptos e tem na presidência um covarde, um hipócrita, um sem caráter que vive pregando democracia, mas que não conhece a Constituição Federal e atravessa a “Praça dos Três Poderes” e se junta a portas fechadas com o representante do Judiciário, esquecendo que temos três poderes constituídos, o que deixa bem claro  para a sociedade a troca de favores, o acobertamento de falcatruas e a blindagem de corruptos endinheirados. Esse Rodrigo Pacheco é um desqualificado, o Congresso merece coisa melhor.

Segundo: um Judiciário que a toda hora desrespeita a Constituição e é hoje a  principal ameaça à  democracia no país. Os elementos que compõem a confraria só  usam as folhas da Carta Magna após suas necessidades fisiológicas. Uma vergonha para o Brasil no conceito das nações desenvolvidas, onde uma Suprema Corte é realmente uma Suprema Corte e não um partideco eleitoral igual a nossa, onde seus membros fazem discurso político e são defensores de ideologias superadas que não deram certo em nenhum lugar do mundo, e ainda vão ao exterior difamar o país com despesas pagas pelo contribuinte.

Terceiro: um Executivo ainda aparelhado repleto de benefícios Estatais, onde até os presos recebem um auxilio reclusão maior que muitos trabalhadores da iniciativa privada não conseguem ganhar por conta de um salário mínimo menor do que o famigerado “auxilio reclusão”. Isso me parece até um incentivo ao crime; na falta de emprego se comete um assassinato e tem a garantia de ganho superior ao salário mínimo oficial e  três refeições ao dia e não precisa trabalhar. O contribuinte paga a conta e precisa ter cuidado para quando o bandido sair da prisão não ser sua nova vítima.

Humberto de Luna Freire Filho, médico – Cidadão brasileiro sem medo de corrupto

Facebookmail

A INTERNET DEU VOZ AOS IMBECIS

Por Humberto de Luna Freire Filho

IMBECIL E IDIOTA É VOCÊ !!!De toga preta, sentado em sua cabine no TSE, ministro Alexandre de Moraes verbaliza seu voto sobre a cassação da chapa Bolsonaro-MoraesIMAGEM: TV Jovem Pan

Sábado, dia 14 de maio, participando do Congresso Brasileiro de Magistrados em Salvador, o “ministro”  Alexandre de Moraes resolveu fazer discurso político ao lado de nada mais nada menos do que o corrupto governador da Bahia, e disse em alto e bom tom que “A INTERNET DEU VOZ AOS IMBECIS”. A sociedade brasileira, e por que não a mundial, precisa urgentemente dar uma  resposta a esse indivíduo que há muito vem extrapolando as suas funções, e consequentemente desmoralizando a justiça brasileira. Confesso que tenho mais respeito pela casa da “MÃE JOANA” do que por essa dita suprema corte que temos hoje.

Peço para a sociedade brasileira dar uma resposta a esse indivíduo, e desde já faço questão de externar a minha: Alexandre de Moraes, eu sou um profissional liberal com 44 anos de atividade nos maiores centros do país e com os devidos registros nos conselhos regionais, Rio de Janeiro (CRM-RJ – 26078) e São Paulo (CRM-SP – 35196) e no Conselho Federal de Medicina. A Internet deu voz a mim e a meus clientes, não sou imbecil nem meus cliente o são. Saiba que o cidadão, independente do cargo que ocupa, para ser respeitado, antes precisa respeitar, e você não pode classificar a sociedade de IMBECIL. Hoje todos usamos a Internet para trabalho e para expressar nossas palavras e ideias garantidas na Constituição.

Como isso não aconteceu ouça a resposta de um macho que não anda em carro blindado, com segurança, e não tem medo de você nem de ninguém. Imbecil e idiota é você. Você não passa de um advogadozinho de traficantes de drogas e protetor de muitos corruptos que infestam o podre poder Legislativo , principalmente o senado presidido  por um castrado, covarde e corrupto. Você junto com mais uma meia dúzia transformaram a nossa suprema corte em uma pocilga, totalmente desmoralizada e descreditada dentro e fora do país. Hoje o que deveria ser uma SUPREMA CORTE foi transformada em um podre partido político, destinado a desestabilizar o atual governo.

Humberto de Luna Freire Filho, médico – Cidadão brasileiro sem medo de corruptos

Facebookmail

VOCÊ CONHECE O POPULAR CARMEN MIRANDA?

Por Humberto de Luna Freire Filho

De novo a Carmen Miranda! Entenda as decisões do Fachin! E pra que Bolsonaro, se quem manda é o STF? - YouTubeIMAGEM: YouTube

Hoje vou falar de um membro da confraria chamada suprema corte composta por onze elementos, que quando vestem um capote preto ficam bastante parecidos com urubus, além de se acharem os deuses do Olimpo. Esse elemento que escolhi para homenagear hoje se chama Edson Fachin, o popular Carmen Miranda. Para quem ainda não o conhece vou dar algumas dicas; ele foi o garoto propaganda de Dilma Rousseff, aquela famosa ensacadora de vento e poste do “jerico de nove dedos”. Esse grande predicado  foi o suficiente para o habilitar a “MINISTRO DA SUPREMA CORTE”.

Pois é, o cara hoje é “ministro” do Supremo Tribunal Federal (STF) e também membro de um elefante branco, um verdadeiro cabide de empregos milionários, pagos por nós e com o pomposo nome de Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Lá Carmen Miranda se acha no direito de dar satisfações, explicações e ordens à sociedade. Acho que esqueceram de falar em seu ouvido que ele não passa de um funcionário público, nomeado por uma quadrilheira desclassificada, nunca recebeu um só voto e portanto sem o menor respaldo para mandar recados para a população, para criticar o presidente da República eleito com 58 milhões de votos, nem para criticar as FFAA.

Para os leitores que não acompanham o dia a dia do circo chamado Brasil, faço questão de citar três áureos momentos do “iluministro”. Há alguns meses ele proibiu a polícia a prender traficantes. Nenhum policial poderá subir os morros cariocas sem antes pedir licença aos chefes do tráfico, nem sobrevoos aos locais poderão ser feitos. Não é um verdadeiro defensor da sociedade? Tem mais, recentemente por ocasião da visita de Bolsonaro a Moscou para tratar de assuntos comerciais, o cara denunciou que o presidente estava contratando Hackers russos para invadirem os computadores do TSE e fraudar o resultado das próximas eleições.

Para não cansar nem provocar náuseas e vômitos, vou citar o seu último pronunciamento feito ontem na maior cara de pau e em total desrespeito às Forças Armadas – “Quem trata de eleições são as forças desarmadas”- Ora, será que esse sujeito não lembra que foi ele mesmo com seus pares que convidaram as FFAA para participarem das eleições? Ou eles pensavam que seriam enviados para o TSE uma dúzia de soldados para ficarem de braços cruzados olhando a fraude sem entender o que poderia estar se  passando? Mero engano; foram enviados seis profissionais altamente especializados em guerra cibernética e consequentemente com amplo conhecimento na área de informatica. Estão desesperados, caíram do cavalo.

Humberto de Luna Freire Filho, médico – Cidadão brasileiro sem medo de corruptos

Facebookmail

SOBROU ESTATURA FÍSICA FALTOU ESTATURA MORAL

Por Humberto de Luna Freire Filho

QUANTA IMORALIDADE !!!… O BRASIL NÃO MERECIA ISSO
Luiz Fux e Rodrigo Pacheco -
IMAGEM: Nelson Jr./SCO/STF e Cristiano Mariz/VEJA

Acorda Brasil enquanto é tempo. No bom italiano, o “castrato” que preside o Senado da República esta semana atravessou a praça dos “Dois Poderes” para, a portas fechadas, se reunir na sede da “pocilga” com Luiz Fux, o presidente da dita Suprema Corte. O encontro ocorreu em meio à decisão do presidente da República, que usando de seu direito Constitucional concedeu “graça constitucional” ao deputado Daniel Silveira, condenado pelo Supremo Tribunal Federal por um crime inexistente mas criado para atender a sujos interesses políticos pelo “xerife” da Casa, e no final criar uma crise institucional.

Agora conheça o que sobrou dessa imoralidade. Em nota oficial  após a reunião o covarde defendeu o diálogo entre os Poderes, só não citou quais os Poderes, e disse que todas as instituições têm compromisso com a democracia. Quanta imoralidade, quanta hipocrisia esse indivíduo vomita após ter dito que as manifestações de primeiro de maio, dia mundial do trabalho, foram atitudes antidemocráticas. O que é democracia para esse covarde imoral? Será prender deputado e condená-lo a oito anos de prisão em regime fechado? Será prender jornalistas? Será prender presidente de partido eleitoral? Será criar o prisioneiro político?

Depois de tudo isso me vieram à mente duas perguntas que gostaria da opinião dos leitores. A primeira: esse encontro de comadres a portas fechadas não foi mais uma reunião de um dos segmentos da grande quadrilha que tenta derrubar o atual governo?

Minha segunda pergunta: é do conhecimento de todos e não podemos esquecer que o atual presidente do senado é advogado de defesa das empresas de mineração que mataram milhares e  destruíram cidades em Minas Gerais em processo que tramita no STF. Houve acordo?

Humberto de Luna Freire Filho, médico – Cidadão brasileiro sem medo de corruptos.

Facebookmail

ATÉ QUANDO VAMOS ASSISTIR A COVARDIA DO LEGISLATIVO?

Por Humberto de Luna Freire Filho

Hoje tive o desprazer de ver o presidente do Senado, o covarde Rodrigo Pacheco, fazer mais  um discurso hipócrita após Bolsonaro criticar a segurança  do sistema eleitoral. Ele disse que as  urnas eleitorais são confiáveis e que problemas são “cortinas de fumaça”, e como se não fosse o bastante ainda falou em defesa da Constituição. Um belo discurso para essa imprensa podre que o acompanha. Como é que esse indivíduo vem falar em defesa da Constituição quando ele com a sua tremenda covardia, juntamente com os parceiros da outra Casa, imoralmente ofereceram de bandeja a cabeça de um deputado para outra quadrilha estabelecida do lado oposto da Praça dos Três Poderes, em um total desrespeito às normas constitucionais?

Eu confesso que desconfio desse processo eleitoral da maneira que está sendo proposto, é um direito meu, não estou envolvido nem promovendo “cortina de fumaça”. Ou essa besta é quem vai dizer sobre o que eu posso confiar ou desconfiar? O país precisa acordar e dizer para esse cretino em alto e bom som que protestar contra inconstitucionalidades, que não aceitar imposições das quadrilhas que tomaram conta do Judiciário e do Legislativo,  não é uma “traição à pátria”. Traição à Pátria  é a covardia, a falta de coragem, para nos momentos certos dizer peremptoriamente um NÃO quando a maioria em volta diz SIM para defender interesses escusos.

Senhor Rodrigo Pacheco, o cargo de presidente do Senado e consequentemente presidente do Poder Legislativo requer no mínimo duas coisas: coragem e independência e você já mostrou que não possui esse dois requisitos.Peça para sair volte para a sua banca de advocacia, continue recebendo os milhões manchados de sangue, que lhes são pagos pelas empreiteiras que mataram centenas e  destruíram algumas cidades mineiras. É até possível chegar a um bom acordo sobre os processos bilionários engavetados nos porões do STF. Faça isso para o bem de todos e felicidade geral da nação.

Humberto de Luna Freire Filho, médico – Cidadão brasileiro sem medo de corruptos.

Facebookmail